Grécia prepara novas regras “com sentido económico” para reabrir turismo

Pedro Szekely / wikimedia

O ministro do Turismo da Grécia, Harry Theoharis, afirmou que “se quisermos pensar na possibilidade de viajar este ano, tem de ser sob novas regras específicas”. O país já está a preparar medidas para começar a salvar o setor.

“Temos que ter novas regras para hotéis, novas regras para praias, novas regras para piscinas, novas regras para buffets de pequenos-almoços, novas regras para autocarros de turismo”, disse o ministro ao Guardian, citado pelo Observador. Esta segunda-feira, a União Europeia (UE) discute a reabertura do setor.

Theoharis revelou ao Guardian que insistirá “num acordo sobre um conjunto comum de regras” para a UE. “Precisamos destas [normas] para começar a transportar pessoas de um país para outro por estrada, ar ou mar. Regras temporárias que terão que fazer sentido económico”. Mas, “se, por exemplo, só se pode voar com dez pessoas num avião para ser considerado seguro, obviamente não haverá voo”.

Se as linhas aéreas continuarem fechadas, a Grécia – onde um em cada cinco empregos é no turismo – terá que mudar o público alvo de turistas – normalmente franceses, britânicos e alemães – para países da Europa de Leste e Central, que podem fazer viajar de carro. Theoharis indicou que, em 2020, o país não terá um terço dos turistas que teve em 2019.

A vice-presidente da associação grega de hotéis, Christina Tetradis, indicou que “ninguém quer ser responsabilizado por colocar a equipa em risco ou pôr em risco vidas”, frisando: “Vai ser complicado, especialmente para hotéis maiores. Existem muitas perguntas, como quantas pessoas é que se pode ter numa piscina, estão os buffets fora de questão o que se faz se alguém fica doente?”.

A Grécia tem 2.517 casos confirmados do novo coronavírus, tendo registado 134 mortes e 577 recuperados. No final de fevereiro, já se cancelavam todos os eventos e, a 10 de março, fecharam as escolas e universidade.

Um estudo da Oxford Economics divulgado no domingo mostra que o sul da Europa vai ser a região mais afetada pelo recuo do turismo, caindo ao todo 40% em 2020.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

NASA revela que há água na Lua

A NASA revelou, esta segunda-feira, que foi encontrada água em forma de gelo numa superfície da Lua. Os investigadores apontam ainda para a possibilidade de existirem múltiplos depósitos subterrâneos na Lua onde esteja armazenada água …

Itália volta a disputar a fronteira do Monte Branco com França

Depois das autoridades francesas imporem medidas restritivas que afetaram o território italiano, o país reacendeu uma disputa antiga com França. Em causa estão os direitos de fronteira do Monte Branco. Luigi Di Maio, ministro das Relações …

Maior queda do mês no preço dos combustíveis. Gasóleo atinge mínimos de 4 meses

A partir de hoje os preços dos combustíveis irão baixar, e esta será a maior queda do mês. No que diz respeito ao preço da gasolina, esta deverá cair um cêntimo para 1,387€ por litro. …

Mais de 500 detidos nos protestos contra Lukashenko. Segue-se a greve geral

A greve geral anunciada pela líder da oposição bielorrussa no exílio para exigir a saída do Presidente começou, esta segunda-feira, com protestos tímidos e detenções em todo o país. "O prazo para cumprir as exigências do …

Polacos protestam contra acórdão que torna o aborto quase impossível

Milhares de polacos têm-se manifestado, nos últimos dias, contra a proibição quase total do aborto, quando as leis do país estavam já entre as mais restritivas da União Europeia. Na última quinta-feira, o Tribunal Constitucional polaco …

Japão promete "uma sociedade neutra em termos de carbono" até 2050

O Japão quer alcançar a neutralidade de carbono até 2050, disse hoje o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga, um caminho que se afigura complicado, devido à dependência do país do carvão. Numa altura em que cada vez …

"Nada nos vai fazer recuar". Macron desperta a raiva do mundo muçulmano (e enfurece Erdogan)

Emmanuel Macron, presidente de França, assumiu posições muito claras na defesa da liberdade de exibir as caricaturas de Maomé, no âmbito da homenagem ao professor decapitado na semana passada, suscitando protestos em vários países muçulmanos. "Nada …

Merkel avisa Alemanha que os próximos meses vão ser “muito difíceis”

A chanceler alemã, Angela Merkel, avisou a Alemanha de que os próximos meses vão ser "muito difíceis", já que o número de infeções por covid-19 continua a crescer diariamente, tendo-se registado 8.685 nas últimas …

Portugal acusado de bloquear lei europeia contra evasão fiscal pelas multinacionais

Os governos português e sueco estão a ser acusados de bloquear, no Conselho da União Europeia (UE), a deliberação de uma lei contra a evasão fiscal por parte de grandes empresas multinacionais digitais. Segundo anunciou esta …

Consumo de antibióticos desce 22% durante a pandemia. Menos 1,1 milhões de embalagens vendidas

O consumo de antibióticos registou uma descida na ordem dos 22% nos primeiros oito meses deste ano. Venderam-se menos 1,1 milhões de embalagens, quando comparado com igual período do ano passado. Entre janeiro e agosto deste …