Governo da Ucrânia e rebeldes pró-russos aceitam retirada de armamento

MATEUS_27:24&25 / Flickr

A retirada do armamento pesado da linha que separa as posições das forças de Kiev e dos rebeldes pró-russos deve começar este domingo, segundo acordaram as duas forças que se enfrentam no leste da Ucrânia.

Os líderes das autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e Lugansk, Alexandr Zajárchenko e Ígor Plotnitski, e representantes de Kiev firmaram durante a noite o acordo sobre a retirada do armamento, previsto nos acordos de Minsk de 12 de fevereiro.

A hora H é 22 de fevereiro“, disse o chefe da delegação ucraniana no centro de coordenação para o cessar-fogo, Piotr Kanonik, citado pela imprensa local.

Por sua vez, o número dois do comando militar dos rebeldes de Donetsk, Eduard Basurin, precisou que a retirada do armamento deve estar concluída em duas semanas, a partir de hoje.

Os acordos de Minsk, negociados durante 16 horas entre os líderes da Ucrânia, Rússia, Alemanha e França, preveem “a retirada de todo o armamento pesado à mesma distância por parte dos dois grupos, com o objetivo de criar uma zona de segurança de 50 quilómetros para a artilharia de 100 milímetros de calibre ou mais”.

As tréguas não impediram combates violentos no leste da Ucrânia, nomeadamente junto ao nó estratégico de Debaltseve, cidade que caiu na quarta-feira nas mãos dos rebeldes separatistas pró-russos.

No sábado, os militares ucranianos e os separatistas pró-russos trocaram prisioneiros no leste da Ucrânia, devendo 139 soldados ucranianos ser trocados por 52 combatentes rebeldes, informaram jornalistas da agência France-Presse.

A troca, realizada na linha da frente, na cidade de Zholobok, 40 quilómetros a noroeste do reduto rebelde de Lugansk, constitui mais uma etapa da aplicação dos acordos de Minsk, que previam a libertação de “prisioneiros e reféns” retidos pelos dois lados.

Alguns dos soldados até agora prisioneiros dos rebeldes estavam feridos e uns poucos utilizavam muletas. Os separatistas disseram que entre os seus prisioneiros estavam soldados ucranianos capturados na ofensiva contra a cidade de Debaltseve esta semana.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …

Sérgio Conceição sai do FC Porto no fim da época

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, deixará o comando dos dragões no final da temporada. A derrota em casa com o Braga terá ditado a saída do técnico azul e branco. O técnico do FC …

Joacine quer mais direitos para deputados sem partido. "Está a antecipar" o futuro

A deputada Joacine Katar Moreira, do partido Livre, defendeu esta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos. A deputada única do Livre assumiu esta posição no final de uma reunião do …