Governo britânico quer acabar com “intoxicações falsas” em Portugal e Espanha

A fraude das intoxicações alimentares tornou-se prática tão recorrente entre os turistas britânicos que visitam Portugal e Espanha que o Governo do Reino Unido pretende apertar as sanções para acabar com os casos de falsas intoxicações alimentares.

A tendência crescente no número de queixas por falsas intoxicações alimentares está a alarmar os operadores turísticos do Reino Unido. De tal forma, que o Governo do país prepara medidas mais duras para acabar com a prática que, em Espanha, já é conhecida como a “fraude da diarreia”, como lhe chama o jornal El Mundo.

De acordo com a Associação de Agências de Viagens Britânica (ABTA), Portugal, Espanha e Turquia são os países mais afectados pela prática que consiste em reportar uma falsa intoxicação alimentar para receber uma indemnização.

Em declarações à Lusa, elementos da ABTA já reportaram que, entre 2013 e 2016, se registou um aumento superior a 520% neste tipo de queixas. A situação levou o ministério dos Negócios Estrangeiros britânico a alertar para a existência de empresas que ensinam os turistas a apresentarem queixas falsas em Portugal.

Fraude impulsionada por redes de advogados

Há alguns anos, surgiam apenas casos isolados, mas os advogados dedicados a esta fraude aumentaram, contando muito com a publicidade gratuita das redes sociais, e montaram um esquema que leva os seus profissionais às ilhas mais procuradas por turistas, com o intuito de convencer falsas vítimas.

A fraude é promovida pelos chamados “claim farmers“, ou “fabricantes de denúncias”, escritórios de advogados que se especializaram na matéria e que também lucram com as falsas reclamações.

Nas redes sociais, já foram publicadas imagens com carrinhas destes escritórios de advocacia estacionados à frente de resorts ou hotéis frequentados por turistas em cidades como Tenerife, Espanha.

Tantas intoxicações seriam problema de saúde mundial

Em Espanha, a Confederação de Hotéis e Alojamentos Turísticos (CEHAT) estima que “mais de 90% das reclamações” por intoxicação alimentar sejam “fraudulentas”, nota a organização.

“A paciência da indústria hoteleira espanhola está a chegar ao fim”, alerta a CEHAT, sublinhando que estas fraudes são “um golpe para os estabelecimentos hoteleiros afectados”, com custos da ordem dos “60 milhões de euros“, só em Espanha.

Se tantas intoxicações fossem verídicas, “seria decretado um alerta sanitário mundial”, realça a CEHAT.

Perante este cenário preocupante, o Governo do Reino Unido está a trabalhar em sanções mais duras, apesar de a legislação já prever penas de prisão até 3 anos para os casos de reclamações fraudulentas.

A facilidade com que se apresentam estas queixas, nomeadamente sem necessidade de apresentar relatórios médicos e podendo ser feitas no país de origem e não naquele onde decorreram as alegadas intoxicações, é um ponto a rever.

Em muitos casos, os operadores turísticos optam por reembolsar os queixosos para evitarem idas a tribunal e os custos judiciais inerentes.

Por outro lado, há várias cadeias hoteleiras espanholas a ameaçar aumentar preços, o que está a preocupar o sector turístico britânico.

Família queixa-se de gastroenterite e acaba condenada

Entretanto, um tribunal de Liverpool, em Inglaterra, negou o pedido de indemnização de uma família britânica por uma suposta intoxicação alimentar em Espanha. Segundo a agência EFE, o juiz considerou que os queixosos não sofreram qualquer gastroenterite, como alegaram, durante umas férias de 15 dias nas Ilhas Canárias, em 2013.

A família pedia uma indemnização de 10 mil libras (11.300 euros) à operadora turística britânica Thomas Cook. Mas acabou condenada a pagar à agência uma multa de 3.700 libras (4.180 euros) pelos custos inerentes ao processo judicial.

“Este é o primeiro de uma série de casos que levaremos perante a Justiça quando seja necessário e constatemos que as denúncias por doença não tenham sido apresentadas no complexo turístico e que não haja provas claras a respeito delas”, referiu um porta-voz da operadora.

ZAP // EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E eu a pensar que isto de vigaristas era só por cá! Uma multa bem pesada para uma falsa denúncia resolverá o caso em pouco tempo!

RESPONDER

Nova espécie de salamandra-gigante pode ser o maior anfíbio do mundo

Cientistas identificaram duas novas espécies da salamandra-gigante-da-china, sendo que uma delas pode ser afinal o maior anfíbio do mundo. Até agora, pensava-se que a salamandra-gigante-da-china — Andrias davidianus — era uma única espécie e, por isso, …

Detido bombeiro suspeito de atear fogo em Alfândega da Fé

O bombeiro detido é suspeito de ter ateado sete focos de incêndio numa área florestal que abrange várias freguesias do concelho de Alfândega da Fé, em Bragança. Um bombeiro foi detido por suspeitas do crime de …

O Oceano Atlântico pode começar do outro lado do mundo

Uma questão chave para os cientistas do clima é sobre a possível desaceleração do sistema de circulação principal do Oceano Atlântico, o que poderia ter consequências dramáticas para a Europa e outras zonas. Porém, um novo …

Incapacitar uma única proteína pode "curar" a gripe

Desabilitar uma única proteína das nossas células pode ser a solução para "curar" a gripe. Os testes realizados em ratos foram bem sucedidos, pelo que pode ser um indicador positivo de progressos nesta área. Encontrar uma …

Detetada a estrela de neutrões mais massiva alguma vez encontrada

Observações com o telescópio Green Bank revelaram a estrela de neutrões mais massiva até ao momento, chamada J0740 + 6620. De acordo com a revista especializada Nature Astronomy, onde foi descrita a descoberta, é um pulsar …

Portugueses criam nanomateriais feitos de algas para despoluir água

De algas abundantes no litoral de Portugal, investigadores da Universidade de Aveiro extraíram biopolímeros capazes de remover alguns poluentes da água, como antibióticos ou herbicidas. Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) demonstrou que …

O novo Oumuamua pode ter sido captado numa fotografia a cores

Os astrónomos do Observatório Gemini no Hawai tiraram a primeira fotografia do GB00234, agora rebatizado para C/2019 Q4 Borisov, um objeto que pode ser o segundo corpo celeste interestelar a entrar no Sistema Solar. A imagem …

Volkswagen revela o novo ID.3, "o carro elétrico do povo"

https://vimeo.com/360579859 No Salão Automóvel da Frankfurt, a Volkswagen revelou o novo ID.3, o seu primeiro carro elétrico. Com um preço "abaixo dos 30 mil euros", é tido como acessível para as massas. A revolução dos automóveis elétricos …

Benfica 1-2 Leipzig | Águias sem asas para o Leipzig

O Benfica arrancou a sua participação na fase de grupos da Liga dos Campeões 2019/20 da pior forma, com uma derrota caseira por 2-1. A formação “encarnada” recebeu o Leipzig e nunca conseguiu dominar o futebol …

A faca, o casaco, a secretária e outros objetos de Anthony Bourdain vão a leilão

Uma faca feita a partir de um meteorito, um casaco personalizado da marinha norte-americana e uma prensa para ossos de pato são três dos 215 objetos de Anthony Bourdain que vão ser colocados à venda …