Foto inédita captou uma leoa a amamentar um bebé leopardo

Joop van der Linde / Ndutu Safari Lodge / Facebook

Foto inédita registou uma leoa a dar de mamar a cria de leopardo na Tanzânia.

Foto inédita registou uma leoa a dar de mamar a cria de leopardo na Tanzânia.

“Um caso verdadeiramente único!” É assim que os especialistas de felinos selvagens avaliam as imagens inéditas captadas por um turista, na Tanzânia, que mostram um bebé leopardo a mamar numa leoa de 5 anos.

A foto que está a ser notícia por todo o mundo foi tirada por um hóspede de um alojamento para turistas de safaris, em plena Área de Conservação do Ngorongoro, na Tanzânia.

O holandês Joop van der Linde captou o momento em que a leoa Nosikitok, como é conhecida na área, dá de mamar a uma cria de leopardo com três meses de vida.

A imagem foi partilhada pelos responsáveis do alojamento, conhecido como Ndutu Safari Lodge, no Facebook e está a ser replicada em vários jornais de todo o mundo. Não é para menos, pois estamos perante “um caso verdadeiramente único”.

Quem o diz é o presidente da organização de conservação de felinos selvagens Panthera, Luke Hunter, em declarações ao jornal britânico Telegraph.

“Não conheço nenhum outro exemplo de adopção inter-espécies ou de amamentação como este, entre grandes felinos em ambiente selvagem”, refere Hunter.

“Esta leoa é conhecida por ter dado recentemente à luz as suas próprias crias, o que é um factor crítico”, explica ainda o especialista em felinos, que realça que a leoa “está fisiologicamente preparada para cuidar de bebés felinos” e que “os pequenos leopardos têm quase exactamente a idade das suas próprias crias e fisicamente, são muito semelhantes a elas”.

“Ela não amamentaria se não estivesse inundada de uma feroz motivação maternal“, considera Hunter, constatando que “é bastante provável que tenha perdido as suas próprias crias e que tenha encontrado os bebés leopardos quando estava particularmente vulnerável”.

Crias leopardo têm poucas hipóteses de sobrevivência

Mas “as probabilidades estão contra estas pequenas criaturas“, alerta Hunter em declarações à revista National Geographic, salientando que os bebés leopardos têm poucas hipóteses de sobrevivência no seio de uma alcateia de leões. O presidente da Panthera constata que é “muito improvável” que sejam aceites pela alcateia.

“Os leões têm relações sociais muito ricas e complicadas, onde reconhecem indivíduos – através da vista e de rugidos – e por isso, estão muito bem equipados para distinguir as suas crias de outras. Se o resto da alcateia encontrar as crias, é provável que sejam mortas”, explica Hunter no Telegraph.

“Mesmo a exposição prematura à sociedade dos leões não apaga os milhões de anos de evolução que equiparam os leopardos para serem supremos caçadores solitários“, conclui o especialista em felinos.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Hong Kong: Reforço policial, Parlamento suspenso e escolas fechadas

O Parlamento de Hong Kong foi suspenso, esta quarta-feira, e a segurança foi reforçada na cidade e nos campus universitários, com as escolas a fecharem num momento em que prosseguem os confrontos entre manifestantes e …

Debate quinzenal: Políticas de rendimento, Rio ao ataque com o lítio e a primeira vitória dos pequenos

Os debates quinzenais com o primeiro-ministro regressam esta quarta-feira. António Costa vai abrir o debate com uma intervenção sobre "políticas de rendimento", mas as atenções estão centradas na primeira vitória dos pequenos partidos. As políticas de …

Governo vai propor 635 euros para salário mínimo em 2020. Proposta não agrada patrões

Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, vai apresentar esta quarta-feira na Concertação Social a proposta de aumento para o salário mínimo nacional para 2020, com uma atualização de 35 euros. Esta quarta-feira, …

Novo alvo do Sporting consumia e traficava droga (e tentaram matá-lo seis vezes)

Michael, jogador de 23 anos do Goiás, é alvo do Sporting já neste mercado de transferências de inverno. O brasileiro teve uma adolescência marcada pelo consumo e tráfico de drogas. Aos 23 anos de idade, Michael …

O misterioso monstro Tully acabou de ficar ainda mais misterioso

Uma nova investigação desmente um anterior estudo que argumentava que Tully era um vertebrado. A verdadeira natureza desde "monstro" continua um mistério para a comunidade científica. De vez em quando, os cientistas descobrem fósseis que são …

Vítor Pereira condenado a oito meses de prisão com pena suspensa

O treinador português foi condenado, esta terça-feira, a oito meses de prisão com pena suspensa, na Grécia, por incitamento à violência. Vítor Pereira foi condenado pela justiça grega a oito meses de prisão, com pena suspensa, …

Hospital da Cruz Vermelha pode vir a ser vendido à Santa Casa da Misericórdia

A Cruz Vermelha Portuguesa quer vender o respetivo hospital, em Lisboa, e a Santa Casa da Misericórdia da capital está interessada na aquisição. A Cruz Vermelha acredita que a venda pode acontecer até ao final do …

Tribunal de recurso absolve Benfica de jogo à porta fechada

O Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa absolveu o Benfica das penas de disputar um jogo à porta fechada e do pagamento de uma multa de 56.250 euros, pelo seu relacionamento com grupos organizados de …

Senadora da oposição declara-se Presidente interina da Bolívia. Morales fala no “golpe mais matreiro e nefasto da história”

A senadora da oposição Jeanine Áñez assumiu esta terça-feira a Presidência interina da Bolívia, depois da renúncia de Evo Morales, numa sessão parlamentar que decorreu sem a presença de representares do Movimento para o Socialismo. Segundo …

Cientistas implantaram chip no cérebro de um paciente para ajudá-lo a superar o vício em opióides

West Virginia é o Estado norte-americano com a maior taxa de mortes relacionadas com opióides. Agora, é também o primeiro a usar estimulação cerebral profunda para combater este vício. A Universidade de West Virginia, nos Estados …