Foto inédita captou uma leoa a amamentar um bebé leopardo

Joop van der Linde / Ndutu Safari Lodge / Facebook

Foto inédita registou uma leoa a dar de mamar a cria de leopardo na Tanzânia.

Foto inédita registou uma leoa a dar de mamar a cria de leopardo na Tanzânia.

“Um caso verdadeiramente único!” É assim que os especialistas de felinos selvagens avaliam as imagens inéditas captadas por um turista, na Tanzânia, que mostram um bebé leopardo a mamar numa leoa de 5 anos.

A foto que está a ser notícia por todo o mundo foi tirada por um hóspede de um alojamento para turistas de safaris, em plena Área de Conservação do Ngorongoro, na Tanzânia.

O holandês Joop van der Linde captou o momento em que a leoa Nosikitok, como é conhecida na área, dá de mamar a uma cria de leopardo com três meses de vida.

A imagem foi partilhada pelos responsáveis do alojamento, conhecido como Ndutu Safari Lodge, no Facebook e está a ser replicada em vários jornais de todo o mundo. Não é para menos, pois estamos perante “um caso verdadeiramente único”.

Quem o diz é o presidente da organização de conservação de felinos selvagens Panthera, Luke Hunter, em declarações ao jornal britânico Telegraph.

“Não conheço nenhum outro exemplo de adopção inter-espécies ou de amamentação como este, entre grandes felinos em ambiente selvagem”, refere Hunter.

“Esta leoa é conhecida por ter dado recentemente à luz as suas próprias crias, o que é um factor crítico”, explica ainda o especialista em felinos, que realça que a leoa “está fisiologicamente preparada para cuidar de bebés felinos” e que “os pequenos leopardos têm quase exactamente a idade das suas próprias crias e fisicamente, são muito semelhantes a elas”.

“Ela não amamentaria se não estivesse inundada de uma feroz motivação maternal“, considera Hunter, constatando que “é bastante provável que tenha perdido as suas próprias crias e que tenha encontrado os bebés leopardos quando estava particularmente vulnerável”.

Crias leopardo têm poucas hipóteses de sobrevivência

Mas “as probabilidades estão contra estas pequenas criaturas“, alerta Hunter em declarações à revista National Geographic, salientando que os bebés leopardos têm poucas hipóteses de sobrevivência no seio de uma alcateia de leões. O presidente da Panthera constata que é “muito improvável” que sejam aceites pela alcateia.

“Os leões têm relações sociais muito ricas e complicadas, onde reconhecem indivíduos – através da vista e de rugidos – e por isso, estão muito bem equipados para distinguir as suas crias de outras. Se o resto da alcateia encontrar as crias, é provável que sejam mortas”, explica Hunter no Telegraph.

“Mesmo a exposição prematura à sociedade dos leões não apaga os milhões de anos de evolução que equiparam os leopardos para serem supremos caçadores solitários“, conclui o especialista em felinos.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Atrizes de "Smallville" envolvidas em seita de tráfico sexual. "Chloe" detida

Allison Mack, conhecida pelo seu papel na série televisiva "Smallville", foi detida e acusada de tráfico sexual pela sua alegada ligação à seita Nxivm. Allison Mack, de 35 anos, atriz da série "Smallville", deverá comparecer em …

Naturopata tratou criança de 4 anos com saliva de cão raivoso

Uma naturopata canadiana tratou um criança hiperativa de 4 anos com saliva de um cão raivoso. O anúncio surpreendeu a comunidade médica internacional, que reagiu de forma negativa. Uma naturopata canadiana assumiu no seu blogue pessoal …

Ilha troca de país a cada seis meses

No meio do rio Bidasoa, entre França e Espanha, há uma ilha que vai alternando de nacionalidade de seis em seis meses. A ilha mede apenas 38 metros de largura e 215 de comprimento, medidas que lhe …

Cientistas criam implante vaginal que promete proteger as mulheres do VIH

O novo dispositivo desenvolvido por cientistas na Universidade de Waterloo, no Canadá, faz com que o número de células do VIH que se fixam no trato genital feminino diminua. Já há um implante que protege as …

Mais de 20 mortos em protestos na Nicarágua

Mais de duas de dezenas de pessoas, entre as quais um jornalista, morreram durante os protestos na Nicarágua contra a reforma da segurança social do Governo de Daniel Ortega. A Associated Press (AP) relata que num …

Não há evidências que provem que os animais conseguem prever terremotos

Uma nova revisão estatística conclui que a evidência de que os animais conseguem prever terramotos é bastante insubstancial. Se acha que os animais presentem quando um terramoto está a chegar, desengane-se: está amplamente implícito que os …

Falsa BBC anuncia guerra nuclear e deixa o mundo alarmado

Uma conta de YouTube publicou um vídeo em que o suposto jornalista da BBC anunciava uma guerra nuclear entre a Rússia e a NATO. Nos últimos dias, foi publicado um vídeo no YouTube que simulava o …

Morreu Verne Troyer, o “Mini Me” de Austin Powers

O ator norte-americano Verne Troyer, conhecido por ter interpretado "Mini Me" nos filmes da série "Austin Powers", morreu este sábado, aos 49 anos. Verne Troyer, conhecido sobretudo pelo papel de "Mini Me" em Austin Powers, morreu …

NASA vai enviar à Lua nave espacial construída com peças impressas em 3D

A NASA vai dar mais um "pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a humanidade" ao enviar um foguetão construído apenas com peças 3D à Lua. No próximo ano, a NASA vai dar …

Além de ser o mais venenoso do mundo, este peixe também tem canivetes nos olhos

Os peixes-pedra já eram uma espécie de meter medo no mundo aquático, agora a situação piorou: além de serem o tipo mais venenoso de peixe que conhecemos, têm vários espinhos afiados nos olhos. Os cientistas descobriram …