Fernando Pimenta campeão europeu em K1 1.000 metros

Fernando Pimenta / Facebook

O canoísta Fernando Pimenta

O canoísta português sagrou-se, este sábado, tricampeão europeu em K1 1.000 metros, ao vencer a final da distância no campeonato da Europa de 2018, a decorrer em Belgrado, na Sérvia.

O atleta do Benfica cumpriu a prova, que liderou do princípio ao fim, em 3.29,200 minutos, batendo o húngaro Balint Kopasz, segundo, a 280 milésimos de segundo, e o alemão Max Rendschmidt, terceiro, a 2,320 segundos.

Fernando Pimenta já tinha conquistado o título na mesma prova em 2016 (Moscovo) e 2017 (Plovdiv) e o bronze em 2011 e 2015. Em Europeus, soma mais quatro medalhas individuais, em K1 5.000, uma de ouro (2016), duas de prata (2013 e 2017) e uma de bronze (2014).

“Sem duvida que é um momento fantástico na minha carreira desportiva, ser campeão pelo terceiro ano consecutivo em K1 1000, depois de 2016, em Moscovo, em ano olímpico, e em 2017, na Bulgária”, disse o limiano.

Em declarações à Lusa, Pimenta destacou a “final com nível mundial, uma vez que todos os presentes já tinham medalhas em Europeus, Mundiais ou Taças do Mundo”.

“Sabia que ia ser uma competição muito aberta e que o húngaro e o alemão estavam melhor, mas não podia desprazer os outros. O perigo vinha daí e tentei defender-me o melhor possível. Sabia que precisava de uma margem de segurança para o Kopasz, pois ele sobe muito no fim. Dei tudo por tudo e voltei a ser campeão da Europa“, contou.

Fernando Pimenta realça a “importância deste título para a canoagem portuguesa, com um ‘tri’ inédito”, agradecendo ainda as muitas mensagens de apoio que tem recebido, esperando manter essa “energia positiva” que diz ser extensível a toda a equipa de Portugal.

Foi uma prova excecional, à sua maneira: veio rápido, a controlar até aos 750 metros com alguma vantagem para o húngaro, que ainda se conseguiu aproximar, mas o Fernando teve uma excelente reação e foi mais uma vez campeão, pela terceira vez consecutiva, algo inédito no desporto nacional. Tem tido esta consistência ao longo dos anos”, congratulou-se o treinador, Hélio Lucas.

O diretor técnico nacional, Ricardo Machado, elogiou, por seu lado, “mais um grande desempenho de um atleta de exceção”, congratulando-se pelo facto de toda a seleção se estar a exibir a um bom nível em Belgrado, com várias tripulações apuradas para finais.

No total, em Europeus, o canoísta de Ponte de Lima conta mais quatro medalhas em K4 1.000 metros e uma em K2 500, para um total de 14 ‘metais’ – quatro de ouro, quatro de prata e cinco de bronze.

O mais galardoado português de sempre na canoagem ganhou ainda uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos, em K2 1.000 metros, com Emanuel Silva, em Londres2012, e cinco em Mundiais, uma delas de ouro, em K1 5.000 (2017).

Em Belgrado, Pimenta, que ainda soma duas medalhas de prata nos Jogos Europeus, em 2015, pode aumentar o seu currículo, pois ainda compete domingo na final de K1 500 metros.

A seleção lusa tem como ponto alto da época os Mundiais, que vão decorrer pela primeira vez em Portugal, de 22 a 26 de agosto, em Montemor-o-Velho.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …

Sérgio Conceição sai do FC Porto no fim da época

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, deixará o comando dos dragões no final da temporada. A derrota em casa com o Braga terá ditado a saída do técnico azul e branco. O técnico do FC …

Joacine quer mais direitos para deputados sem partido. "Está a antecipar" o futuro

A deputada Joacine Katar Moreira, do partido Livre, defendeu esta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos. A deputada única do Livre assumiu esta posição no final de uma reunião do …

França confirma 3 casos de coronavírus chinês. Já chegou à Austrália e Malásia

Depois de França ter confirmado três pessoas infetadas com o novo coronavírus oriundo da China, também a Austrália e Malásia reportaram casos. As autoridades da Malásia anunciaram este sábado terem registado os primeiros três casos de …

Amadora. Agredido motorista de autocarro que denunciou Cláudia Simões

Foi agredido o motorista de autocarro que chamou a PSP para denunciar a passageira Cláudia Simões, que alegou posteriormente ter sido agredida pelos agentes da polícia. As agressões tiveram lugar na noite desta sexta-feira, em …

"Dos 4 mil euros que ganho, 3 mil vão para os frades". O padre Vítor Melícias recusa que Tomás Correia ainda controle o Montepio

O padre Vítor Melícias, presidente da Assembleia Geral do Montepio, diz que Tomás Correia "faz falta, mas fez muito bem" em abandonar a liderança da mutualista Montepio. "Dizer que Tomás Correia continua a controlar através …