França vai continuar a fechar mesquitas extremistas e a expulsar imãs

valstskanceleja / Flickr

O ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve

O ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve

O ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, afirmou esta segunda-feira que as autoridades vão continuar a encerrar mesquitas extremistas e, nos casos em que os imãs sejam estrangeiros, a expulsá-los de França.

“Não há lugar em França para os que apelam ao ódio”, disse o ministro à imprensa, depois de um encontro com responsáveis do Conselho Francês do Culto Muçulmano (CFCM), no âmbito da luta contra o terrorismo.

“Fechámos duas dezenas de mesquitas e espaços de oração e haverá outros, tendo em conta as informações de que dispomos”, prosseguiu, precisando ainda que foram emitidas cerca de 80 ordens de expulsão contra imãs estrangeiros e que há “várias dezenas” de casos em avaliação.

Cazeneuve anunciou, por outro lado, esperar que em outubro esteja finalizado o novo quadro institucional de enquadramento do culto muçulmano.

O novo quadro deverá levar à criação de “uma fundação” para financiar centros de culto, que atualmente recebem em muitos casos fundos de países estrangeiros, como a Arábia Saudita, e são instados a seguir uma linha religiosa ultra conservadora e contrária aos valores da República Francesa.

O ministro frisou a importância de “garantir a plena transparência do financiamento das mesquitas”.

Outra vertente do quadro em preparação é a formação dos imãs e capelães que ministram nas prisões, para o que foi criado um “conselho teológico”.

Esse conselho, explicou o ministro, será ser integrado por “teólogos de alto nível que, a partir de uma referência precisa, formem os imãs” para que “ensinem um islão (…) compatível com os valores da República”.

O presidente do Conselho Francês do Culto Muçulmano, Anouar Kbibech, precisou que o conselho teológico tem por objetivo combater discursos radicais e estabelecer uma “carta dos imãs” que defina as bases das orações nas mesquitas.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A condescendência e a tolerância em relação às religiões e aos seus cultos acaba, quando os seus sacerdotes e os seus acólitos começam a propagar o ódio e a incentivar a violência e o terrorismo.

RESPONDER

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …

Goa decreta novo confinamento, com Índia a rondar um milhão de casos

Depois de ter aberto portas ao turismo, Goa decreta um novo confinamento de três dias. Registaram-se 198 novos casos nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia. O estado de Goa, …

Tribunal da Concorrência confirma coima de 75 mil euros a Ricardo Salgado

O Tribunal da Concorrência confirmou, esta quinta-feira, a coima de 75 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal a Ricardo Salgado, no caso do financiamento do Grupo Alves Ribeiro (GAR) para compra de ações da …

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …

Tânia já pode abraçar os filhos. Livrou-se do coronavírus ao 16º teste após 4 meses isolada

A algarvia Tânia Poço foi, finalmente, dada como "curada" de covid-19 após quatro meses de confinamento. Aquele que terá sido o caso mais prolongado da infecção em Portugal, chegou ao fim com o 16º teste …