“Glória” é o primeiro original português da Netflix

Glória tem argumento original de Pedro Lopes e realização de Tiago Guedes. O thriller é o primeiro projeto português original da Netflix.

A série Glória, um thriller passado durante a Guerra Fria, com realização de Tiago Guedes, é o primeiro projeto português original da Netflix, tem produção da SPi, do Grupo SP Televisão, e coprodução da RTP, anunciou esta quinta-feira a plataforma.

Glória tem argumento original de Pedro Lopes, um dos autores da série Auga Seca e de várias telenovelas, e realização de Tiago Guedes, que dirigiu A Herdade, filme distinguido há um ano no âmbito do Festival de Veneza.

Os atores Miguel Nunes, Carolina Amaral, Victoria Guerra, Afonso Pimentel, Adriano Luz e Gonçalo Waddington estão entre os protagonistas, assim como Joana Ribeiro, Marcelo Urgeghe, Sandra Faleiro, Carloto Cotta, Maria João Pinho, Inês Castel-Branco, Rafael Morais e Leonor Silveira.

Glória, que decorre nos anos 60, no auge da Guerra Fria, está a ser gravada na região do Ribatejo e em Lisboa, de acordo com a informação divulgada esta quinta-feira pela Netflix. A ação centra-se na aldeia da Glória do Ribatejo, onde se situa o centro de transmissões americano RARET, que emite propaganda ocidental para o Bloco de Leste.

O engenheiro João Vidal, oriundo de famílias apoiantes da ditadura do Estado Novo, mas recrutado pela KGB, a polícia secreta de Moscovo, “assume missões de espionagem de alto risco que podem mudar o curso da história portuguesa e mundial”.

A aldeia transforma-se num “improvável palco da Guerra Fria”, onde Washington e Moscovo lutam pelo controlo da Europa. João Vidal, depois de ter contactado com a realidade da guerra colonial, “compreenderá que, seja qual for o lado em que estiver, o mundo (…) nunca é a preto e branco”.

O diretor executivo da Spi, José Amaral, citado pelo comunicado da Netflix, afirma que Glória se insere num trajeto e numa “visão estratégica de expansão internacional”, que a produtora tem vindo a percorrer. “Enquanto produtores, este momento representa igualmente para o mercado audiovisual português o início de um novo ciclo, já que posiciona o nosso país no “roadmap” das grandes produções internacionais que a Netflix tem vindo a preconizar”, prossegue José Amaral. O produtor sublinha “o privilégio de poder contar com a participação da RTP”, “um grande parceiro neste posicionamento”.

O diretor de programas da RTP1 e RTP Internacional, José Fragoso, também citado no comunicado da Netflix, diz, por seu lado, que o “início da rodagem da série Glória representa a chegada da ficção televisiva portuguesa a um novo patamar de qualidade e exigência”.

“Com um perfil internacional indiscutível, desenvolvida por uma equipa da SP experiente e rigorosa”, a série realizada por Tiago Guedes “será o primeiro projeto de ficção nacional a contar com a excecional capacidade de produção e distribuição internacional da Netflix”, afirma.

Fragoso sublinha o papel da RTP como “elemento decisivo” no investimento e desenvolvimento “na produção regular de séries”, em Portugal, e considera esta produção “um momento histórico para a produção audiovisual” portuguesa.

O comunicado da Netflix também cita o secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva, que saúda a primeira coprodução portuguesa com a plataforma e recorda o apoio dado pelo Fundo de Turismo, Cinema e Audiovisual.

Nuno Artur Silva diz esperar que este seja o primeiro de “muitos outros projetos que venham dar visibilidade à criatividade de argumentistas, realizadores e produtores portugueses, e imprimir ao cinema e audiovisual do país um novo dinamismo.”

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Redução da renda, mais apoio e menos burocracia. As propostas do PCP para ajudar pequenos empresários

O PCP vai entregar quatro propostas e um projeto de lei para que o Governo adote medidas para auxiliar as pequenas e médias empresas após ouvir as queixas dos pequenos e médios empresários. De acordo com …

Lista do PSD faz estalar o verniz: há candidatos que não o são e autarcas que não foram contactados

O PSD anunciou, esta quarta-feira, uma lista com 100 nomes para concorrerem às eleições autárquicas, mas há autarcas a demarcarem-se da decisão anunciada pela direção. O nome de Paulo Manuel Santos, atual presidente da Câmara de …

Catarina Martins diz que "PS é muito permeável ao poder económico"

Apesar de afastar uma coligação pré-eleitoral com o PS em Lisboa, Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda, admite que o partido está disponível para dialogar com António Costa, mas sem "chantagens". Em entrevista ao Público …

Polícia do Capitólio alerta para ameaça de nova invasão já esta quinta-feira

A polícia do Capitólio, responsável pela segurança do Congresso dos Estados Unidos, alertou para a ameaça de uma milícia invadir a sede do Congresso na quinta-feira, com ligações a uma teoria de conspiração. A agência …

AstraZeneca reduz risco de hospitalização de idosos. Cuba tem nova vacina (e pode envolver 3 doses)

A injeção de uma dose da vacina AstraZeneca/Oxford contra a covid-19 permite reduzir em mais de três quartos o risco de hospitalização de idosos com mais de 80 anos, conclui um estudo britânico. Os resultados, ainda …

Altice abre porta de saída a dois mil trabalhadores

O CEO da Altice Portugal anunciou o arranque, esta quinta-feira, da segunda fase do programa de rescisões voluntárias Pessoa, podendo abranger até cerca de dois mil funcionários. Em entrevista ao Diário de Notícias, João Zúquete da …

Sporting e Rúben Amorim em negociações para a renovação do contrato

O Sporting e o treinador já estão em negociações para a renovação do contrato, que deverá fazer aumentar a cláusula de rescisão dos 20 para os 30 milhões de euros. Faz esta sexta-feira um ano que …

Equipa nomeada para fiscalizar Segredo de Estado só divulgou um relatório em seis anos

O PS admitiu que o Parlamento deve ponderar a utilidade, passados seis anos sobre a sua criação, da Entidade Fiscalizadora do Segredo de Estado. Até hoje, só divulgou publicamente um relatório, o de 2017 O PS …

United pode impedir Bruno Fernandes de vir à Seleção

Klopp já disse que não vai autorizar que jogadores se apresentam à Seleção se tiverem de cumprir quarentena e Solskjaer pondera fazer o mesmo. Bruno Fernandes e Diogo Jota estão em risco. "Não faz sentido perder …

Formar e atrair professores. CNE quer (mais) verbas da “bazuca” para a educação

O Plano de Recuperação e Resiliência tem gerado alguma controvérsia devido ao planeamento dos fundos que o Governo apresentou. Agora, é a vez da CNE pedir mais verbas de modo a formar e atrair mais …