Galápagos têm águas ricas em nutrientes (e agora sabemos porquê)

Hostelworld.com

Ilhas Galapagos (Equador)

As Ilhas Galápagos são abençoadas por uma água rica em nutrientes, que oferece alimento a muitas espécies únicas. Agora, uma equipa de investigadores explica este fenómeno.

Cada parte do excecional e distinto ecossistema das Galápagos pode ser rastreada até às suas ricas reservas de algas marinhas. Alguns animais alimentam-se diretamente destas plantas microscópicas, outros alimentam-se desses animais e assim por diante.

Muitas espécies encontradas apenas no arquipélago do Pacífico alimentam-se, também, destas algas.

A abundância de algas – plantas microscópicas conhecidas como fitoplâncton – é o resultado de uma poça de água excecionalmente fria que costuma ser encontrada a oeste das ilhas.

Esta água fria é o resultado de uma ressurgência de águas profundas do oceano, ricas em nutrientes, que é mais fraca durante a estação quente das chuvas (dezembro a maio) e mais forte durante a estação seca de Garúa (maio a novembro).

Cientistas especulam há décadas sobre o que impulsiona esta subida das águas e, na ausência de evidências conclusivas, alguns inferem que é impulsionada por uma corrente que flui para o leste colidindo com as ilhas.

Mas a chave para desvendar o mistério do que causa a ressurgência está na sua forte sazonalidade. Primeiro, cientistas descobriram que a frieza da água a oeste das ilhas está associada à força dos ventos locais para o norte. Isto está em marcante contraste com a ressurgência mais fraca que ocorre em todo o Oceano Pacífico equatorial mais amplo, que é sustentada pela força dos ventos predominantes de oeste.

Mas como é que esses ventos do norte impulsionam uma forte ressurgência localizada ao redor das Galápagos? Uma equipa de investigadores explorou esta questão para um estudo agora publicado na Scientific Reports, no qual usou um modelo de computador realista e de alta resolução da circulação oceânica na região.

O oceano foi modelado no seu estado médio anual típico para fatores como temperatura, salinidade e velocidade da água, e depois “forçado” com mudanças de seis horas no vento atmosférico, radiação, precipitação e evaporação com base em observações reais.

Para sua surpresa, este modelo muito simplificado foi capaz de reproduzir de perto o ciclo sazonal real da água fria das Galápagos. Uma análise detalhada identificou a intensa mistura turbulenta no oceano como a causa precisa da subida da água.

O que parece estar a acontecer, a oeste das ilhas, é que os ventos do norte estão a soprar nas chamadas frentes oceânicas superiores – essas são faixas de mudanças laterais abruptas na temperatura da água do mar, semelhantes, mas muito menores do que as frentes atmosféricas nos mapas meteorológicos.

Quando o vento atinge as frentes, mistura a água quente da superfície com as águas mais frias abaixo, e provoca uma nova circulação abaixo da superfície, que atrai água ainda mais fria das profundezas do oceano.

A ressurgência da água fria é altamente produtiva, uma vez que mais nutrientes significam mais fitoplâncton, o que significa mais peixes, e assim por diante. O sucesso reprodutivo da foca-marinha de Galápagos, do pinguim de Galápagos, do corvo marinho e de muitas outras espécies endémicas depende muito dessa ressurgência.

PARTILHAR

RESPONDER

Guarda de Honra ao Sporting? Jesus já foi "campeão três vezes" e nunca teve

Hoje é dia de dérbi na capital, mas o Benfica não vai fazer a Guarda de Honra ao campeão Sporting. É o treinador Jorge Jesus quem o diz, considerando que não é tradição no futebol …

Portugal permite entrada de turistas de quase toda a Europa (e não apenas do Reino Unido)

Na sexta-feira, fonte governamental revelou que as viagens não essenciais de e para o Reino Unido vão ser permitidas a partir de segunda-feira, bastando apresentar um teste negativo para a covid-19 realizado nas 72 horas …

FC Porto "pesca" em Paços de Ferreira. Há dois reforços a caminho do Dragão

O FC Porto já prepara a próxima época e há dois jogadores do Paços de Ferreira na órbita do Dragão. Bruno Costa e Eustáquio, a dupla que brilhou no meio-campo dos pacenses nesta temporada, vão …

Para já só 180 trabalhadores aceitaram acordo com a TAP. Discórdia pode levar a despedimento coletivo

A TAP já chegou a acordo com 180 pessoas na última fase do programa de medidas voluntárias. A expectativa da companhia é que saiam cerca de 500 trabalhadores, que se irão juntar às adesões contabilizadas …

Número de nascimentos em janeiro e fevereiro foi o mais baixo desde que há registos

Janeiro e fevereiro de 2021 tiveram os números mensais de nascimentos mais baixos desde que há registos, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE). Em janeiro nasceram com vida 5912 crianças (menos 19,3% que em janeiro …

China pousa pela primeira vez uma nave em Marte

A China anunciou este sábado que pousou com sucesso a sua primeira nave espacial na superfície de Marte, avançou a agência estatal Xinhua citando a Administração Espacial Nacional da China. Ao pousar na planície Utopia, no …

Garrafas de água, sumo e latas de cerveja podem vir a ter uma taxa até 15 cêntimos

O preço de embalagens de água, sumos ou cerveja vai passar, em 2023, a vir acompanhado de uma taxa de depósito. O valor da tara deve variar entre os 5 e os 15 cêntimos. Como noticia …

Banco Montepio passa de lucros a prejuízos de 15,9 milhões no primeiro trimestre

O Banco Montepio registou prejuízos de 15,9 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano em comparação com lucros de 5,4 milhões no mesmo período do ano passado, foi divulgado esta sexta-feira ao mercado. De acordo …

Aviso da PSP a negar festejos em Alvalade andou “perdido” na CML. Medina sacode responsabilidades

O Sindicato dos Oficiais da PSP garante que município foi “redundantemente alertado” para entendimento de que devia ser recusada colocação de ecrãs gigantes junto a Alvalade. Contudo, a autarquia diz não ter informado os promotores …

Metrópole no Camboja medieval. Estudo mostra quantas pessoas viveram no Império de Angkor

Um novo estudo arqueológico mostra quantas pessoas viveram no antigo Império de Angkor ao longo do tempo. A população era comparável à da Roma antiga. Quão grandes eram as antigas cidades? No seu auge, há cerca …