Há 542 benefícios fiscais em Portugal. Não se sabe para que servem 127

Em Portugal existem 542 benefícios fiscais, revela o relatório do Grupo de Trabalho dos Benefícios Fiscais em Portugal. Em quase um quarto dos benefícios fiscais identificados não foi percetível para que servem estas ajudas fiscais.

O número total de benefícios tinha sido avançado há cerca de um mês pelo ministro das Finanças, Mário Centeno, no Parlamento. O relatório do grupo de trabalho acrescenta que a maior parcela (147) são atribuídos em sede de IRS, o que representa a maior despesa fiscal é a dedução à coleta em sede de IRS que corresponde a uma dedução de 35% das despesas gerais familiares.

Só nesta dedução, o Estado deixa de receber 1.435,39 milhões de euros, apontam o estudo, a que o ECO teve acesso, que será apresentado no Porto. A segunda maior fatia de benefícios vai para as empresas (121), com ajudas na hora de pagar IRC.

No entanto, metade dos contribuintes singulares não paga IRS e um terço das empresas não paga IRC o que limita a eficácia dos benefícios, já que uma franja considerável dos contribuintes não pode ter acesso a estes apoios que são concedidos por imposto.

Para esta lista de 542 benefícios foram considerados os que existiam no ordenamento jurídico em Portugal à data da criação do grupo de trabalho. Isto significa que de fora da análise ficou uma das bandeiras políticas do Orçamento do Estado para 2019 que foi a criação de um programa de incentivo fiscal para promover o regresso dos emigrantes.

No entanto, os benefícios fiscais atribuídos pelas assembleias municipais não foram analisados pelo grupo de trabalho. Isto significa que de fora ficaram os benefícios fiscais oferecidos em sede de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI).

A maior parte dos benefícios fiscais traduzem-se em isenções tributárias (330) e, em relação a quase um quarto (23% ou 127), os autores não identificaram objetivos extrafiscais, ou seja, que vão além do simples alívio no pagamento de imposto. Esta avaliação tem como objetivo avaliar as motivações para a criação dos benefícios fiscais.

Estes números fazem parte da lista de nove problemas principais identificados pelos autores do estudo. No relatório, os especialistas apontam para um “aparente facilitismo” na criação de benefícios fiscais em Portugal e sugerem que haja uma metodologia para a criação de futuros benefícios fiscais e monitorização dos que existem.

Esta última fase dividir-se-ia em duas fases: o acompanhamento enquanto está em vigor e a avaliação próxima da caducidade do benefício fiscal.

Os autores referem ainda que, embora exista um Estatuto dos Benefícios Fiscais, “um número muito significativo” de benefícios está disperso por “legislação avulsa”. Os benefícios estão espalhados por mais de 60 diplomas.

A existência de “juízos subjetivos” na classificação de um benefício fiscal, as diferenças de métodos de cálculo da despesa fiscal de documento para documento e as dúvidas quanto à contagem do prazo de caducidade de benefícios fiscais que são alterados durante o período de vigência são outros dos pontos negativos na fotografia que os especialistas tiraram aos benefícios fiscais em Portugal.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Amesterdão prepara-se para comprar dívidas dos seus jovens

A partir de fevereiro, a capital dos Países Baixos vai comprar dívidas dos seus jovens para ajudá-los a recomeçar e a construir um futuro. Numa nota publicada esta semana na página oficial do Governo local …

PJ acredita que Rui Pinto é o denunciante dos Luanda Leaks

A Polícia Judiciária acredita que o hacker português Rui Pinto é o denunciante dos Luanda Leaks, que revelou mais 715 mil ficheiros sobre alegados esquemas fraudulentos que envolvem a empresária angolana Isabel dos Santos. A …

Descobertos na Sibéria vestígios de um mítico povo que "vivia debaixo da terra"

Uma equipa de arqueólogos russos encontrou na península de Taimyr, na Sibéria, vestígios do mítico povo Sikhirtia, avança a Russia Today. Os investigadores encontraram na pequena baía de Makárov uma caverna reforçada com uma estrutura de …

Greenpeace na lista de grupos extremistas da polícia britânica

As organizações ambientalistas Greenpeace e Extinction Rebellion foram incluídas num documento da polícia britânica contraterrorismo que elenca grupos extremistas e potencialmente perigosos, escreve o jornal The Guardian. De acordo com o diário britânico, que avança a …

PGR de Angola quer julgar portugueses em Angola (e admite ir atrás de outros "poderosos")

O procurador-geral da República de Angola, Hélder Pitta Grós, considerou, em entrevista ao jornal Expresso, que os os três arguidos portugueses envolvidos na investigação à empresária Isabel dos Santos devem ser julgados em Angola. “Nós achamos …

Há dezenas de medicamentos não oncológicos capazes de matar células cancerígenas

Uma nova investigação concluiu que existem dezenas de medicamentos não oncológicos capazes de matar células cancerígenas em laboratório. O estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista Nature, descobriu que alguns medicamentos para a diabetes, …

Sismo na Turquia faz pelo menos 14 mortos

Pelos menos 14 pessoas morreram e cerca de 300 ficaram feridas depois de um sismo de magnitude preliminar 6,8 na escala de Richter ter atingido esta sexta-feira o leste da Turquia, havendo também relatos de …

Haaland, o menino prodígio do Dortmund, chegou aos cinco golos em menos de uma hora

Com dois golos apontados ao Colónia esta sexta-feira, numa partida que acabou com a goleada do Borussia Dortmund (5-1), Erling Haaland chegou ao seu quinto golo ao serviço do emblema alemão em menos de uma …

As ilhas havaianas atingem o jackpot da longevidade (e já se sabe porquê)

As ilhas vulcânicas não duram para sempre, mas há algumas que atingem o jackpot da longevidade. De acordo com uma nova investigação, a explicação prende-se com dois fatores: a velocidade da placa tectónica e o …

Uma inexplicável explosão de ondas gravitacionais atingiu a Terra (e atordoou os astrónomos)

Uma equipa de investigadores detetou uma misteriosa explosão de ondas gravitacionais, cuja natureza deixou os astrónomos totalmente perplexos. O fenómeno foi registado a 14 de janeiro deste ano pelo Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferómetro Laser …