A Grande Pirâmide de Gizé está torta (mas só 14 centímetros)

Neil B / Flickr

-

A Grande Pirâmide de Gizé, no Egipto, é assimétrica. A descoberta foi feita por uma equipa de investigadores que detectou o erro de construção que, ainda assim, é mínimo e evidencia as extraordinárias competências dos egípcios.

Uma equipa de investigação liderada pelo engenheiro Glen Dash e pelo egiptólogo Mark Lehner detectou que a base da maior pirâmide do Planalto de Gizé está ligeiramente torta devido a um provável erro de construção.

“A base não é completamente quadrada”, explica Glen Dash, citado pelo Live Science, o qual salienta que o lado oeste da pirâmide é ligeiramente maior do que o lado leste.

Estas conclusões, fruto da investigação levada a cabo pela Fundação de Pesquisa Arqueológica de Glen Dash e pela organização Associados de Pesquisa do Antigo Egipto (AERA), liderada por Mark Lehner, foram divulgadas na newsletter Aeragram.

A AERA tem estudado a Grande Pirâmide, nos últimos 30 anos, e com o auxílio da Fundação de Glen Dash, um apaixonado por arqueologia, começou por descobrir que a estrutura construída há 4.500 anos estava assente num invólucro calcário que está reduzido a praticamente quase nada.

DR The Glen Dash Foundation For Archaeological Research

Glen Dash em frente à Grande Pirâmide de Gizé em 2006.

Glen Dash em frente à Grande Pirâmide de Gizé em 2006.

“Muitas das pedras do invólucro foram removidas há séculos para materiais de construção, deixando a pirâmide como a vemos hoje, sem a maior parte da sua “casca” original”, escreve Glen Dash no artigo na Aeragram.

Com o intuito de apurarem a dimensão da pirâmide original, os investigadores tiraram medidas da actual estrutura e procuraram marcas que indicassem onde as bordas primitivas estariam.

Depois, recorreram a um método estatístico conhecido como Análise de Regressão Linear e, assim, descobriram que a zona leste da pirâmide tinha, originalmente, entre 230.295 a 230.373 metros, enquanto o lado oeste media entre 230.378 a 230.436 metros.

Simplificando as contas, quer dizer que o lado ocidental tinha 14.1 centímetros a mais do que o lado oriental.

Ora, mesmo não sendo uma construção perfeita, o nível de precisão da Grande Pirâmide de Gizé continua a ser espantoso, tendo em conta a época em que foi construída, conforme sublinha Dash.

“Os dados mostram que os egípcios possuíam competências extraordinárias para o seu tempo. Só podemos especular quanto a como é que os egípcios conseguiram definir estas linhas com tal precisão usando apenas, as ferramentas que tinham”, destaca o engenheiro.

Dash acredita que a pirâmide foi construída sobre “uma grelha muito precisamente orientada”, num projecto que inclui ainda um Templo no seu lado leste.

SV, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Será que é erro? As pirâmides existem há mais de 4 Milênios, até hoje não se têm explicações sobre suas construções, finalidade e etc. Não se têm explicações de pra que foram construídas, só se têm muitas especulações.
    Então não é inteligente dizer que existe um erro de cálculo na construção das mesmas, erro, sim, é dizer que existe já que ninguém tava lá e nem sabem o que pensavam os que encomendaram as construções e o porquê das medidas. Tipo assim, é o que penso…

ADN revelou quem teve casos extraconjungais nos últimos 500 anos

Os cientistas revelaram que membros da sociedade tinham mais probabilidade de ter filhos fora do casamento ao estudar o ADN de pessoas da Europa ocidental nos últimos 500 anos. A densidade populacional do local onde uma …

O Ártico pode ficar sem gelo no verão de 2044

As mudanças climáticas provocadas pelo Homem estão muito perto de tornar o Ártico livre de gelo, já a partir do verão de 2044. Um artigo científico, publicado recentemente na Nature Climate Change por investigadores da Universidade …

Estamos sozinhos no Universo? Cientistas detalham que exoplanetas poderiam albergar vida

Através da modelagem climática, uma equipa de cientistas da Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, apontou que tipo de planetas têm maior probabilidade de serem habitáveis. A descoberta pode ajudar os astrónomos a selecionar áreas …

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …