Genk e Antuérpia querem “roubar” Vertonghen a custo zero

1

Genk e Antuérpia estão a tentar que o Benfica rescinda contrato com Jan Vertonghen para que possam avançar para a contratação a custo zero do internacional belga.

Aos 34 anos de idade, Jan Vertonghen não caminha para novo e poderá já estar a pensar num futuro destino para terminar a sua carreira. Genk e Antuérpia, dois clubes da sua terra natal, estão a tentar avançar para a contratação a custo zero do jogador.

Mas, para isso, precisam que o Benfica rescinda contrato com o defesa-central. O jornal Record sabe que os dois clubes já contactaram o emblema da Luz de forma a tentarem chegar a um acordo amigável.

Tanto o Genk como o Antuérpia não têm condições financeiras para pagar a transferência ao Benfica e o elevado salário do jogador. À procura de reduzir a massa salarial da equipa, os ‘encarnados’ podem aceitar libertar o jogador, já que também nunca conseguiriam uma verba muito alta por um atleta de 34 anos.

O jogador tem mais dois anos de contrato e a sua saída permitiria, na prática, uma poupança na casa dos sete milhões de euros, escreve o jornal desportivo.

Genk e Antuérpia também já falaram com o empresário de Vertonghen, Tom de Mul, para aferir a vontade do jogador em voltar para a Bélgica quase 20 anos depois. Vertonghen foi formado no Germinal Beerschot Antwerpen, mas saiu ainda em idade de júnior para o Ajax.

Jorge Jesus não vê Vertonghen como um elemento imprescindível e pode estar disposto a abdicar do jogador que é um dos mais bem pagos do plantel benfiquista.

  Daniel Costa, ZAP //

1 Comment

  1. É um jogador que defende bem, mas é algo apático no impulsionar da equipa para transições ofensivas. Não justifica o dinheiro que ganha.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE