Grécia tem fundos para pagar ao FMI, mas Governo ainda não deu ordem para o fazer

guengl / Flickr

Alexis Tsipras, primeiro-ministro da Grécia

Alexis Tsipras, primeiro-ministro da Grécia

A Grécia dispõe de fundos suficientes para fazer frente na próxima sexta-feira ao pagamento de 305 milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional (FMI), mas o Governo grego ainda não deu a ordem para transferir o dinheiro.

Segundo fontes da Agência de Gestão da Dívida Pública grega (PDMA, na sigla em inglês), citadas pela EFE, tanto o dinheiro de quinta-feira como a parcela de 335 milhões de euros que vence a 12 de junho estão disponíveis, mas a decisão de fazer ou não os pagamentos “é política”.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, deixou entrever em Bruxelas que a Grécia efetuaria o pagamento. Questionado sobre se a Grécia poderia fazer frente ao pagamento ao FMI na sexta-feira, Tsipras respondeu: “Não se preocupem com isso. Já pagámos 7.500 milhões” de euros para cumprir com obrigações financeiras.

Contudo, o facto de na reunião realizada na quarta-feira com o presidente da Comissão Europeia (CE), Jean-Claude Juncker, não ter saído um acordo deixa aberta a incerteza sobre o pagamento, pois dias antes diversos dirigentes do Syriza tinham assegurado que o pagamento só seria feito em caso de haver pelo menos uma perspetiva de acordo.

O porta-voz do grupo parlamentar, Nikos Filis, sublinhou de novo na quarta-feira que não poderá haver pagamento sem uma “perspetiva” de um acordo nas próximas sexta-feira ou segunda-feira.

Segundo indicam hoje vários meios locais, Tsipras prevê celebrar na sexta-feira uma nova reunião com Juncker e com o presidente do Eurogrupo, Geroen Dijsselbloem, numa nova tentativa de desbloquear o resgate de 7.200 milhões, sem o qual a médio prazo a Grécia não poderá continuar a cumprir os seus compromissos internacionais.

No total, a Grécia deve pagar em junho 1.600 milhões de euros ao FMI: a primeira parcela na sexta-feira, a segunda no dia 12 de junho, a terceira a 16 de junho e a última a 19 de junho. A estes pagamentos ao FMI, juntam-se 2.800 milhões de euros de gastos correntes mensais, dos quais cerca de 680 milhões de euros deverão ser pagos em salários a funcionários a 12 de junho.

Depois da reunião de quarta-feira, Tsipras sublinhou que nos termos apresentados pelos sócios não existia base suficiente para chegar a um acordo, mas mostrou-se otimista em relação à conclusão de um compromisso nos próximos dias.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O planeta extrassolar mais próximo da Terra pode ter companhia

Uma equipa internacional de astrofísicos encontrou evidências da existência de um segundo planeta a orbitar Próxima Centauri, a estrela mais próxima do Sol. Na prática, o mundo extrassolar mais próximo de nós pode ter companhia. …

Uma estrela ajudou a perceber quando é que a Via Láctea devorou outra galáxia

Recentemente, astrónomos descobriram que uma colisão com uma galáxia satélite encheu a Via Láctea de estrelas. Agora, graças a uma única estrela, já é possível perceber quando é que isso aconteceu. A galáxia satélite Gaia-Enceladus foi, …

Homem pede "julgamento por combate" com espadas japonesas para resolver disputa legal com a ex-mulher

Para resolver uma disputa legal com a sua ex-mulher, David Ostrom sugere que seja feito um "julgamento por combate" com espadas japonesas. Há precedentes legais que o podem favorecer em tribunal. O insólito aconteceu no Iowa, …

Crimes violentos podem aumentar drasticamente nos EUA devido ao aquecimento global

O número de crimes violentos nos Estados Unidos pode aumentar drasticamente nos próximos anos devido ao aquecimento global, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder. "Dependendo da rapidez …

Twitter pede desculpa por permitir anúncios direcionados a neonazis

O Twitter emitiu esta quinta-feira um pedido de desculpa público depois de a BBC denunciar que a rede social estava a permitir anúncios direcionados a neonazis, islamofóbicos e outros grupos de ódio. A emisorra britânica …

Carlos Silva alega falta de apoio do PS e anuncia saída da liderança da UGT

O secretário-geral da UGT não é candidato a um novo mandato na central sindical, alegando que o “desgaste tem sido tremendo” e que é visto como força de bloqueio. “Não quero continuar”, “já está decidido e …

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior. Medirá quase 100 metros

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior: o dirigível híbrido Airlander 10, que media 92 metros de comprimento, vai bater o seu próprio recorde. De acordo com a emissora britânica BBC, a aeronave passará a …

Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016. Segundo o Jornal de Notícias, o Governo …

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …