Funcionárias que denunciaram maus tratos em instituição foram suspensas

4

A direção da Casa dos Rapazes de Viana do Castelo decidiu suspender as duas funcionárias que denunciaram maus tratos no lar de infância e juventude.

De acordo com o Público, as duas funcionárias que denunciaram maus tratos na Casa dos Rapazes foram suspensas de funções no final de outubro, enquanto que os cinco arguidos foram mantidos no ativo.

A instituição destinada a acolher crianças e jovens em situação de perigo justificou a decisão alegando que as funcionárias não cumpriam ordens nem instruções, provocavam conflitos e desentendimentos entre os órgãos da direção e não eram leais ao empregador.

O mal estar na instituição ter-se-à instalado quando as educadoras criticaram as “práticas de contenção comportamental” que envolviam violência psicológica ou física. As educadoras suspensas terão ainda dito aos rapazes que a forma como tinham sido tratados era inaceitável.

O caso dos maus tratos foi tornado público através de vídeos, fotografias e relatos que demonstravam que alguns alunos eram vítimas de violência verbal, emocional ou mesmo física, como castigo para a experimentação sexual dos rapazes e com outros comportamentos considerados desviantes.

O Ministério Público recebeu uma queixa por parte de um cidadão em abril. A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens remeteu as queixas para o MP e para o centro distrital da Segurança Social. Já em Junho, as duas educadoras apresentaram uma denúncia, anexando cerca de 40 documentos discriminatórios.

Na sequência das denúncias, quatro rapazes foram transferidos e cinco dos funcionários foram constituídos arguidos e sujeitos a interrogatório judicial.

  ZAP //

4 Comments

  1. Conclusão foi penalizado quem denunciou os maus tratos e não quem os infligiu!!! É isto a Liberdade, a Democracia? Só se for da MENTIRA e da HIPOCRISIA.

  2. Espero que esta suspensão indevida seja acrescentada ao rol de crimes cometidos e que os responsáveis sejam devidamente punidos por todos eles.

  3. Então mas esta instituição não deveria estar fechada ?, ou pelo menos não deveriam tirar de lá as pessoas que dirigem a mesma e os funcionários que maltrataram os jovens? espera tiraram quem fez a denúncia, claro.
    Como sempre neste pais os crimes compensam e os crimes contra crianças e jovens que infelizmente estão nestas instituições sem terem pedido para lá estar, são muitos e o Estado não quer saber, não protege estas crianças que estão fragilizadas e precisam de todo o apoio e de serem bem tratadas, já basta estarem longe da familia e dos amigos.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.