Fornecedor da Autoeuropa avança com despedimento coletivo de 90 trabalhadores

A Webasto, empresa que produz o teto retrátil do Volkswagen EOS, pretende avançar com o despedimento coletivo de 90 trabalhadores quando terminar a produção do veículo na Autoeuropa, disse hoje João Galvão, da Comissão de Trabalhadores, à Lusa.

“A administração da empresa teve de se precaver, porque, apesar de não haver ainda informação oficial sobre o fim da produção do Volkswagen EOS, tudo indica que a Autoeuropa vai deixar de ter esse modelo no sistema de produção a partir de 3 de julho“, disse o representante dos trabalhadores da Webasto.

João Galvão adiantou que a Comissão de Trabalhadores já tem um pré-acordo com a administração da empresa, que prevê “contrapartidas mais vantajosas para os trabalhadores do que as que estão previstas no Código de Trabalho”.

Questionado pela Lusa, João Galvão disse não ter qualquer informação da administração sobre o eventual encerramento da fábrica da Webasto, embora não exclua essa possibilidade.

“A empresa não vai encerrar para já. Somos 107 trabalhadores e o despedimento coletivo só abrange os 90 trabalhadores da linha de produção. Possivelmente vai fechar mais tarde, mas, até agora, não nos foi comunicado o encerramento da empresa”, frisou.

O Volkswagen EOS é um carro com capota retrátil produzido na Autoeuropa desde 2006.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

A longo prazo, o distanciamento social pode até ser melhor para a economia

O isolamento social durante uma pandemia, como é o caso da covid-19, que já fez mais de 48.000 vítimas mortais por tudo o mundo, pode revelar-se melhor para a economia a longo prazo, revelou uma …

Elon Musk doou 1.000 ventiladores a hospitais (mas eram do tipo errado)

Nos últimos dias, Elon Musk, CEO da Tesla, recebeu muitos elogios por ter doado mil ventiladores a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Porém, os ventiladores não eram do …

Coronavírus pode replicar-se na boca e nariz durante uma semana antes de infetar pulmões

O coronavírus pode permanecer e replicar-se na boca e no nariz durante uma semana antes de infetar aos pulmões, à traqueia e aos brônquios, revela um estudo, que mostra igualmente que é expulso do organismo …

PSP vai utilizar câmaras portáteis em drones no estado de emergência

A PSP vai utilizar 20 câmaras portáteis de videovigilância, 18 das quais vão ser instaladas em ‘drones’, durante o estado de emergência devido à pandemia de covid-19, anunciou esta quinta-feira o Ministério da Administração Interna …

Em Nova Iorque, prisioneiros são usados para cavar valas comuns

Nova Iorque está a oferecer seis dólares por hora e material de proteção individual aos prisioneiros de Rikers Island que aceitem ajudar a cavar valas comuns. Projeções da Fundação Gates apontam que, em Nova Iorque, o …

EUA estará a pagar para desviar carregamentos de máscaras adquiridas por França

As autoridades francesas estão a acusar os Estados Unidos de terem pago para desviar um carregamento de máscaras faciais oriundo da China. Este episódio é apenas mais um na saga sobre a escassez de máscaras de …

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados antecipadamente para prevenir a propagação da pandemia de covid-19 no meio prisional, revelou esta quinta-feira a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, em declarações à RTP3. A …

OMS e EUA ponderam alargar recomendação para uso de máscaras

A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reavaliar as suas recomendações sobre o uso de máscaras para prevenir a contaminação com covid-19, disse esta quinta-feira o presidente do grupo de especialistas que vai discutir o …

Covid-19. Mais de 95% das vítimas mortais na Europa tinham mais de 60 anos

O diretor regional para a Europa da Organização Mundial de Saúde (OMS), Hans Kluge, revelou esta quinta-fera que mais de 95% das vítimas mortais da covid-19 na Europa têm mais de 60 anos de idade. Em …

Curva portuguesa mostra abrandamento de novos casos (mas é preciso "cautela")

Portugal tem assistido desde o dia 25 de março a um abrandamento do aumento percentual diário de novos casos de covid-19, segundo dados divulgados pelo Barómetro Covid-19 da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP). Segundo Carla …