Foto inédita captou uma leoa a amamentar um bebé leopardo

Joop van der Linde / Ndutu Safari Lodge / Facebook

Foto inédita registou uma leoa a dar de mamar a cria de leopardo na Tanzânia.

Foto inédita registou uma leoa a dar de mamar a cria de leopardo na Tanzânia.

“Um caso verdadeiramente único!” É assim que os especialistas de felinos selvagens avaliam as imagens inéditas captadas por um turista, na Tanzânia, que mostram um bebé leopardo a mamar numa leoa de 5 anos.

A foto que está a ser notícia por todo o mundo foi tirada por um hóspede de um alojamento para turistas de safaris, em plena Área de Conservação do Ngorongoro, na Tanzânia.

O holandês Joop van der Linde captou o momento em que a leoa Nosikitok, como é conhecida na área, dá de mamar a uma cria de leopardo com três meses de vida.

A imagem foi partilhada pelos responsáveis do alojamento, conhecido como Ndutu Safari Lodge, no Facebook e está a ser replicada em vários jornais de todo o mundo. Não é para menos, pois estamos perante “um caso verdadeiramente único”.

Quem o diz é o presidente da organização de conservação de felinos selvagens Panthera, Luke Hunter, em declarações ao jornal britânico Telegraph.

“Não conheço nenhum outro exemplo de adopção inter-espécies ou de amamentação como este, entre grandes felinos em ambiente selvagem”, refere Hunter.

“Esta leoa é conhecida por ter dado recentemente à luz as suas próprias crias, o que é um factor crítico”, explica ainda o especialista em felinos, que realça que a leoa “está fisiologicamente preparada para cuidar de bebés felinos” e que “os pequenos leopardos têm quase exactamente a idade das suas próprias crias e fisicamente, são muito semelhantes a elas”.

“Ela não amamentaria se não estivesse inundada de uma feroz motivação maternal“, considera Hunter, constatando que “é bastante provável que tenha perdido as suas próprias crias e que tenha encontrado os bebés leopardos quando estava particularmente vulnerável”.

Crias leopardo têm poucas hipóteses de sobrevivência

Mas “as probabilidades estão contra estas pequenas criaturas“, alerta Hunter em declarações à revista National Geographic, salientando que os bebés leopardos têm poucas hipóteses de sobrevivência no seio de uma alcateia de leões. O presidente da Panthera constata que é “muito improvável” que sejam aceites pela alcateia.

“Os leões têm relações sociais muito ricas e complicadas, onde reconhecem indivíduos – através da vista e de rugidos – e por isso, estão muito bem equipados para distinguir as suas crias de outras. Se o resto da alcateia encontrar as crias, é provável que sejam mortas”, explica Hunter no Telegraph.

“Mesmo a exposição prematura à sociedade dos leões não apaga os milhões de anos de evolução que equiparam os leopardos para serem supremos caçadores solitários“, conclui o especialista em felinos.

SV, ZAP //

RESPONDER

Violência doméstica: 18 mulheres assassinadas este ano

18 mulheres foram assassinadas e 23 foram vítimas de tentativa de homicídio em 2017, ano que apresenta a taxa mais baixa de incidência dos últimos 14 anos registada pelo Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA). "É o …

Mais de um mês depois dos incêndios, dois homens continuam desaparecidos

Os incêndios de 15 de outubro fizeram mais de 40 mortos e, mais de um mês depois da tragédia, duas pessoas continuam desaparecidas. A PJ está a cargo das investigações, com o auxílio do Laboratório …

Decisão de mudar Infarmed para o Porto é ilegal

A decisão do Governo de mudar a sede do Infarmed de Lisboa é ilegal porque os trabalhadores não foram consultados sobre este processo. Um dado avançado pelo jornal i quando é certo que mais de …

Caso de legionella identificado em Coimbra

Um homem está internado no Hospital Geral (Covões) do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra com o vírus da legionella, disse à agência Lusa fonte da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC). Segundo a mesma …

O fim do corte no subsídio de desemprego é meu!

Esta quarta-feira, foi aprovado o fim do corte de 10% no subsídio de desemprego, mas o que animou o debate foi a discussão entre PCP e Bloco de Esquerda sobre a proposta que deveria ser …

Governo admite que o preço da água pode subir

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, admitiu esta quinta-feira que o preço da água pode vir a subir, mas garante que as tarifas se vão manter no próximo ano, porque "já estão aprovadas". À …

Puigdemont renuncia à pensão de ex-presidente catalão e não aceita destituição

Carles Puigdemont renunciou à pensão a que tem direito como ex-presidente do governo catalão, não aceitando a sua destituição e considerando que ainda dirige o executivo "legitimo" daquela região espanhola. "O Estado continua a ser uma …

Árbitros “adiam” pedido de dispensa por 20 dias

Os árbitros de futebol, assistentes e estagiários decidiram, esta quarta-feira, entregar os pedidos de dispensa, mas dentro do prazo regulamentar de 20 dias, viabilizando assim a realização da próxima jornada. Em comunicado enviado à agência Lusa …

José Sócrates acusa o Ministério Público de manipulação

De novo no Youtube, o ex-primeiro ministro tem usado a plataforma para falar sobre as acusações de que é alvo. No mais recente vídeo, José Sócrates "desvenda" os truques da acusação. O mais recente vídeo de …

Ninguém consegue explicar os 64 misteriosos estrondos que se ouviram no céu este ano

No dia 14 de novembro, um forte estrondo foi ouvido em toda a região norte do estado do Alabama, nos Estados Unidos. Mas, só este ano, já se registaram 64 episódios semelhantes nos EUA, Reino …