Fidel oferece ajuda aos EUA para combater o Ébola

Antonio Cruz / ABr

-

O ex-presidente cubano Fidel Castro ofereceu ajuda aos Estados Unidos para combater o ébola e evitar que a doença se propague pela a América Latina.

“Temos prazer em cooperar com os americanos nesta tarefa. Não na busca da paz entre dois Estados que têm sido adversários durante tantos anos, mas pela paz no mundo, um objetivo que podemos e devemos alcançar”, disse Fidel em um artigo publicado este sábado no jornal oficial Granma.

No texto intitulado “A hora do dever”, Fidel afirma que ao cooperar com o país vizinho, com quem Cuba não tem relações diplomáticas desde 1961, se evita que o ébola se espalhe e protege a população de Cuba e de toda a América Latina.

Os Estados Unidos foram, depois de Espanha, o segundo país não-africano onde se registou contágio da doença dentro do seu próprio território.

Duas enfermeiras americanas foram contaminadas com o vírus do ébola num hospital do Texas, ao tratarem um paciente que contraiu a doença na Libéria e acabou por morrer nos EUA.

O ébola já matou mais de 4.500 pessoas, a maioria na Libéria, Guiné e Serra Leoa. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que haja, nesses três países, mais de 9 mil pessoas infetadas pelo vírus, que mata em 70% dos casos.

A ONU informou ainda que o ébola já deixou pelo menos 3,7 mil crianças órfãs nesses três países mais atingidos pela doença, sendo que muitas delas perderam tanto o pai como a mãe devido à epidemia.

Elogios

Cuba já enviou mais de 160 médicos e enfermeiros à África ocidental para ajudar no combate à epidemia e já anunciou o enviou de mais profissionais à região – uma decisão elogiada pelo governo norte-americano.

Na sexta-feira, numa declaração inédita, o secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, reconheceu o papel de Cuba na luta global contra o ébola e pediu mais colaboração internacional.

“Cuba, um país de apenas 11 milhões de habitantes, já enviou 165 profissionais da área da saúde e considera enviar mais 300”, disse Kerry, afirmando que ações como essas eram “uma prova real de cidadania internacional”.

No seu artigo, Fidel disse que a decisão de enviar os médicos e enfermeiros não foi fácil. “É até mais difícil do que enfiar soldados para combater e morrer por uma causa política justa”, disse o líder cubano sobre o perigo que correm esses profissionais de saúde.

Na segunda-feira, os nove países que compõem a ALBA (Aliança Bolivariana para os Povos da América), que inclui Cuba, Bolívia e Equador, vão reunir-se em Havana para definir uma estratégia conjunta de prevenção e combate ao ébola.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas descobrem proteína capaz de imitar os efeitos do exercício físico

A proteína, chamada de Sestrin, é capaz de proporcionar benefícios musculares muito semelhantes aos da prática de exercício físico. Um grupo de cientistas da Universidade de Medicina do Michigan, nos Estados Unidos, descobriu uma proteína …

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …