26 anos depois dos brutais crimes, genealogia genética e chiclete ajudam a condenar DJ

Raymond Charles Rowe foi preso esta terça-feira depois de amostras de ADN recolhidas de uma garrafa de água e de uma chiclete mascada o terem ligado ao assassinato da professora Christy Mirack, em 1992.

Esta terça-feira, Raymond Charles Rowe, um famoso DJ norte-americano, confessou ter violado e estrangulado, em 1992, uma professora de 25 anos, no seu apartamento em Lancaster. Em tribunal, olhos nos olhos com a família da vítima, Rowe lamentou o sucedido. “Sinto muito. Eu não consigo imaginar a dor que estão a sentir.”

O caso frustrou durante muito tempo os investigadores, até que as autoridades que analisaram o ADN da cena do crime usaram um banco de dados genealógico, disponível ao público, e identificaram a meia-irmã do suspeito. Desta forma, conseguiram chegar até Raymond Charles Rowe, que vivia a poucos quilómetros do lugar onde ocorreu o crime.

Disfarçados, os detetives conseguiram obter uma amostra de ADN através da recolha de uma garrafa de água usada por Rowe e uma chiclete mascada, numa escola onde o DJ tocou no ano passado. Depois disso, compararam o ADN recuperado do tapete da casa da vítima, Christy Mirack.

“Se não fosse a tecnologia moderna e a intervenção divina, provavelmente continuarias em Lancaster, deleitado com a tua fama”, disse o irmão da professora, Vince Mirack, ao réu durante a audiência.

O assassinato ocorreu quatro dias antes do Natal, destruindo o espírito natalício daquela família. “Levaste a nossa Christy. Só espero que o resto da tua vida seja tão doloroso como os últimos 26 anos foram para a minha família”, continuou Vince.

Segundo os investigadores, o colega de Christy Mirack abandonou o apartamento cerca de quinze minutos antes de Rowe ter forçado a entrada. “Mesmo tendo ficado surpresa com a visita inesperada, Christy não deixou de lutar pela sua vida“, afirmou o procurador Craig Stedman, citado pela AP News.

A vítima fora espancada com uma tábua de madeira encontrada perto do seu corpo, estrangulada com a sua própria camisola e violada. A mandíbula estava partida e a autópsia encontrou ferimentos no pescoço, nas costas, no peito e no rosto.

A diretora da escola onde Mirack dava aulas suspeitou das constantes ausências da professora e foi a casa dela, tendo sido a primeira pessoa a encontrar a vítima no chão. Os investigadores não sabem, porém, se Mirack e Rowe se conheciam nem tampouco as motivações do crime.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Fim das taxas moderadoras custa mais de cem milhões de euros por ano

O diploma aprovado, na última semana, no Parlamento para acabar com a maioria das taxas moderadoras vai custar ao Estado mais de cem milhões de euros por ano. O projeto de lei do Bloco do Esquerda …

Tancos. Detetada discrepância na listagem de lança-granadas

O CDS alega diferenças entre as listas comunicadas pelo Exército e entregues pela Polícia Judiciária Militar ao Ministério Público e quer alterar relatório final sobre Tancos. O CDS alegou existir uma diferença de 80 lança-granadas …

Rio defende inocência de Álvaro Amaro e critica julgamentos na praça pública

O presidente do PSD defendeu esta segunda-feira, em Viana do Castelo, o respeito pelo princípio de presunção de inocência para todos os portugueses e criticou julgamentos "na praça pública", referindo-se ao processo que envolve o …

Campanha para ajudar Miguel Duarte já angariou mais de 30 mil euros

A campanha de crowdfunding para ajudar Miguel Duarte, acusado pela justiça italiana de auxílio à imigração ilegal, já angariou quase 30 mil euros. Para surpresa de Miguel Duarte, o objetivo inicial da campanha de crowdfunding lançada no …

Misteriosas ilhas artificiais na Escócia são mais antigas que Stonehenge

Arqueólogos da Universidade de Southampton, que trabalharam com colegas da Universidade de Reading e com o arqueólogo local Chris Murray, descobriram que alguns "crannogs" escoceses datam do período neolítico - muito mais antigos do que …

Greves da Soflusa e Transtejo desconvocadas

A secretária-geral e responsável pela comunicação da Soflusa, Margarida Perdigão, confirmou esta segunda-feira que as greves da empresa de transportes foram desconvocadas. As greves tinham início marcado para terça-feira. Os sindicatos assinaram um protocolo que vai …

ONG pede investigação sobre a morte do ex-presidente do Egito Mohamed Morsi

A organização não-governamental Human Rights Watch pediu uma investigação sobre o acesso à assistência médica e aos alegados maus tratos sofridos ao longo dos anos por parte do ex-presidente do Egito Mohamed Morsi, que morreu …

Os golfinhos formam amizades porque partilham os mesmos interesses

No que diz respeito a criar laços de amizade, parece que os golfinhos são mais parecidos connosco do que imaginávamos. O comportamento homófilo desempenha um papel central na formação das amizades humanas, uma vez que os …

Neozelandês que partilhou vídeo do massacre de Christchurch condenado a 21 anos de prisão

Um neozelandês foi esta terça-feira condenado a 21 meses de prisão por ter partilhado o vídeo que o alegado autor do ataque em março contra duas mesquitas de Christchurch, que fez 51 mortos, transmitiu em …

Michel Platini detido por suspeitas de corrupção

Michel Platini foi detido, esta terça-feira, em Nanterre, nos subúrbios de Paris, pela polícia judiciária durante investigação sobre alegada corrupção na organização do Campeonato do Mundo de 2022, no Qatar. De acordo com a Mediapro, o …