Há cinco asteróides a aproximar-se da Terra (e um deles passa a rasar)

Segundo o principal astrónomo da NASA, Ron Baalke, há uma lista conhecida de cinco asteróides que vão passar muito próximo da Terra nos próximos meses. Mas o que preocupa mesmo os cientistas são os asteróides que não conhecemos.

Segundo revelou no seu Twitter Ron Baalke, investigador do JPL – Jet Propulsion Laboratory da NASA e principal astrónomo da agência espacial norte-americana, há uma lista de 5 asteróides conhecidos que se aproximam da Terra, e que nos próximos meses passam a uma curta distância do planeta – todos eles, a menos de 5 distâncias lunares.

O primeiro destes asteróides é o 2017 BS5, que se aproxima da Terra já no próximo no dia 23 de julho. O seu diâmetro é de 40 a 90 metros e passará a 1.211.734 quilómetros de distância do nosso planeta.

Estes 1.2 milhões de quilómetros representam 3.1 vezes a distância da Terra à Lua, que é de apenas 384.400 quilómetros. À escala humana é uma enormidade, mas em dimensões espaciais são apenas uns pequenos passos.

O segundo asteróide, o 2012 TC4, é bastante mais pequeno, com um diâmetro de 12 a 17 metros e uma massa de cerca de 11 mil toneladas, mas é o mais preocupante. A 12 de outubro, irá passar junto à Terra, a uma distância calculada de 57.659 quilómetros – apenas 15% da distância à Lua.

Segundo o JPL, a probabilidade de impacto é praticamente nula, mas há uma probabilidade, muito baixa, de que o corpo celeste se aproxime a apenas 11 mil km da superfície da Terra – um fio de cabelo, em distâncias estelares.

Considerando que o pequeno 2012 TC4 se desloca a 17 mil km/h, se houvesse uma colisão com a Terra, a energia libertada seria de “apenas” 64 mil toneladas de TNT – valor equivalente à energia de três bombas iguais à que destruiu Hiroshima em 1945.

Os três outros asteróides passarão próximo do nosso planeta a 3 de dezembro de 2017, a 24 de fevereiro de 2018 e a 2 de abril de 2018 – todos eles, passando a mais de 3.6 distâncias lunares.

Não estamos preparados para enfrentar um asteróide

Ao mesmo tempo que vigiamos os cinco asteróides que se aproximam da Terra, os cientistas acreditam que haja mais asteróides, e que não estamos prontos para lidar com eles – simplesmente, porque demoramos muito tempo a identificá-los.

Segundo um documento publicado pelo Conselho nacional de Ciência e Tecnologia dos EUA, não estamos preparados para encontrar todos os asteróides potencialmente perigosos.

Há muitos anos que os cientistas tentam encontrar formas de nos proteger da ameaça representada pelos asteróides – com sucesso apenas nos filmes de Hollywood.

Mas apesar de toda a tecnologia, dos avanços da astronomia, e de todos os recursos aplicados na detecção dos chamados Near Earth Objects, os asteróides continuam actualmente a poder chegar à Terra a qualquer momento, sem qualquer aviso.

Em 2013, um meteorito de 17 metros de diâmetro atingiu inesperadamente a cidade de Chelyabinsk, na Rússia, que se fragmentou libertando uma energia equivalente a 500.000 toneladas de TNT, ou seja entre 27 a 41 vezes a bomba atómica de Hiroshima.

Resta o consolo de saber que, quando faltarem 5 dias para o apocalipse, a NASA avisa.

AJB, ZAP // Sputnik News

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Vacina deve ser um bem global de saúde pública". OMS critica "nacionalismo de vacinas"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o "nacionalismo de vacinas" para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia. "O nacionalismo …

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …

Novo Banco tinha autorização de Bruxelas para financiar venda de imóveis

A DG Comp da Comissão Europeia autorizou o Novo Banco a conceder crédito aos compradores do imobiliário vendido pela instituição. Quando o Novo Banco foi constituído, o acordo assinado entre a Direção Geral da Concorrência europeia …

Quase cinco meses depois, a Champions está de volta

A Liga dos Campeões é retomada esta sexta-feira, quase cinco meses depois da suspensão devido à pandemia de covid-19. Suspensa logo depois do jogo Leipzig-Tottenham, disputado a 11 de março, a prova milionária está de regresso …