Hardknott Pass. Estrada britânica é uma verdadeira prova de fogo (com paisagens de tirar o ar)

Hardknott Pass

Memorável para uns, assustadora para muitos outros. Hardknott Pass é uma estrada sinuosa, íngreme, mas de uma beleza sem igual.

Hardknott Pass, em Lake District, no noroeste da Inglaterra, é tão íngreme e traiçoeira que os estrangeiros são muitas vezes avisados para a evitarem.

Segundo a BBC, são aconselhados frequentemente a optar por desvios de uma hora que, no final, acabam por compensar a prova de fogo que é conduzir nesta estrada.

Derrapagens, falhas nos travões, condutores stressados que fazem com que tenham acidentes: todos estes pontos negativos fazem muitos britânicos defender que esta estrada, que liga as cidades de Boot e Ambleside, deveria ser fechada ao trânsito.

Outras pessoas, porém, acreditam que o trajeto deveria ser celebrado como um tesouro nacional.

Além de a estrada ser estreita e de a superfície estar em constante degradação, é repleta de curvas e bastante íngreme em certos pontos.

Algumas das inclinações são mais acentuadas do que a maioria das rotas alpinas e excedem os famosos extremos da Volta a França, Giro de Itália e outras grandes competições de ciclismo da Europa.

No artigo que escreveu para a BBC, Simon Heptinstall detalha que, “na era das auto-estradas inteligentes e dos carros autónomos, Hardknott representa, para os amantes da condução como eu, um flashback para uma época em que tínhamos de nos concentrar na estrada como se a nossa vida dependesse dela”.

O percurso original desta estrada foi traçado pelos romanos, por volta do ano 110 d.C., e conduzia a um reduto no topo do desfiladeiro conhecido atualmente como Forte Hardknott.

Quando os romanos partiram, no século V, a estrada permaneceu como rota de cavalos e mulas, até a associação hoteleira local ter investido na estrada, com algumas melhorias no pavimento na década de 1880. O objetivo era encorajar viagens a cavalo e carruagens, mas, anos mais tarde, o plano caiu por terra.

Os primeiros veículos motorizados só lá passaram em 1913, no lado mais fácil de Eskdale. Mais tarde, durante a II Guerra Mundial, o declive íngreme de Hardknott foi utilizado para testar tanques.

Hoje em dia, é mais fácil percorrer esta estrada sinuosa num dia ensolarado. A recompensa do condutor pelo desafio é, indubitavelmente, a paisagem montanhosa repleta de uma beleza selvagem de tirar o fôlego.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.