Gémeas de 10 anos viviam presas em garagem sem ir à escola. Pais queixam-se de falta de ajuda

A PSP deteve um casal na Amadora que é suspeito de manter as filhas gémeas de 10 anos presas numa garagem, em condições desumanas e sem irem à escola. Os pais de 51 e 34 anos queixam-se da falta de ajuda das instituições.

O Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) refere que as duas crianças, irmãs gémeas de 10 anos, viviam em condições “deploráveis e sem salubridade”, presas numa garagem sem janelas e expostas a violência física e psicológica.

Em comunicado, o Cometlis refere que as duas crianças “andavam mal vestidas, que não iam à escola e que presenciavam agressões físicas e psicológicas entre os pais”.

A detenção dos pais, um homem de 51 anos e uma mulher de 34, ocorreu na passada quarta-feira, 14 de Agosto, na sequência de de uma investigação policial. São suspeitos de dois crimes de violência doméstica, tendo sido presentes ao Tribunal de Instrução Criminal da Amadora, para primeiro interrogatório judicial. Ficaram em liberdade com Termo de Identidade e Residência.

Entretanto, as duas crianças, em articulação com a EMAT (Equipas Multidisciplinares de Apoio Técnico aos Tribunais) da Amadora, foram retiradas aos pais e acolhidas numa residência de acolhimento temporário.

“Tentamos pedir ajuda e sempre nos recusaram”

No interior da garagem onde viviam as gémeas com os pais, além de lixo acumulado, haveria muitos gatos e cães e nem sequer uma casa de banho. O pai assumiu na SIC que para tomarem banho tinham que aquecer a água no micro-ondas e lavar-se num alguidar.

O electricista de automóveis contou à CMTV que viviam na garagem “para não dormir debaixo da ponte”, queixando-se da falta de resposta das autoridades aos pedidos de ajuda que diz ter feito.

“Estávamos à espera que alguma entidade nos viesse ajudar”, referiu o homem, frisando que não acredita que as filhas lhe sejam retiradas definitivamente. “As instituições não podem ser só para nos prejudicar, têm que ser para nos informarem e estarem ao nosso lado”, apontou ainda, garantindo que “nunca faltou nada” às filhas, “nem amor de família”.

O pai afirmou ainda que não conseguiu inscrever as filhas na escola “por falta de documentação”, pois não teriam o Cartão de Cidadão. “Tentamos pedir ajuda e sempre nos recusaram”, garantiu, lamentando que tinha “dificuldades em sustentar a família”, mas assegurando que as crianças eram alimentadas.

A mãe das crianças frisou, também em declarações à CMTV, que pediram ajuda na Junta de Freguesia e na Segurança Social sem terem obtido resposta.

A mulher confirmou ainda que houve uma denúncia de violência doméstica por alegadas agressões do marido contra ela no passado, altura em que a Comissão de Protecção de Menores acompanhou a família. Mas ao cabo de algum tempo, terá deixado de a supervisionar, concluiu.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Orçamento da UE. Proposta agrava corte de Portugal na coesão em 2 mil milhões

A proposta do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, prevê um corte de 2 mil milhões de euros no envelope da coesão para Portugal. Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia iniciaram esta …

Russos atormentam Estados Unidos outra vez. Presidenciais são o alvo

Os serviços secretos norte-americanos estão convencidos de que os russos estão, novamente, a tentar influenciar as presidenciais daquele país. Faltam nove meses para as eleições presidenciais norte-americanas, mas já há suspeitas de que os russos estão …

Processo obscuro e pouco transparente. Expansão do Metro do Porto cria mal-estar

O alargamento do Metro do Porto está a criar mal-estar entre algumas autarquias da área Metropolitana do Porto. Os autarcas falam num processo obscuro e pouco transparente. O protocolo para consolidação da expansão da rede de …

Barcelona contrata jogador com o mercado fechado (mas Leganés não pôde fazer o mesmo)

O Barcelona foi autorizado a contratar um jogador com o mercado fechado, mas o pedido do Leganés foi rejeitado. O clube perdeu Braithwaite para o clube catalão. O FC Barcelona anunciou, esta quinta-feira, a contratação do …

Portugueses gastam 160 euros por ano na "epidemia das raspadinhas". 11 vezes mais do que os espanhóis

De acordo com um estudo recente, há cada vez mais pessoas a chegarem aos consultórios médicos com a doença do jogo patológico desencadeada pela raspadinha. Num artigo científico publicado na The Lancet, Pedro Morgado e Daniela …

Direita chega ao jogo das comissões no MB Way. PSD e Chega juntam-se ao PS

O PSD quer alargar serviços dentro das contas de baixo custo e incluir transferências via a aplicação da SIBS. O Chega quer eliminar custos nessas transações. Depois da esquerda, é a vez da direita marcar terreno …

Fãs de Kobe Bryant em luto estão a deixar flores na sepultura errada

Numa tentativa de prestar homenagem ao ex-basquetebolista, vários fãs de Kobe Bryant em luto estão a deixar flores na sua sepultura. O problema é que o têm na campa de outra pessoa. Quase um mês depois …

Precários das escolas ganham menos 170 euros por mês ao entrarem nos quadros

Nas escolas, os psicólogos que passem a efetivos através do PREVPAP passam a ganhar menos 170 euros por mês. Há outros trabalhadores na mesma situação. Os psicólogos precários que trabalham em escolas passam a ganhar menos …

Numa Liga Europa "aportuguesada", o Sporting foi o único a rugir

O Sporting foi a única equipa portuguesa a conseguir vencer nos 16-avos-de-final da Liga Europa. Benfica, FC Porto e SC Braga saíram derrotados dos seus respetivos jogos. A Liga Europa é casa dos emblemas portugueses esta …

Suspensão de voos para a Venezuela vai custar 10 milhões à TAP. "Quem vai pagar a conta?"

O presidente da TAP está preocupado com as consequências da suspensão dos voos para a Venezuela. "Quero saber que vai pagar essa conta." O presidente executivo da TAP, Antonoaldo Neves, disse esta quinta-feira que a suspensão …