Há caveiras, esqueletos e outras partes do corpo humano à venda no Instagram

Há sete anos, uma caixa com 12 crânios humanos e um esqueleto de hiena chegou à porta de Henry Scragg, em Essex, Inglaterra.

O jardineiro de 28 anos, que colecionava e acumulava uma data de esquisitices há vários anos, deparara-se com aquela coleção na semana anterior, enquanto navegava pelo eBay. Fez uma oferta e ganhou.

Nunca tendo possuído restos humanos antes, Scragg desempacotou a entrega com algum nervosismo. Mas, quando se viu com os crânios na mão, ficou impressionado com a beleza dos dentes e as cavernosas cavidades oculares, completamente desprovidas de vida. Organizou-os, tirou algumas fotos e carregou-as no Instagram.

De seguida, Scragg foi inundado com mensagens de pessoas a oferecer-se para comprar os exemplares. “Não esperava nada disto, mas é óbvio que as pessoas continuam a querer o que não têm”. Nos meses seguintes, vendeu algumas unidades. Com o dinheiro que ganhou, comprou mais e colocou-os novamente à venda.

Hoje, de acordo com a Visão, a conta de Scragg no Instagram tem mais de 30 mil seguidores e uma pequena e ativa rede de compradores e vendedores que trocam restos humanos no Instagram. A maioria são ávidos colecionadores, que olham para a acumulação de ossos raros como um passatempo legítimo.

View this post on Instagram

Available dm me for info SOLD!

A post shared by Ron (@ronkward) on

Outros consideram que é mais do que um mero sinal de excentricidade, sobretudo quando os utilizadores agarram em crânios humanos e lhe dão uma aparência de um vestígio tribal.

Arqueólogo e historiadores que já se depararam com este comércio temem que possa reabrir feridas, sobretudo no momento em que há museus num processo de “descolonização”, a devolver as peças trazidas durante os períodos de ocupação.

A venda destes “artigos” na rede de partilha de fotos funciona de maneira semelhante a outros negócios informais. É um comércio sombrio que chamou a atenção dos arqueólogos Damien Huffer e Shawn Graham, a analisar milhares de publicações de restos humanos naquela plataforma.

Se em 2013 as vendas totalizavam apenas cerca de 4.500 euros, três anos depois o número já estava acima dos 50 mil euros. Hoje será um valor bem superior. Muitos vendedores não anunciam preços, uma vez que preferem esperar por ofertas e negociar diretamente. Haverá, assegura Huffer, citado pela Wired, alguns itens a ser vendidos por perto de 18 mil euros.

Além disso, e ao contrário de outros mercados ilícitos no Instagram –  animais exóticos, antiguidades saqueadas e armas – não há nada explicitamente ilegal sobre o comércio de restos humanos na plataforma.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país. A obra, pintada pelo artista …

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …

IVA da luz. Proposta do Governo foi afastada há um ano porque "não tinha enquadramento legal"

Em 2018, o Bloco de Esquerda apresentou a proposta da taxa reduzida do IVA da luz para um primeiro escalão de consumo. O Governo não fez o pedido a Bruxelas - como fez agora -, …

Nenhum dos treinadores do FC Porto ou Belenenses relatou agressões à PSP

Nem Sérgio Conceição nem Pedro Ribeiro mencionaram uma eventual agressão nas suas declarações à polícia. O treinador portista deverá ser ilibado de qualquer acusação. No domingo, os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e …

Estado não cumpre os requisitos mínimos que criou para os cuidados paliativos

A maioria das equipas de cuidados paliativos do SNS não tem cumprido os requisitos mínimos definidos pelo próprio Estado. Há uma grave falta de profissionais nesta área. Os cuidados paliativos em Portugal têm vindo a regredir …

Rússia diz que pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos

Na sequência da exclusão por quatro anos, anunciada na segunda-feira, a presidente do Parlamento russo sugeriu que o país pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos. A presidente do Parlamento russo, Valentina Matviyenko, afirmou que o …

Israel vai voltar às urnas. É a terceira eleição consecutiva em menos de um ano

Israel vai ter o terceiro ato eleitoral consecutivo em menos de um ano, estancado num bloqueio político e com um primeiro-ministro acusado de corrupção. Ao terminar à meia-noite de quarta-feira o prazo do Parlamento para eleger …