Fernando Pimenta bronze em K1 500. Teresa Portela e Joana Vasconcelos campeãs da Europa em K2 200

Fernando Pimenta / Facebook

O canoísta Fernando Pimenta

O canoísta português terminou, este domingo, em terceiro lugar na final de K1 500 metros do campeonato da Europa. Teresa Portela e Joana Vasconcelos conquistaram o título europeu em K2 200 metros, em Belgrado.

Fernando Pimenta cumpriu a distância em 1.37,393 minutos, a 0,995 segundos do vencedor, o checo Josef Dostal, e a 0,060 do ucraniano Oleh Kukharyk, terceiro.

Entretanto, o canoísta português também conquistou a medalha de prata em K1 5.000 metros, repetindo o resultado de 2017, ano em que conquistou o título mundial na distância.

O canoísta natural de Ponte de Lima concluiu a prova em 20.38,790 minutos, mais 10,830 segundos do que o alemão Max Hoff, que revalidou o título conquistado em Plovdiv, na Bulgária.

O atleta do Benfica soma 16 medalhas em Europeus – cinco de ouro, cinco de prata e seis de bronze -, depois de, na edição de 2018, se ter sagrado tricampeão em K1 1.000 metros, vice em K1 5.000 e terceiro em K1 500.

Também durante a manhã, Teresa Portela e Joana Vasconcelos conquistaram o título europeu em K2 200 metros, ao terminarem a final em 37,055 segundos.

As atletas portuguesas impuseram-se às russas Natalia Podalskaya e Vera Sobetova, segundas classificadas por 28 milésimos de segundo, e às polacas Dominika Wlodarczyk e Katarzyna Kolodziejczyk, terceiras a 0,092 segundos.

Antes, a dupla portuguesa já tinha terminado em sétimo a final de K2 500 metros, em 1.41,247, a 1,990 segundos da dupla francesa constituída por Manon Hostens e Sarah Guyot, que venceram a regata.

Em K4 500 metros, João Ribeiro, Messias Baptista, Emanuel Silva, David Varela não foram além do nono e último lugar na final, em 01.22,396 minutos, a 3,837 segundos da seleção espanhola, que se sagrou campeã europeia.

Hélder Silva foi sétimo na final B de C1 500 metros, em 01.58,350 minutos, e vai ainda disputar a final A de C1 200.

Ainda hoje, também Marco Apura vai disputar a final de C1 5.000 metros, enquanto Francisca Laia e Hugo Rocha vão disputar as finais B em K1 200.

A seleção lusa tem como ponto alto da época os Mundiais, que vão decorrer pela primeira vez em Portugal, de 22 a 26 de agosto, em Montemor-o-Velho.

Atualização (16h07):
Notícia atualizada com a medalha de prata de Fernando Pimenta em K1 5000.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns a todos os atletas que, seguramente, deram o seu melhor, mas, sobretudo, parabéns aos medalhados… e ao clube a que pertencem, o qual, com o seu projeto olímpico, com a estratégia que tem vindo a pôr em prática e com a visão de futuro por parte dos seus dirigentes, vai semeando boa semente, em várias modalidades, apesar de quase só se falar desse clube por más razões. Esta é uma excelente maneira de mostrar a toda a gente, particularmente os detractores (se é que eles vêem ou têm capacidade para ver), que aquilo que dizem é infundado e que mais valia que tentassem adoptar estratégia semelhante, para bem do desporto nacional.

RESPONDER

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …

"A bola apenas bateu no peito". VAR admite erro no penálti do Portimonense-FC Porto

O vídeo-arbitro do encontro entre Portimonense e FC Porto, Vasco Santos, admitiu esta quarta-feira que não existiu razão para assinalar grande penalidade a favor do clube portista. "No momento em que o árbitro apita fiquei com …

Na Índia, usar cigarros eletrónicos já pode dar prisão

O Governo indiano anunciou esta quinta-feira a proibição de cigarros eletrónicos no país, de 1,3 mil milhões de pessoas, numa ação que pretende ser a favor da saúde e contra os vícios. "A decisão foi tomada …

Iñaki Urdangarín pode sair da prisão dois dias por semana

Detido na cadeia de Brieva, Ávila, há 15 meses, Iñaki Urdangarín, cunhado do rei de Espanha, soube esta terça-feira que poderá sair da prisão duas vezes por semana para fazer voluntariado numa instituição que ajuda …

Criança com anemia aplástica grave submetida a transplante inédito em Portugal

Um menino de quatro anos com anemia aplástica grave foi submetido a um transplante com células estaminais de sangue do próprio cordão umbilical, um tratamento inédito em Portugal realizado no Instituto Português de Oncologia (IPO) …

Renováveis baixaram fatura da luz em 2,4 mil milhões na última década

A produção de eletricidade a partir de fontes renováveis permitiu ao sistema elétrico português acumular uma poupança de 2,4 mil milhões de euros ao longo dos últimos 10 anos. Esta é a principal conclusão de um …

Constitucional chumba barrigas de aluguer pela segunda vez

O Tribunal Constitucional chumbou, esta quarta-feira, pela segunda vez, o diploma do Parlamento sobre gestação de substituição, depois de um chumbo no ano passado. O BE apresentou uma proposta em que se previa "que a gestante …

Furacão Humberto ganha força a caminho das Bermudas

O furacão Humberto aumentou de intensidade nas últimas horas e atingiu a categoria 3 a caminho das Bermudas, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) nesta quarta-feira. O terceiro furacão da temporada no Atlântico, …