/

Fiat Chrysler confirma contactos sobre fusão com a PSA

LeWeb13 / wikimedia

O português Carlos Tavares assumiu a liderança do grupo PSA (Peugeot-Citroën) em 2014

A Fiat Chrysler confirmou, esta quarta-feira, contactos com o grupo francês PSA, fabricante da Peugeot, para criar um novo grupo entre os líderes mundiais do setor.

A empresa de automóveis Fiat Chrysler, de capital italiano e norte-americano, confirmou contactos com o grupo francês PSA, fabricante da Peugeot, para criar um novo grupo entre os líderes mundiais do setor.

A Fiat Chrysler (FCA), através de um comunicado, refere que “não tem mais nada a acrescentar” depois das primeiras notícias publicadas, na terça-feira, no Wall Street Journal, que antecipou os contactos sobre a criação de um “gigante” do setor automóvel avaliado em mais de 50 mil milhões de dólares.

O jornal que citava fontes ligadas ao processo em curso adiantava que as empresas estavam a negociar uma fusão e que a nova companhia, que pode resultar do processo, pode vir a partilhar o cargo com o presidente do conselho de administração, o atual executivo da Peugeot, Carlos Tavares, e com o presidente da Fiat, John Elkann.

A Fiat, que já tinha sido abordada previamente pela Peugeot, retirou-se do processo de fusão com a Renault devido à falta de apoio do Governo francês e da Nissan, o parceiro japonês do fabricante francês.

  // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.