Os gatos atuais são muito maiores do que os seus primos Vikings

Muitos animais encolhem quando se tornam domesticados – o cão é cerca de 25% menor do que o seu primo selvagem, o lobo cinzento, por exemplo. Mas algo curioso parece ter acontecido aos gatos durante a era Viking: ficaram maiores.

Todos os gatos domesticados são descendentes do gato selvagem do Oriente Próximo (Felis silvestris lybica), um diminuto felino albino que ainda existe nos desertos do Médio Oriente.

Cientistas da Noruega e da Dinamarca fizeram uma análise dos restos de esqueletos de gatos encontrados em vários sítios arqueológicos em todo o território dinamarquês e descobriram que o tamanho deste animal cresceu com o tempo. O estudo foi publicado no início de novembro na revista Danish Journal of Archaeology.

Os investigadores descobriram que as primeiras descobertas de gatos domésticos na Dinamarca datam da chamada Idade do Ferro Romana (1-375 d.C), quando ainda eram bastante escassos. O seu número cresceu consideravelmente “desde a era Viking (850-1050 d.C), embora principalmente em contextos urbanos e relacionados com a produção de peles”.

Nos tempos medievais, os gatos tornaram-se animais de controlo de pragas na Dinamarca em assentamentos rurais, em propriedades imponentes e em cidades em expansão, onde numerosas pilhas de lixo atraíam roedores.

Antes de chegar à conclusão de que os gatos domésticos aumentaram significativamente desde a era Viking, os autores do estudo analisaram a evolução do tamanho dos gatos domésticos ao longo do tempo através de medições ósseas e análises estatísticas.

Julie Bitz-Thorsen removeu meticulosamente centenas de crânios de gatos, fémures, tíbias e outros ossos de sacos de ossos mistos de cães, cavalos e vacas armazenados no Museu Zoológico de Copenhaga.

Os restos abrangeram mais de dois mil anos, começando no final da Idade do Bronze e terminando nos anos 1600. Muitos vieram de poços onde os vikings deixaram as carcaças de gatos depois de remover as suas peles.

O estudo provou que os ossos das extremidades e mandíbulas experimentaram um aumento de até 16% nos felinos modernos, enquanto os dentes são pelo menos 5,5% maiores, de acordo com a revista Science.

Os cientistas supõem que este aumento de tamanho – típico em animais domésticos – é devido às melhores condições de vida dos gatos modernos: “a disponibilidade de alimentos e uma possível mudança no uso humano de gatos, de um apanhador de ratos para um animal de estimação bem alimentado e bem conservado”.

Apesar de maior magnitude atual, os gatos domésticos mantiveram muitas características osteológicas indistinguíveis de seu progenitor selvagem.

O estudo concentrou-se apenas em gatos dinamarqueses, de modo que as descobertas podem não ser generalizadas em relação a outras partes do mundo. No entanto, um estudo de 1987 de uma coleção de ossos de gato da Alemanha reforça a ideia de que os gatos domésticos da idade medieval eram menores que os animais de estimação modernos.

MC, ZAP // RT

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Álbum póstumo com novas canções de Leonard Cohen lançado hoje

O álbum "Thanks for the Dance", de novas canções do músico Leonard Cohen, vai ser lançado esta sexta-feira a nível mundial, três anos depois da morte do artista canadiano. Com nove faixas, o disco resulta do …

Tesouro viking que poderia reescrever a História foi roubado

Dois homens encontraram um tesouro viking avaliado em três milhões de libras (cerca de 3,5 milhões de euros) que podia fornecer novas informações sobre a criação de Inglaterra como um único reino. George Powell e Layton …

Menos uma estrela Michelin. Restaurante São Gabriel vai fechar

O restaurante São Gabriel, em Almancil, com uma estrela Michelin, vai encerrar, depois de ter sido vendido, anunciou através das redes sociais o seu chefe executivo, Leonel Pereira. Numa publicação na sua página do Facebook, o …

Há um mapa que revela os "labirintos" de Titã, a maior lua de Saturno

O primeiro mapa que mostra a geologia global da maior lua de Saturno, Titã, foi concluído e revela completamente um mundo dinâmico de dunas, lagos, planícies, cratera e outros terrenos. Titã é o único corpo planetário …

Cabify deixa de operar em Portugal a partir de 30 de novembro

A Cabify, que estava no mercado português desde 2016, vai deixar de operar em Portugal a partir do próximo dia 30 de novembro. "Queremos partilhar consigo que o próximo dia 30 de novembro será o nosso …

Presidente da federação russa de atletismo suspenso por obstruir investigação

O presidente da federação de atletismo da Rússia e outros seis elementos da federação foram, esta quinta-feira, suspensos, devido a irregularidades relacionadas com uma investigação antidoping. O presidente da federação de atletismo da Rússia, Dmitri Shliajtin, foi …

Avó e tios do bebé deixado no lixo estão a tentar a guarda da criança

O embaixador de Cabo Verde em Portugal explicou, esta sexta-feira, que a mãe e os irmãos da cabo-verdiana suspeita de abandonar o filho num ecoponto estão a tentar obter a guarda da criança por acreditarem …

Esta tecnologia de edição de genoma pode mudar o mundo (mas o seu criador tem receio disso)

A inovação de Kevin Esvelt tem potencial para ser usada tanto para o bem como para o mal. Os perigos que pode advir dela, deixam o biólogo reticente em relação a esta tecnologia, que também …

Governo quer "conciliação" entre tribunais criminais e de família em casos de violência doméstica

O Governo quer que os juízes de instrução possam determinar simultaneamente as medidas de coação a um agressor em contexto de violência doméstica e as medidas provisórias relativas às crianças, seja de promoção e proteção …

Sp. Braga critica autarquia por transmitir jogo do Flamengo em ecrã gigante

O Sporting de Braga acusou a Câmara Municipal de Braga de desrespeitar o clube e os seus adeptos por colaborar na organização da transmissão da final da Taça dos Libertadores de futebol, entre Flamengo e …