GNR aperta com cintos e cadeirinhas

Eric Peacock / Flickr

-

A GNR informou terem sido destacados mais de 4.800 militares para acções de fiscalização do uso do cinto de segurança e de cadeirinhas para crianças, nas estradas onde estes tipos de infracções são as mais frequentes, indicou a corporação.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que a fiscalização ao uso do cinto de segurança e de sistemas de retenção para crianças (SRC) vai prolongar-se até ao próximo domingo.

Segundo a GNR, os 4.810 militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos comandos territoriais vão realizar, em sete dias, 2.144 acções de fiscalização.

A GNR sublinha que, este ano, detectou 15.102 condutores a circular em infracção, dos quais 13.976 por falta de cinto de segurança e 1.126 por não utilização de cadeirinhas para crianças.

A força de segurança acrescenta que o cinto de segurança e SRC reduzem a ocorrência de ferimentos ou a sua gravidade nos ocupantes de um automóvel interveniente em acidente de viação.

“As estatísticas dos acidentes ocorridos em Portugal continuam a apresentar números preocupantes sobre esta matéria, muito particularmente os ocupantes que se fazem transportar nos bancos da retaguarda dos veículos ligeiros de passageiros e nos veículos pesados de mercadorias e de passageiros, sem fazerem uso de sistema de retenção”, refere a GNR, que salienta estar “empenhada em alterar os comportamentos relacionados com o não uso do cinto de segurança e do SRC”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Iniciativa Liberal pede audição urgente de Costa e Silva

O deputado único João Cotrim Figueiredo solicitou, na quarta-feira, com caráter de urgência, uma audição de António Costa Silva, defendendo que cabe aos partidos “questionar previamente” o conselheiro sobre o plano de recuperação económica. A Iniciativa …

"O vírus não existe". Em Itália, os "coletes laranja" exigem a queda do Governo (e que o país saia da UE)

Inspirados nos Coletes Amarelos franceses, nasceram os "coletes laranjas" em Itália, um movimento de contestação contra o Governo que acredita que "o vírus não existe". Apesar de ainda não ser um movimento muito grande, há já …

Época balnear arranca no sábado, mas começa mais tarde no Norte

A época balnear arranca no próximo sábado, 6 de junho, mas não em todo o país. No Norte de Portugal só começa a 27 de junho. Segundo o despacho publicado esta quinta-feira em Diário da República, …

Um terço das empresas de restauração não reabriu

Cerca de um terço das empresas de restauração não retomou a atividade e quase metade tem registado uma faturação média inferior a 10%, revelou a associação representativa do setor. A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares …

Ministério Público alemão assume que Maddie McCann está morta

O procuradores do Ministério Público alemão acreditam que Madeleine McCann foi assassinada. O investigador Christian Hoppe, do Bundeskriminalamt, revelou que a criança pode ter sido alvejada quando o suspeito assaltava o apartamento da família. O procuradores do …

Nadadores-salvadores devem privilegiar salvamento "sem entrar na água"

A Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores divulgou hoje alguns dos procedimentos que os vigilantes devem adotar na época balnear face à pandemia, como privilegiar o salvamento “sem entrar na água” ou abordar o náufrago pelas costas. “Ainda …

Confederação do Turismo propõe Lay-off simplificado, banco de horas e horário concentrado

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) propôs ao Governo 99 medidas para mitigar as consequências "gigantescas" que a pandemia está a ter no sector, apontando um cenário de "eclipse total e asfixia". Segundo noticiou esta …

Coreia do Norte ameaça romper acordo militar com Seul

A Coreia do Norte ameaçou hoje romper o acordo militar com a Coreia do Sul e fechar o gabinete de ligação transfronteiriça, se Seul não impedir que ativistas continuem a enviar panfletos através da fronteira. A …

Moratórias no crédito prolongadas até 31 de março de 2021

O Governo decidiu estender a moratória nos empréstimos dos bancos às famílias e empresas afetadas pela crise. As prestações e juros só voltarão a ser pagos depois de 31 de março de 2021, apurou o …

Santana Lopes deixou funções executivas no Aliança. Mas não "deserta"

O fundador do partido Aliança deixou, recentemente, as suas funções executivas por "motivos profissionais", mas promete "não desertar", "muito menos em alturas difíceis". No passado dia 15 de maio, Pedro Santana Lopes pediu a suspensão das …