Foto inédita captou uma leoa a amamentar um bebé leopardo

Joop van der Linde / Ndutu Safari Lodge / Facebook

Foto inédita registou uma leoa a dar de mamar a cria de leopardo na Tanzânia.

Foto inédita registou uma leoa a dar de mamar a cria de leopardo na Tanzânia.

“Um caso verdadeiramente único!” É assim que os especialistas de felinos selvagens avaliam as imagens inéditas captadas por um turista, na Tanzânia, que mostram um bebé leopardo a mamar numa leoa de 5 anos.

A foto que está a ser notícia por todo o mundo foi tirada por um hóspede de um alojamento para turistas de safaris, em plena Área de Conservação do Ngorongoro, na Tanzânia.

O holandês Joop van der Linde captou o momento em que a leoa Nosikitok, como é conhecida na área, dá de mamar a uma cria de leopardo com três meses de vida.

A imagem foi partilhada pelos responsáveis do alojamento, conhecido como Ndutu Safari Lodge, no Facebook e está a ser replicada em vários jornais de todo o mundo. Não é para menos, pois estamos perante “um caso verdadeiramente único”.

Quem o diz é o presidente da organização de conservação de felinos selvagens Panthera, Luke Hunter, em declarações ao jornal britânico Telegraph.

“Não conheço nenhum outro exemplo de adopção inter-espécies ou de amamentação como este, entre grandes felinos em ambiente selvagem”, refere Hunter.

“Esta leoa é conhecida por ter dado recentemente à luz as suas próprias crias, o que é um factor crítico”, explica ainda o especialista em felinos, que realça que a leoa “está fisiologicamente preparada para cuidar de bebés felinos” e que “os pequenos leopardos têm quase exactamente a idade das suas próprias crias e fisicamente, são muito semelhantes a elas”.

“Ela não amamentaria se não estivesse inundada de uma feroz motivação maternal“, considera Hunter, constatando que “é bastante provável que tenha perdido as suas próprias crias e que tenha encontrado os bebés leopardos quando estava particularmente vulnerável”.

Crias leopardo têm poucas hipóteses de sobrevivência

Mas “as probabilidades estão contra estas pequenas criaturas“, alerta Hunter em declarações à revista National Geographic, salientando que os bebés leopardos têm poucas hipóteses de sobrevivência no seio de uma alcateia de leões. O presidente da Panthera constata que é “muito improvável” que sejam aceites pela alcateia.

“Os leões têm relações sociais muito ricas e complicadas, onde reconhecem indivíduos – através da vista e de rugidos – e por isso, estão muito bem equipados para distinguir as suas crias de outras. Se o resto da alcateia encontrar as crias, é provável que sejam mortas”, explica Hunter no Telegraph.

“Mesmo a exposição prematura à sociedade dos leões não apaga os milhões de anos de evolução que equiparam os leopardos para serem supremos caçadores solitários“, conclui o especialista em felinos.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Novo governo transformou a Áustria no "cinzeiro da Europa"

Muitos países ocidentais - entre os quais Portugal - já baniram o tabaco dos bares e restaurantes. Mas a Áustria nega-se a seguir essa tendência. De acordo com uma lei aprovada em 2015, a Áustria deveria …

Físicos criaram uma nova forma de luz

Cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts e da Universidade de Harvard demonstraram que é possível que dois feixes de luz se encontrem e se fundam num único fluxo luminoso. Se tentarmos cruzar a luz de …

ALMA observa um donut giratório de gás e poeira em redor de um buraco negro supermassivo

Observações de alta resolução com o ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) captaram um toro de gás rotativo e empoeirado em torno de um buraco negro supermassivo ativo. A existência destas estruturas giratórias em forma de donut …

Porto vs Rio Ave | Dragão devolve chapa 5

Vitória esclarecedora do FC Porto na recepção ao Rio Ave. A equipa “azul-e-branca” venceu por 5-0, num jogo em que marcou muito cedo e foi construindo o resultado com eficácia ofensiva e alguma fortuna nos …

Algoritmo descobriu qual a cidade mais verde do mundo

Como podemos saber quis as cidades mais verdes do mundo? Somar os parques e praças? Mapear as zonas arborizadas? E contar o número de árvores plantadas? Uma pesquisa recente do Sensable City Lab, do MIT - Instituto …

Instrumentos cirúrgicos podem espalhar a proteína do Alzheimer

Novas proteínas sugerem que uma das proteínas responsável pelo desenvolvimento da doença poderia ser transmitida a pacientes saudáveis através de materiais cirúrgicos. Um grupo de cientistas descobriu uma nova prova de que a proteína beta-amiloide, implicada …

Três pessoas detidas por fraude bilionária em banco da Índia

Duas pessoas ligadas ao PNB, Banco Nacional do Punjab, e um responsável do grupo financeiro do empresário joalheiro Nirav Modi foram detidos este sábado, acusados de uma fraude de cerca de 1,5 mil milhões de …

Comentários racistas sobre Meghan Markle fazem cair líder de partido

O líder do partido eurocético britânico UKIP, Henry Bolton, foi demitido após uma votação em que os afiliados demonstraram falta de apoio no seguimento de comentários racistas da sua ex-companheira sobre a futura mulher do …

Montenegro abandona o Parlamento e admite disputar liderança do PSD no futuro

O ex-líder parlamentar do PSD Luís Montenegro anunciou que vai deixar o parlamento a 5 de abril, 16 anos depois de ter tomado posse, e prometeu ao partido que poderá no futuro disputar a liderança. "Conhecem …

Os inimigos dos aztecas construíram uma cidade com tantos edifícios como Manhattan

Uma equipa de cientistas realizou uma análise minuciosa de uma antiga cidade, no oeste do México, construída por um povo inimigo dos aztecas: os purepechas. A cidade recebeu o nome de Angamuco e, de acordo com …