Galp entra no polémico projecto da mina do Barroso e garante metade do seu lítio

Savannah Resources / ASMAA

Mina de lítio do Barroso

A Galp vai adquirir 10% do projecto de exploração de lítio da Mina do Barroso, em Montalegre, por 6,4 milhões de dólares (5,26 milhões de euros). O acordo assinado com a Savannah Resources implica que a Galp ficará com metade da produção de lítio.

A Galp adquire “uma posição de 10% do capital nas subsidiárias portuguesas da Savannah que detêm a Mina do Barroso por 6,4 milhões de dólares [5,26 milhões de euros]”, anuncia a empresa mineira australiana num comunicado enviado à bolsa de Londres.

O valor “vai ser usado para dar continuidade aos trabalhos com vista ao estudo definitivo de viabilidade do projecto, após as devidas autorizações e a conclusão dos acordos definitivos com vista à parceria”, aponta ainda o documento.

“A presença e a experiência estratégicas da Galp no sector energético português e europeu serão uma significativa mais-valia para levar o projecto até à fase de produção”, considera também a Savannah Resources.

Além da aquisição de 10% do capital que permite à Galp entrar na administração da mina, a empresa de combustíveis assegura a participação em metade da produção de lítio da mina.

“A Galp e a Savannah vão avaliar, em regime de exclusividade, um contrato de offtake para até 100.000 toneladas de concentrado de lítio da Mina do Barroso, equivalendo a aproximadamente 50% da produção anual”, destaca-se no comunicado da empresa australiana.

Promotores falam de “convincentes benefícios”, mas população discorda

O director executivo da Savannah, David Archer, fala da Galp como “um potencial investidor e um futuro parceiro estratégico“, notando que se trata de uma das “empresas europeias lideres no espaço da energia e das renováveis” e que tem um compromisso com a “transição energética”, além de possuir “a riqueza da experiência no desenvolvimento de projectos de grande escala”.

“Acreditamos que a baixa pegada de carbono do concentrado de lítio da Mina do Barroso fornecerá uma base fundamental para a transição energética da Europa para o sector eléctrico de mobilidade”, destaca ainda Archer.

“A Mina do Barroso vai fornecer uma série de convincentes benefícios económicos, sociais, demográficos e ambientais para a região do projecto, para Portugal e para a Europa”, destaca também o responsável da Savannhah, considerando que será “um catalizador para o desenvolvimento” no nosso país de “potenciais novas indústrias no meio e a montante do ecossistema de baterias de íon-lítio” do Velho Continente.

O projecto tem sido alvo de duros protestos das populações locais e de autarcas da zona, com críticas de que vai afectar as produções agrícolas, de criação de gado e de apicultura numa região que está classificada como Património Agrícola Mundial.

A mina a céu aberto deve produzir mais de um milhão de toneladas de minerais por ano, o que será suficiente para fabricar baterias para 250 a 500 mil carros anualmente.

  Susana Valente, ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …