Gordinho saudável é um mito

Photoxpress

-

Defendida por uma corrente de endocrinologistas e nutricionistas, a ideia de que um individuo com excesso de peso possa ser um ‘gordinho saudável’ não passa de um mito, segundo um novo estudo agora divulgado.

O estudo, conduzido por cientistas canadianos, incidiu sobre uma amostra de mais de 60 mil pessoas e mostrou que o excesso de gordura ainda traz riscos à saúde, mesmo que os níveis de colesterol, pressão arterial e açúcar sejam normais.

Divulgada na revista científica Annals of Internal Medicine, a investigação analisou resultados de mais de 1000 outros estudos publicados sobre o tema.

Os investigadores do Hospital Mount Sinai, em Toronto, acabaram por contradizer a ideia de que o excesso de peso não implicaria necessariamente riscos para a saúde, desde que os indivíduos se mantivessem saudáveis noutros aspectos.

O levantamento concluiu que pacientes com excesso de peso cujo coração foi monitorizado durante mais de 10 anos não apresentaram qualquer melhoria na sua saúde.

Os cientistas argumentam que os ‘gordinhos’, apesar de metabolicamente saudáveis, têm, provavelmente, factores de risco subjacentes que pioram com o tempo.

Em declarações à BBC, o responsável pelo estudo, Ravi Retnakaran revela que “os nossos resultados realmente colocam em dúvida a existência desse conceito de obesidade saudável”.

“Os dados sugerem que tanto os pacientes que são obesos e metabolicamente doentes quanto os que são obesos, mas metabolicamente saudáveis, têm um risco elevado de morte por doenças cardiovasculares. Nesse sentido, a ‘obesidade saudável’ pode ser considerada um mito.”

A Fundação Britânica do Coração diz que a obesidade é um conhecido factor de risco para doenças cardiovasculares e que as pesquisas mostram que não há um ‘nível saudável de obesidade’.

Para a enfermeira chefe de doenças cardíacas Doireann Maddock, “mesmo que os níveis de pressão arterial, colesterol e açúcar no sangue estejam normais, a obesidade ainda pode colocar o coração em risco”.

Maddock destaca a necessidade de uma mudança no estilo de vida em vez de uma preocupação exagerada com os factores de risco individuais.

“Além de acompanhar o seu peso, se parar de fumar, começar uma actividade física regular e mantiver a pressão arterial e o nível de colesterol a um nível saudável, pode fazer uma diferença na redução de seu risco de doença cardíaca.”

Doireann Maddock conclui com um conselho simples: se está preocupado com seu peso e quer saber mais sobre as mudanças que deve fazer, faça uma visita ao seu médico.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Já sabemos qual vai ser o primeiro fruto a ser plantado na EEI (e é picante)

Se tudo correr como planeado, em novembro deste ano, a Estação Espacial Internacional (EEI) vai ficar um bocadinho mais picante. De acordo com o Science Alert, os investigadores querem enviar para a Estação Espacial Internacional (EEI) …

O Hubble encontrou um buraco negro que não devia existir

Algo estranho está a acontecer a 130 milhões de anos-luz da Via Láctea na galáxia espiral NGC 3174. Há um disco fino de material a rodear o seu pequeno e esfomeado buraco negro. Discos como os …

Alimentos para bebés têm excesso de açúcar, alerta a OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) detetou em quatro cidades da Europa que pelo menos um em cada três alimentos infantis tem níveis de açúcar excessivos e são comercializados de forma incorreta como adequados para …

Estilo de vida saudável pode compensar risco genético de Alzheimer

Novas pesquisas sugerem que um estilo de vida saudável pode reduzir em um terço o risco de doença de Alzheimer ou outras formas de demência, mesmo existindo genes que aumentem o risco destas doenças. Investigadores britânicos …

Lançada Barbie em homenagem a David Bowie

A Matel acaba de lançar uma Barbie em homenagem ao músico britânico David Bowie, que faleceu em 2016, noticia esta semana a Associated Press. De acordo com a agência noticiosa, a nova da Barbie visa celebrar …

Netflix retrata a trágica história de Nicolau II, o último czar da Rússia

A Netflix acaba de lançar The Last Czars, uma série documental sobre a história de Nicolau II e a sua família, que acabou por ditar o fim da dinastia de 300 anos dos Romanov e …

Português desce e Matemática volta à positiva nos exames do 9.º ano

As médias dos alunos do 9.º ano nos exames desceram este ano a Português e subiram a Matemática, voltando a uma média positiva, mas com uma taxa de reprovação ainda a rondar os 30%. Os exames …

A famosa "Pirâmide Curvada" do faraó Senefuru foi aberta ao público pela primeira vez em mais de 50 anos

No Egito, foi aberta ao turismo, pela primeira vez desde 1965, a famosa "Pirâmide Curvada", construída por ordem do faraó Senefuru há 4.600 anos. Localizada em Dahshur, a 40 quilómetros a sul do Cairo, a pirâmide, …

Príncipe Carlos diz que temos 18 meses para salvar a humanidade

O príncipe Carlos admite que os próximos 18 meses serão cruciais para a sobrevivência dos seres humanos. Durante este tempo, os líderes mundiais terão de controlar as mudanças climáticas para evitar uma catástrofe irreversível. "Senhoras e …

Novo filme da saga Bond tem Agente 007 feminina

De acordo com jornais ingleses, o filme Bond 25 não terá um novo James Bond, mas sim uma nova Agente 007. No filme, que será uma homenagem ao legado de Roger Moore e de todos …