Geólogos descobrem nova camada no manto da Terra

sheaday / Flickr

A viscosidade da camada rochosa a 1500 km é 300 vezes maior do que a uma profundidade de 660 km

A viscosidade da camada rochosa a 1500 km é 300 vezes maior do que a uma profundidade de 660 km

Um novo estudo de investigadores das universidades de Bayreuth, na Alemanha, e do Utah, nos EUA, sugere a existência de uma camada super-viscosa, até agora desconhecida, no interior do nosso planeta, onde as formações rochosas são até 3 vezes mais densas.

Esta nova camada terrestre poderia explicar a razão pela qual certas lajes das placas tectónicas da Indonésia e da costa oeste da América do Sul parecem estancar o seu deslizamento em direcção ao interior da Terra, acumulando-se a uma profundidade de cerca  de 1500 quilómetros.

A estagnação destas lajes a esta profundidade tem intrigado os geólogos há bastante tempo.

“A Terra tem muitas camadas, como uma cebola, e a maior parte das camadas é definida pelos minerais que contém”, explica à Sci-News o geólogo Lowell Miyagi, investigador da Universidade do Utah, nos Estados Unidos, um dos autores do estudo, publicado na Nature Geoscience.

“Essencialmente, descobrimos uma nova camada do manto da Terra”, explica Miyagi, “que não se define pelos minerais que contem, mas pela densidade desses minerais”.

Lowell Miyagi / University of Utah

Imagem simplificada de uma laje tectónica a afundar-se desde a camada superior do manto terrestre, até estacionar na camada super-viscosa a 1500 km de profundidade

Imagem simplificada de uma laje tectónica a afundar-se desde a camada superior do manto terrestre, até estacionar na camada super-viscosa a 1500 km de profundidade

Miyagi e o físico Hauke Marquardt, da Universidade de Bayreuth, desenvolveram uma simulação do comportamento do ferropericlase, um dos minerais dominantes nas camadas inferiores do manto terrestre, comprimindo o mineral para calcular a viscosidade  das rochas a grandes profundidades.

Segundo os resultados obtidos, a viscosidade da camada rochosa a 1500 km é 300 vezes maior do que a uma profundidade de 660 km.

“Esta descoberta é muito excitante”, diz Miyagi, “significa que a essa profundidade, a viscosidade é de 1×1021 pascal-segundo, ou algo como mil milhões de vezes mil milhões de pascal-segundo”.

“Na escala pascal-segundo, a viscosidade da água é de 0.001 e a da manteiga é de 200”, acrescenta o geólogo.

Esta descoberta pode explicar a ocorrência de alguns terramotos em profundidade – uma indicação de que o interior da Terra poderá ser mais quente do que o esperado – e a razão pela qual a composição do magma dos vulcões submarinos da Islândia é diferente, por exemplo, da dos vulcões do Havaí.

Segundo o cálculo dos investigadores, a esta profundidade, a camada de rochas super-viscosas estará a uma temperatura de 2.148º C, a uma pressão 640.000 vezes superior à pressão do ar à superfície.

Talvez Júlio Verne não estivesse a contar com estas camadas super-viscosas quando imaginou que um dia se poderia fazer uma Viagem ao Centro da Terra.

AJB, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …

Na última noite no Porto, Óliver foi sozinho à Ponte D. Luís (e vieram-lhe as lágrimas aos olhos)

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …

Sondagens. Livre cai a pique, Montenegro lidera corrida ao PSD

O PS lidera as intenções de voto com 37,1% e um avanço de 10,2 pontos percentuais sobre o PSD numa sondagem em que o Livre surge com metade da votação alcançada nas legislativas em outubro. Num …

ONU chama a atenção para consumo de tramadol (erradamente considerado menos letal que fentanil)

A crise derivada do consumo excessivo de opóides e as mortes daí decorrentes já levaram empresas norte-americanas que os produzem a receber milhares de ações judiciais. Contudo, a Organização das Nações Unidas (ONU) chama a …

Mais de 50 jornalistas subscrevem abaixo-assinado em defesa de Maria Flor Pedroso

Mais de 50 jornalistas, entre os quais Adelino Gomes, Henrique Monteiro, Anabela Neves e Francisco Sena Santos, subscreveram esta sexta-feira um abaixo-assinado em defesa da jornalista Maria Flor Pedroso, diretora de informação da RTP. "Confrontados com …

O maior sítio arqueológico submerso do mundo é no México (e está a surpreender os especialistas)

Uma equipa de especialistas está a explorar há cerca de quatro anos o Grande Aquífero Maia, localizado no México, e tem feito descobertas surpreendentes que vão desde numerosos sítios arqueológicos a vestígios de homens primitivos.  Durante …

Passes baixam para 70 e 80 euros para utentes da região Oeste

Os passes nos transportes públicos para Lisboa vão baixar para 70 euros para utentes de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras, e para 80 euros dos restantes concelhos da região. A …