Grande evento de extinção em massa pode ocorrer até ao fim deste século

-

Biólogos e ecologistas de todo o mundo lançam um sério aviso de que, se não se tomarem medidas urgentes, metade de todas as espécies da Terra podem desaparecer por completo até ao fim do século XXI.

Este cenário negro foi pintado durante a Conferência Extinção Biológica, que decorreu no Vaticano, sob a chancela do Papa Francisco, nos passados dias 27 de Fevereiro a 1 de Março.

Biólogos e ecologistas de todo o mundo aproveitaram o evento para discutir como se pode evitar esta progressão fatal para a extinção.

“No início do próximo século, enfrentamos a possibilidade de perder metade da nossa vida selvagem”, alerta o biólogo Peter Raven, professor do Jardim Botânico do Missouri, nos EUA, e um dos participantes da conferência, em declarações ao jornal The Guardian.

“Ameaça maior do que as alterações climáticas”

Raven fala de um contexto “muito assustador”, estranhando que os humanos confiem no “mundo vivo” para manter a sustentabilidade do nosso planeta.

“As extinções que enfrentamos colocam uma ameaça ainda maior à civilização do que as alterações climáticas – pela simples razão de que são irreversíveis”, alerta o biólogo.

“O problema é que o perigo não parece óbvio para a maioria das pessoas e isso é algo que temos que acertar”, avisa, por outro lado, o professor Paul Erlich da Universidade de Stanford, na Califórnia, também envolvido na Conferência.

“Os países ricos do ocidente estão a desviar os recursos do planeta e a destruir o seu ecossistema a uma média sem precedentes“, acrescenta Erlich, igualmente em declarações ao The Guardian.

“Queremos construir auto-estradas através do Serengeti para ter mais minerais terrestres raros para os nossos telemóveis. Tiramos todos os peixes do oceano, destruímos as barreiras de coral e deitamos dióxido de carbono para a atmosfera. Despoletamos um grande evento de extinção. A questão é: como é que o travamos?”, eis a pergunta que o professor de Stanford deixa no ar.

E foi essa a questão que esteve em destaque na Conferência realizada no Vaticano, depois de o Papa Francisco ter dado particular ênfase às questões climáticas no seu Pontificado.

“A sobrevivência do mundo natural, e em última instância, a nossa sobrevivência, depende da nossa adopção de princípios de justiça social e de sustentabilidade“, aponta, em jeito de resposta, a Academia de Ciências do Pontificado num documento divulgado no âmbito da Conferência.

“E a sustentabilidade requer o cuidado da biodiversidade que fornece os serviços que permitem à humanidade viver e prosperar”, aponta ainda o mesmo texto.

Quatro ou cinco Terras para aguentar tanta gente

O crescente aumento da população mundial e o impacto que isso acarreta para o ambiente é um dos factores que estes biólogos preocupados evidenciam.

As estatísticas da ONU prevêem que a população mundial vai crescer dos actuais 7.4 mil milhões para os 11.2 mil milhões até 2100, aumento que se verificará em regiões como África.

Com as condições climatéricas a alterarem-se e as catástrofes ecológicas e crises económicas subsequentes, bem como com a escassez de comida, imagina-se como a já actual problemática corrente migratória pode atingir proporções realmente assustadoras e incomportáveis.

Paul Erlich não duvida de que, com quase 12 mil milhões de pessoas, a nossa civilização na Terra vai “colapsar”, permanecendo apenas “umas centenas de sobreviventes”.

“Olhando para os números, é claro que para suportar a sustentabilidade da população mundial actual, seria preciso outro meio planeta para nos fornecer os recursos necessários”, alerta o biólogo.

E “se todos consumissem recursos ao nível dos EUA – que é o que o mundo aspira -, seriam precisas outras quatro ou cinco Terras“, conclui.

Susana Valente SV, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

“As brasileiras são mercadoria". Professor da UP suspenso por comentários machistas e xenófobos nas aulas

Após uma denúncia que reuniu assinaturas de mais de uma centena de alunas, o professor auxiliar Pedro Cosme da Costa Vieira foi suspenso pelo período máximo de 90 dias, da Faculdade de Economia da Universidade …

Houve buzinão na Luz (mas sem "carinho"). Jesus culpa covid-19 pela crise do Benfica

Algumas dezenas de adeptos protestaram junto ao Estádio da Luz com um buzinão, entre gritos de "Rua Vieira" devido aos maus resultados do Benfica. Antes disso, Jorge Jesus tinha apelado a um "buzinão de carinho" …

Marcelo remete diretamente para o Governo limites ao ruído nos prédios

O chefe de Estado incluiu o detalhe "decreto-lei do Governo", no novo decreto para a renovação do estado de emergência, para permitir que o Executivo limite o ruído nos prédios. No último decreto que executou o …

Clubes ingleses decidiram: não há público, acabou a época

Decisão não afeta a Premier League mas antecipa o final de quatro divisões do futebol inglês. Na época passada os campeonatos também não chegaram ao fim. Muitos dos campeonatos não-profissionais (em várias modalidades) estão parados, não …

Cães podem ter consciência corporal tal como os humanos

Os cães podem não ser capazes de se reconhecer em frente a um espelho, mas isso não significa que não tenham um certo nível de autoconsciência. De acordo com o site Science Alert, um novo estudo …

Moratórias de crédito à habitação terminam a 31 em Março. Famílias terão de procurar opções

Todas as moratória públicas para o crédito à habitação terminam a 30 de Setembro, mas a dos bancos expira já no próximo mês. Uma das soluções para quem não consegue cumprir os pagamentos é a …

Finanças: Mais dinheiro para a TAP só com novo acordo com Bruxelas

O Ministério das Finanças refere que, enquanto não houver a luz verde de Bruxelas ao plano de reestruturação, não há mais apoio público à companhia aérea.  A TAP só garante a liquidez até final de março, …

Primeiros fundos chegam até junho. Costa pede “consenso” no Plano de Recuperação

O ministro do Planeamento, Nelson de Souza, anunciou esta quarta-feira no Parlamento, que os novos subsídios europeus do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para 2021-2026 chegarão até ao mês de junho. De acordo com o …

Descobertos "ingredientes para a vida" em rochas com 3,5 mil milhões de anos

Investigadores descobriram moléculas orgânicas em formações rochosas super antigas na Austrália, revelando o que dizem ser a primeira evidência detalhada dos primeiros ingredientes químicos que poderiam ter sustentado as formas de vida microbianas primitivas da …

Juventus: FC Porto deverá ter Dybala pela frente (durante 30 minutos)

Uma das figuras do campeão italiano pode reduzir a lista longa de lesionados no plantel. E o regresso deverá acontecer contra o campeão português. Paulo Dybala continua fora dos jogos da Juventus mas há uma data …