Descobertos misteriosos geóglifos escondidos há milhares de anos

Mais de 50 misteriosos geóglifos, conhecidos como linhas de Nazca, foram descobertos por arqueólogos no deserto do Peru.

Este é um dos grandes mistérios da arqueologia e acaba de ganhar um novo capítulo com o anúncio da descoberta de quase 50 novas linhas de Nazca.

A maioria destes misteriosos geóglifos foi criada pelo povo de Nazca, que viveu naquela área de 200 a 700 anos d.C., assim como outros desenhos já conhecidos na região. No entanto, alguns dos geóglifos são séculos mais antigos. Os investigadores acreditam que foram feitos por povos de Paracas e Topará, que viveram naquela área por volta dos anos de 500 a.C. a 200 a.C..

Estas obras são conhecidas como linhas de Nazca porque, normalmente, parecem apenas linhas quando olhamos para elas no chão. É preciso que as olhemos do alto para conseguir discernir os padrões. Aliás, é por esse motivo que esta arte só começou a ser compreendida depois da invenção dos aviões.

Estes desenhos gigantes são criados através da eliminação da camada superior de pedras vermelhas do deserto, de modo a que se consiga revelar uma camada mais pálida. É este contraste de tons que permite a leitura da figura.

Alguns geóglifos são formas geométricas, outros são linhas simples e os mais elaborados são representações de animais e objetos.

Os antigos geóglifos de Paracas eram frequentemente feitos em encostas, o que significa que podiam ser vistos por pessoas no solo. Em contraste com as formas geométricas do povo de Nazca, estes geóglifos costumavam também retratar humanos.

A maioria das figuras recém-descobertas de Paracas retrata guerreiros e antecedem as linhas de Nazca por séculos.

“Isto significa que esta é uma tradição de mais de mil anos que precede os famosos geóglifos da cultura de Nazca, o que abre as portas para novas hipóteses sobre a sua função e o seu significado”, afirmou o arqueólogo Johny Isla, do Ministério da Cultura do Peru, ao National Geographic.

Os investigadores utilizaram drones e fotografias de satélite para encontrar os geóglifos. Embora a degradação e a erosão do solo ao longo do tempo tivessem escondido estas linhas, foi mais fácil descobri-las devido aos drones, muito mais leves e acessíveis do que os aviões.

Isla é o responsável por preservar as linhas de Nazca. Em 2014, um protesto do Greenpeace, perto de um famoso desenho de um beija-flor, danificou a área protegida pela UNESCO. Desde então, Isla e a sua equipa receberam ajuda financeira do governo dos Estados Unidos para auxiliar na conservação da região.

Atualmente, a equipa de Isla está a mapear a região, algo que apresenta vários desafios. Ainda assim, esta tarefa foi facilitada pela ajuda da iniciativa GlobalXplorer, que recruta cidadãos e cientistas amadores para procurar nas imagens de satélite locais de interesse, ou seja, potenciais sítios arqueológicos ou evidências de destruição e intervenção humana.

Apesar de os novos desenhos estarem dentro do local protegido pela UNESCO, entre Nazca e Palpa, ainda precisam de ser registados pelo governo peruano. A verdade é que ainda não estão sob ameaça. Ainda assim, os dados de satélite continuarão a ser úteis, na luta contra a invasão humana.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

"Solução razoável". Marcelo promulga já aumento do salário mínimo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai promulgar já esta sexta-feira o diploma que estabelece um aumento do salário mínimo nacional para 635 euros em 2020, que considera "uma solução razoável, a pensar …

Filósofo francês diz aos homens para violarem mulheres. "Eu violo a minha todas as noites"

O filósofo e escritor francês Alain Finkielkraut afimrou na quarta-feira, durante um programa da TF1 sobre casos de violação divulgados pelos media, que diz aos homens para violarem as suas mulheres. "Eu violo a minha …

Ex-administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da SATA

O antigo administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da transportadora aérea açoriana SATA, informou hoje o executivo regional. "O presidente do Governo [Regional], Vasco Cordeiro, comunicou à Assembleia Legislativa o nome de Luís …

Mãe que deixou recém-nascido no caixote do lixo não quis abortar

A jovem cabo-verdiana, em prisão preventiva por suspeitas de ter abandonado o seu filho recém-nascido no lixo, teve a oportunidade de abortar, mas não quis. O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou, esta quinta-feira, o pedido de …

Face Oculta. MP pede 12 anos e 10 meses para Manuel Godinho

O Ministério Público (MP) defendeu esta sexta-feira a aplicação de uma pena única de 12 anos e 10 meses de prisão para o sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, durante a audiência …

Maioria acredita que Governo vai durar quatro anos

Uma sondagem da Aximage revela que a maioria das pessoas entrevistadas acredita que António Costa vai concluir a sua legislatura, mesmo com um Governo que consideram de "estrutura exagerada". Uma sondagem da Aximage para o Jornal …

Tecnologia usada em Marte ajuda a detectar fugas de água em Gaia

Um sistema "pioneiro em Portugal" que recorre a tecnologia usada em Marte, para detectar água, está a ser utilizada pela empresa municipal Águas de Gaia, em Vila Nova de Gaia, para detectar fugas no sistema …

É segredo de Estado e custou mais de 100 milhões. "Máquina do Fisco" analisa 600 mil facturas por hora

O sistema informático que sustenta a "máquina do Fisco" já custou ao Estado mais de 100 milhões de euros e é tão secreto que nem a localização física dos servidores que o sustentam é conhecida. …

Empresário alemão investigado por suspeitas de orgias com menores em Cascais

O empresário alemão Matthias Schmelz, representante em Portugal dos aspiradores da marca Rainbow, está a ser investigado por suspeitas de lenocínio e pagar por orgias com menores na sua casa na zona de Cascais, avançou …

A nova fábrica da Tesla não vai ser no Reino Unido por causa do Brexit

O presidente executivo da Tesla admitiu que as incertezas à volta do Brexit tiveram peso na decisão de abrir a primeira fábrica da empresa na Europa antes em Berlim. A Tesla anunciou, esta terça-feira, que vai …