Genes de super-bactérias resistentes a antibióticos já chegaram a um dos lugares mais puros da Terra

Os genes associados às super-bactérias multirresistentes a antibióticos, detetados pela primeira vez na Índia em 2010, foram encontrados a cerca de 13 mil quilómetros de distância no arquipélago de Svalbard, na Noruega – um dos últimos lugares “puros” do planeta Terra.

De acordo com um novo estudo científico, publicado esta segunda-feira na revista especializada Environmental International, a equipa de investigadores descobriu um total de 131 genes resistentes a antibióticos, especialmente o gene blaNDM-1, identificado em oito locais em toda a região de Kongsfjorden, em Svalbard.

Estes genes, segundo escreveram os cientistas, presentes nos intestinos de animais e humanos, espalharam-se provavelmente no solo do Ártico através da matéria fecal das aves migratórias, bem como através de visitantes humanos.

“Através do abuso dos antibióticos, a dispersão de fezes e a contaminação da água potável, acelerámos a velocidade a que as super-bactérias evoluem: face a uma nova droga desenvolvida, as bactérias podem adaptar-se rapidamente a ela”, explicou um dos autores do estudo, David Graham, citado em comunicado.

Os cientistas advertem que a disseminação global do blaNDM-1, tal como outros genes resistentes, configuram uma preocupação crescente, uma vez que estão associados a nove das principais classes de antibióticos, que incluiu, por exemplo, os aminoglicosídeos ou macrolídeos, utilizados para tratar várias infeções.

“A invasão de áreas como o Ártico reforça a velocidade e a extensão da disseminação da resistência aos antibióticos, confirmando que as soluções para a resistência a antibióticos devem ser vistas em termos globais e não locais”, considerou.

“O que os humanos fizeram através do uso excessivo de antibióticos em escalas globais é acelerar o ritmo da evolução, criando um novo mundo de cepas resistentes que nunca existiram antes”, sustentou o investigador.

Segundo a co-autora da investigação, Clare McCann, para “ganhar esta luta” é necessário “entender todos os caminhos que levam à resistência aos antibióticos”. O investigador acrescentou ainda que “a melhoria da gestão de resíduos e da qualidade da água em escala global é um passo fundamental”.

“Este estudo revela que, mesmo num dos ambientes mais intocados, há uma acumulação de resistência aos antibióticos do solo devido ao movimento microbiano global que foi acelerado pelos seres humanos e, que por sua vez terá um impacto sobre a saúde humana global”, concluiu Yong-Guan Zhu, outro dos investigadores.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas explicam porque trabalhar à noite faz mal aos intestinos

As pessoas que trabalham à noite têm mais probabilidades de desenvolver inflamações intestinais, porque há células que contribuem para a saúde intestinal que deixam de receber informações vitais do cérebro, indica um estudo divulgado esta …

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNI's são verdadeiros (e não era suposto ninguém saber)

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público. As imagens que apareceram pela primeira vez online em …

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …