George Bush chama “fanfarrão” a Trump e confirma que votou em Clinton

Micah P. Blechner, U.S. Navy / Wikimedia

George Henry Walker Bush, 41º presidente norte-americano, pai do 43º

O ex-Presidente norte-americano George H. W. Bush considera, num novo livro, que o atual Presidente, Donald Trump, é “um fanfarrão” guiado pelo seu ego, e confirma que nas eleições de 2016 votou na candidata democrata, Hillary Clinton.

Durante a campanha eleitoral, o filho de George H. W. Bush, e também ex-presidente, George W. Bush, pensou que Trump não sabia “o que significava ser presidente”, segundo um livro que estará à venda a partir de 14 de novembro e do qual a cadeia televisiva CNN e o jornal The New York Times avançaram alguns excertos.

Aqueles comentários foram feitos pelos ex-Presidentes durante a campanha eleitoral, quando a maior parte das previsões davam a vitória a Hillary Clinton.

No livro, com o título “The Last Republicans“, escrito pelo historiador Mark Updegrove, o patriarca dos Bush, que presidiu aos Estados Unidos entre 1989 e 1993, confirma que votou em Clinton, um rumor que havia circulado nas semanas anteriores às eleições.

Por seu lado, Bush filho votou em branco, o que já tinha sido divulgado pelo seu gabinete no dia das eleições, em novembro de 2016.

No ano passado, ambos os antigos Presidentes norte-americanos partilharam com Mark Updegrove a sua opinião sobre Trump: em maio de 2016, Bush pai disse claramente que “não gostava” do candidato eleito para ocupar a Casa Branca.

“Não sei muito sobre ele, mas sei que é um fanfarrão. E não me emociona muito que seja o nosso líder”, afirmou o político, de 93 anos, que acrescentou depois que a razão pela qual Trump parecia querer ser Presidente era “um certo ego” e que, para unir o país, era necessário ter “humildade”.

Durante a campanha, o mais novo dos ex-Presidentes Bush, de 71 anos, disse a Mark Updegrove que temia ser “o último Presidente republicano” dos EUA, uma frase que inspirou o título do livro.

“Nesse momento, creio que estava preocupado por Hillary Clinton poder ganhar”, explicou o historiador ao New York Times.

Mas, se se tiver em conta os valores e princípios partilhados pelo seu pai e pelo presidente Ronald Reagan (1981-1989), “contrastam muito com os valores do partido republicano hoje, em particular com as ideias que promoveu Donald Trump na sua campanha, que são essencialmente o protecionismo e uma certa xenofobia“, acrescentou.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Israel desenvolve terapia à base de ecstasy para tratar stress pós-traumático

O Ministério da Saúde israelita desenvolveu uma terapia à base de MDMA - o componente ativo da metanfetamina popularmente conhecida como 'ecstasy' - para tratar pessoas que sofrem de stress pós-traumático resistente. Num entrevista sobre a …

Quaresma de saída do Besiktas. "Presidente não me quer na equipa"

Revelação feita pelo jogador, no Instagram: "Acabei de ser informado pelo presidente do clube que ele não quer que eu continue a jogar na equipa. Estou a tentar encontrar solução para o meu futuro". O internacional …

O Dr. House português diz que 90% dos médicos só fazem "fantochadas"

É conhecido como o Dr. House português, numa referência à série televisiva norte-americana, pela forma como faz diagnósticos certeiros. E Vítor Brotas que trabalha no Hospital dos Capuchos, em Lisboa, admite que é "um médico …

Homem morre após ataque de vespas asiáticas. É a segunda morte por picadas de insecto em 2 dias

Um homem de 79 anos de idade morreu nesta sexta-feira em Oliveira do Bairro, Aveiro, após ter sido atacado por vespas asiáticas. Dois dias antes, outro homem de 50 anos faleceu na região da Beira …

Polícia antimotim dispersa manifestantes em Hong Kong com gás lacrimogéneo

A polícia antimotim de Hong Kong carregou hoje com gás lacrimogéneo sobre manifestantes que tinham erigido uma barricada no bairro de Kwun Tong, no Este da antiga colónia britânica. Embora os protestos tenham decorrido de forma …

Eleições. CDU vai manter campanha clássica, mas dispensa o "lombo assado"

O chefe do maior partido da Coligação Democrática Unitária (CDU), que junta comunistas e ecologistas, assumiu enfado com carne assada nas jornadas e ações de esclarecimento pelo país, mas garante uma campanha eleitoral nos cânones …

Bloco quer mais funcionários públicos e quotas por raça nas universidades

O BE afirma, no programa eleitoral disponibilizado hoje na íntegra, que "é o partido que quer e pode impedir uma maioria absoluta", um resultado nas eleições legislativas que faria Portugal "voltar ao passado da arrogância …

Balas com defeito que encravam armas. PSP confirma, mas diz que não é um problema

A Polícia de Segurança Pública (PSP) confirma que estão a ser utilizadas algumas balas com defeito que até encravam as armas, nos treinos dos candidatos a agentes na Escola Prática de Polícia. Mas garante que …

Espírito Santo escondeu 30 milhões de euros na Suíça com 'barriga de aluguer'

O Banque Privée Espírito Santo (BPES), banco do Grupo Espírito Santo (GES) na Suíça que está em fase de liquidação, terá ocultado 30 milhões de euros das autoridades através de uma 'barriga de aluguer'. Esse dinheiro …

G7 começa hoje. Amazónia, Brexit e Irão discutidos por lideres mundiais

As divergências em relação ao Irão, ao Brexit, aos fogos na Amazónia e ao comércio mundial deverão marcar a cimeira das grandes potências industriais (G7) que se inicia hoje em Biarritz, França. O presidente de França, …