Governo vai propor Guterres para a presidência da ONU

European Parliament / Flickr

Ex-primeiro-ministro, ex-líder do PS, o Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres

Ex-primeiro-ministro, ex-líder do PS, o antigo Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres

António Costa revelou que o Governo está já a preparar a candidatura de António Guterres para ocupar o cargo de secretário-geral da ONU em 2017.

O Governo português vai propor o nome do ex-comissário das Nações Unidas para os Refugiados para o cargo de secretário-geral da ONU, avança esta sexta-feira o Público.

“O Governo vai apresentar a candidatura de António Guterres a secretário-geral das Nações Unidas”, declarou o primeiro-ministro ao jornal.

António Costa já informou o atual Presidente da República, Cavaco Silva, desta intenção e a apresentação oficial da candidatura deverá ser feita no próximo mês de fevereiro.

Os líderes partidários com assento parlamentar também já foram informados desta decisão. Aliás, a “reunião mistério” entre Costa e Passos Coelho na semana passada terá sido por isso mesmo.

O Governo está ainda a realizar contactos internacionais e diplomáticos, com uma forte mobilização do Ministério dos Negócios Estrangeiros, para garantir apoios a esta candidatura.

De acordo com o Público, o Governo já terá assegurado que Guterres “não será vítima de veto por parte de nenhum dos cinco países membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas”, entre eles França, Inglaterra, Rússia, China e Estados Unidos.

Apesar do prestígio conseguido dentro das Nações Unidas, o antigo primeiro-ministro terá um percurso complicado para alcançar o objetivo de suceder, em 2017, ao atual secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Além de ser um “processo complexo que envolve vários equilíbrios geoestratégicos e que obedece à necessidade de os candidatos preencherem diversos critérios”, segundo o Público existem dois obstáculos principais.

Em primeiro lugar, o facto de estar praticamente assente dentro da ONU que chegou a vez de eleger uma mulher para o cargo, além do desejo de que o próximo candidato seja oriundo da Europa de Leste.

Perante esta situação, surgem já nomes de possíveis concorrentes, como é o caso das búlgaras Kristalina Georgieva, vice-presidente da Comissão Europeia, e Irina Bokova, diretora-geral da UNESCO.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …