Filho de Biden quebra o silêncio. “Sei que não fiz nada errado”

O filho do ex-vice-Presidente norte-americano, que tem estado no centro do inquérito para a destituição de Donald Trump, admitiu que o seu percurso profissional na Ucrânia foi uma má decisão, rejeitando, porém, ter feito algo de errado.

“Cometi um erro com base em alguma falha ética? Absolutamente não”, declarou Hunter Biden numa entrevista à estação norte-americana ABC News, divulgada esta terça-feira, rejeitando as suspeitas de corrupção lançadas contra si pelo Presidente Donald Trump e por membros do Partido Republicano.

“Em retrospetiva, acho que existiu um mau julgamento da minha parte”, prosseguiu, reforçando: “Eu sei que não fiz nada errado, mas foi uma má avaliação estar no meio de algo que é um pântano em várias maneiras”.

Na entrevista à estação norte-americana, o filho do ex-vice-Presidente, cujo percurso profissional também tem passado pela China, admitiu igualmente não ter avaliado devidamente as possíveis implicações da sua atividade profissional no estrangeiro na carreira política do seu pai.

Joe Biden encontra-se agora a disputar a corrida para a candidatura democrata para as Presidenciais de 2020 e é encarado como o favorito para a nomeação.

Ainda nesta entrevista, que marca o fim do seu silêncio, Hunter Biden reconheceu o peso do seu apelido e como este influenciou provavelmente a sua carreira em empresas no estrangeiro, onde tem ocupado cargos diretivos.

No domingo passado, através de um comunicado divulgado pelo seu advogado, Hunter Biden assumiu o compromisso de deixar de trabalhar para empresas estrangeiras caso o seu pai seja eleito Presidente nas eleições de 2020.

Donald Trump e membros do Partido Republicano têm levantado suspeitas de corrupção contra Hunter Biden, que fez parte do conselho de administração de uma empresa ucraniana de gás (Burisma), entre 2014 e o corrente ano.

Num telefonema realizado em meados de julho, Trump terá pedido e incentivado o seu homólogo da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, a avançar com uma investigação a Hunter Biden.

A divulgação desta informação, através de um denunciante, e as suspeitas então levantadas em redor do líder norte-americano levaram a que a presidente da Câmara dos Representantes, a democrata Nancy Pelosi, anunciasse, a 24 de setembro, que aquela câmara ia dar início a um inquérito parlamentar com vista a um processo de destituição de Trump.

Em reação, Trump, que também acusou Joe Biden de ter utilizado o seu poder político durante a sua vice-presidência para proteger o filho, tem apelidado o inquérito de destituição como uma “caça às bruxas”. Na entrevista à ABC News, Hunter Biden garantiu ainda que nunca discutiu os seus negócios com o pai.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …