O galês que perdeu 83 milhões em bitcoins vai escavar um aterro para os encontrar

O galês James Howells vai iniciar, no próximo ano, uma verdadeira caça ao tesouro. O britânico vai escavar um aterro, em Newport, no País de Gales, onde diz estar um disco rígido com cerca de 83 milhões de euros em bitcoins.

O caso remonta a 2009, altura em que James Howells tinha minado 7.500 Bitcoin no seu computador portátil, logo após a moeda digital ter sido lançada e ainda muito antes de se tornar o que é hoje.

Com o passar do tempo, o computador de James Howells acabou por ser desmontado e vendido às peças no eBay. O portátil tornou-se obsoleto com o passar dos anos, mas Howells decidiu guardar o disco rígido, numa gaveta. Até 2013.

Nesse ano, quando mudava de casa, o disco rígido acabou por ser deitado fora por engano. Desde então, o disco rígido permanece enterrado num aterro em Newport, no país de Gales.

Agora, o galês espera a autorização das autoridades municipais para escavar o aterro e recuperar a sua fortuna, enterrada há quase cinco anos. Enquanto não obtém permissão, Howells está a estudar o orçamento necessário para realizar a sua caça ao tesouro, no qual estarão incluídos custos com profissionais, equipamentos e segurança.

Apesar de garantir que consegue determinar de forma aproximada a localização do seu disco rígido, pelo tempo que passou desde que foi enterrado, Howells admite que este é um trabalho perigoso. Escavar um aterro implica ter que lidar com a emissão de gases e outros materiais tóxicos, além do risco de incêndio.

De acordo com o CanalTech, as autoridades municipais de Newport ainda não se pronunciaram acerca do pedido de autorização, pelo que ainda não confirmaram (nem negaram) uma possível aprovação.

O galês tem consciência de que este é um projeto que envolverá muito trabalho e muito dinheiro. Enterrados estão 83 milhões, dinheiro mais do que suficiente para cobrir os custos relacionados com a escavação e com eventuais processos legais, multas e punições, caso Howells esteja disposto a avançar com a escavação, mesmo sobrepondo-se à lei.

Howells não é o primeiro a esgravatar lixo à procura de algo valioso. Mas nunca ninguém o fez à espera de encontrar, literalmente, milhões.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Câmara de Lisboa admite que SMS da EMEL foi uma situação "excecional"

A Proteção Civil municipal "considerou relevante" utilizar a base de dados da EMEL para enviar a SMS sobre os riscos da tempestade Leslie, "dada a necessidade de alertar o maior número de pessoas", revelou o …

China diz que campos de reeducação no Xinjiang servem para "treinos vocacionais"

O governador da região do Xinjiang, extremo noroeste da China, descreveu hoje o internamento massivo de membros da minoria étnica chinesa de origem muçulmana uigure como um "sistema de formação" que "salva" do extremismo religioso. Shohrat …

Rio acusa Governo de "partidarização" ao escolher Galamba para secretário de Estado

O presidente do PSD, Rio Rio, acusou esta segunda-feira o Governo de estar a “partidarizar a pasta da Energia”, reagindo a notícias que dão conta de que o deputado do PS João Galamba é o …

Encontrado vestígio de vida animal mais antigo de sempre

Investigadores da Universidade da Califórnia afirmam ter descoberto o vestígio mais antigo de vida animal conhecido, de formas de vida que existiram há mais de 635 milhões de anos. O estudo publicado esta segunda-feira na revista …

Inundações no sul de França fazem 12 mortos

O número de mortos nas inundações na zona de Carcassonne, na região de Aude, no sudoeste de França, subiu para 12, anunciaram nesta segunda-feira as autoridades, referindo que há uma pessoa desaparecida. O primeiro-ministro francês, Édouard …

Ursos polares famintos estão a comer baleias (e isso ajuda-os a sobreviver ao aquecimento)

Há mais de um ano, ursos polares reuniram-se num ilha ao largo da costa norte da Sibéria para devorar uma baleia morta. Um estudo recente defende que, no passado geológico, os ursos polares podem ter …

Morreu Paul Allen, cofundador da Microsoft

Paul Allen, cofundador da Microsoft, morreu com 65 anos durante a tarde desta segunda-feira, anunciou a sua empresa, a Vulcan Inc, em nome da família.  Paul Allen tinha retomado recentemente tratamentos contra um linfoma não-Hodgkin, diagnosticado …

Todas as missões da NASA deveriam procurar vida extraterrestre

A procura por sinais de vida alienígena deve fazer parte de todas as missões futuras da NASA. A organização deve expandir o seu leque sobre possíveis sinais extraterrestres, de forma a conseguir identificá-los, aponta um …

Cientistas alcançam a primeira aceleração de eletrões em ondas de plasma

Físicos demonstraram uma nova técnica para acelerar eletrões a energias muito altas em distâncias muito curtas, uma técnica que permitirá alcançar novos avanços na física de partículas a preços mais modestos. O Large Hadron Collider (LHC) …

Casais de ratos do mesmo sexo tiveram crias

Cientistas da Academia Chinesa fizeram nascer crias de ratos de casais do mesmo sexo através de uma nova técnica que utiliza células estaminais modificadas. A nova técnica desenvolvida pelos cientistas chineses mistura células estaminais modificadas que …