Há 26 medicamentos para o cancro à espera de comparticipação do Estado

PhotoXpress

-

Em Portugal, há 26 medicamento para o cancro que já estão disponíveis no mercado mas ainda aguardam uma decisão sobre a comparticipação do Estado para serem utilizados nos hospitais.

Em declarações ao jornal i, a Liga Portuguesa Contra o Cancro afirmou que os doentes esperam meses por autorizações para usar os novos medicamentos para o cancro e já há quem procure alternativas em hospitais privados para ter acesso aos fármacos.

“Muitas vezes, quando a autorização chega já não interessa. O período em que o doente poderia beneficiar já passou”, denunciou a instituição.

De acordo com o jornal, um dos processos que se arrasta há mais tempo é o da Abiraterona, um medicamento para o cancro da próstata comparticipado em 19 países europeus.

Em Portugal, custa mais de três mil euros por mês, e agora será comparticipado mas apenas para os doentes que já fizeram quimioterapia.

“É positivo mas devia ser dado antes da quimioterapia, que é quando há mais benefício, mas continuamos a ter enorme dificuldade de acesso”, destacou Gabriela Sousa, presidente da Sociedade Portuguesa de Oncologia.

O Infarmed reconhece o atraso na avaliação de comparticipações, mas sublinha que estão em curso medidas corretivas no sentido de tornar todo o processo mais ágil.

Segundo Vítor Veloso, da Liga Portuguesa contra o Cancro, enquanto o Infarmed e as farmacêuticas negoceiam os preços, os médicos têm de pedir autorização à administração do hospital, que por sua vez tem de pedir autorização ao regulador do medicamento, e “quando recebem luz verde, as instituições têm de comprar o medicamento ao laboratório ao preço com que chegou ao mercado”.

Há mortes que podiam ser evitadas ou pelo menos doentes que podiam ter um tempo de sobrevivência maior e com qualidade de vida”, acrescentou.

Só no primeiro trimestre do ano, as autorizações especiais de utilização de medicamentos para o cancro representaram uma despesa superior a 14,4 milhões de euros.

Em geral, a despesa com medicamentos para oncologia totalizou, nos primeiros quatro meses do ano, 84 milhões de euros, mais 11% do que no mesmo período do ano passado.

BZR, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. já no tempo do anterior governo eles estavam à espera. esta noticia tem pelo menos 2 anos de atrazo não percebo porquê. isto já não é noticia é uma peça de museu.

RESPONDER

Alguns planetas podem orbitar um buraco negro supermassivo em vez de uma estrela

Estamos habituados à ideia de que um planeta orbita estrelas. No entanto, estes corpos celestes podem também existir em torno de buracos negros supermassivos. Os cientistas já haviam adotado a ideia de que há planetas a …

PSD a 3 deputados da maioria na Madeira. CDS afasta geringonças

Miguel Albuquerque, político experiente, apreciador de música e apaixonado por rosas, voltou hoje a vencer as eleições regionais da Madeira, mas tem agora pela frente a ‘espinhosa’ tarefa de negociar um entendimento que garanta estabilidade …

Porto 2-0 Santa Clara | E vão cinco vitórias consecutivas na Liga

O FC Porto respondeu ao triunfo do Benfica no sábado em Moreira de Cónegos com a quinta vitória consecutiva na Liga, na recepção ao Santa Clara, por 2-0. Num jogo morno, com uma segunda parte mal jogada …

Mazda entra na corrida e prepara lançamento do seu primeiro carro elétrico

A Mazda garantiu o lançamento do seu primeiro carro elétrico já no próximo ano. O veículo será apresentado no Salão Automóvel de Tóquio. A corrida dos veículos elétricos acelera a todo o vapor e a Mazda …

Descobertas evidências de um reino bíblico em pleno deserto israelita

A bíblia faz referência a um reino de Edom, do século X antes de Cristo. Novas evidências sugerem que este reino poderá ter estado assente no deserto de Arava, no Israel. A análise de arqueólogos a …

PSD vence regionais na Madeira mas perde maioria absoluta

O PSD venceu hoje as eleições legislativas regionais na Madeira, com 37% a 41% dos votos, o que lhe retira a maioria absoluta no parlamento, segundo a projeção da RTP/Católica. O Partido Social Democrata venceu as …

No Afeganistão, há mulheres a arriscar a vida por um golo

As jogadores da seleção de futebol feminino do Afeganistão não treinam no seu país por razões de segurança. Muitas sofreram abusos sexuais e correm risco de vida para poderem jogar futebol. Pelo menos alguma vez na …

Cientista diz que avanços científicos podem levar à extinção humana

A evolução da ciência e tecnologia pode ser fundamental para evitar catástrofes, mas, ironicamente, pode também ser a causadora do fim da nossa espécie. O estudo das mudanças climáticas baseia-se em simulações cada vez mais de …

A ilha mais remota do mundo tem nome português

Tristão da Cunha é uma ilha com apenas 250 habitantes, onde ninguém fala português. Não há hotel nem aeroporto. Há quem parta em busca de um lugar sossegado para evitar as grandes multidões turísticas. Caso esteja …

Costa não tinha dúvidas. O parecer da PGR sobre familiares é “absolutamente inequívoco”

O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu hoje que o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre as incompatibilidades entre governantes e negócios com empresas de familiares é “absolutamente inequívoco”. “O parecer é absolutamente inequívoco sobre …