Fenómeno extremo ameaça corais na Grande Barreira na Austrália. E já matou quase metade

Hostelworld.com

Grande Barreira de Coral, Australia

A Grande Barreira de Coral da Austrália pode estar a enfrentar a terceira “descoloração” no espaço de cinco anos, fenómeno provocado por um aumento da temperatura das águas do mar.

Como avançou o Expresso, este fenómeno afeta colónias de corais em todo o mundo mas caso australiano é mais grave, visto que os eventos do mesmo género ocorridos em 2016 e 2017 deixaram apenas 10% a 40% dos recifes intactos, com cerca de metade acabando por morrer.

“Estamos no limite”, indicou ao Guardian o professor Terry Hughes, diretor do centro para o Estudo de Recifes de Coral da James Cook University, na Austrália. Caso as altas temperaturas dos mares na região não caiam nas próximas duas semanas, os corais ficarão brancos.

Segundo as autoridades, as temperaturas nalgumas zonas da Grande Barreira de Coral da Austrália estão 1,5ºC acima do habitual e outras 3ºC. A descoloração ocorre quando os corais passam demasiado tempo em águas com uma temperatura acima do normal, afastando a alga que os alimenta e lhes dá cor. Muitos morrem ou ficam frágeis.

O responsável da World Wide Fund For Nature (WWF) Austrália, Richard Leck, lembrou que, “após este verão de incêndios florestais e desta onda de calor marítima a atingir o recife, não podemos continuar a enterrar a cabeça na areia”. É preciso “uma política climática segura para os recifes, que seja coerente com a meta de aquecimento global de 1,5°C ou menos. Não serão toleradas mais desculpas”, frisou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Arqueólogos revelam condições horríveis de campo de concentração nazi no Reino Unido

Uma equipa de arqueólogos revelou as condições horríveis de um campo de concentração nazi em Alderney, a ilha britânica mais setentrional do Canal da Mancha, onde estavam prisioneiros políticos e trabalhadores forçados durante a Segunda …

Governo quer reabrir ensino secundário a 4 de maio. Telescola deve arrancar depois da Páscoa

O Governo está a preparar a reabertura das escolas apenas para o ensino secundário para 4 de maio. Ainda falta ouvir a Direção-geral da Saúde, os especialistas, o Conselho Nacional de Educação e o Conselho …

“Não há razão para alarme”. Governo quer perdoar penas até dois anos e antecipar liberdade condicional

A proposta de lei do Governo que estabelece um regime excecional para as prisões, no âmbito da pandemia covid-19, já deu entrada na Assembleia da República, podendo ser consultada na página oficial do Parlamento. No diploma, …

O nosso cérebro evoluiu para acumular mantimentos (e julgar os outros por fazer o mesmo)

O nosso cérebro evoluiu de uma forma que, em situações de stress, acumulamos mantimentos e julgamos os outros por fazer exatamente o mesmo. Os media estão repletos de histórias – e a condenação – de pessoas que …

Autarca de Vieira do Minho denuncia: testes estão a ser desviados para Lisboa

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Gerês/Cabreira, Vieira do Minho, detetou 77 infetados pelo novo coronavírus, com os autarcas da área a reclamarem contra a demora na distribuição de testes, disse esta sexta-feira à …

Trump recomenda uso de máscaras (mas recusa-se a usá-las)

Esta sexta-feira, os Estados Unidos tiveram, pelo quarto dia consecutivo, o maior número de mortes em 24 horas, num total de 1.094, e contam com quase 30 mil novos casos. No seu briefing diário, de acordo …

A Antártida já foi uma floresta tropical

A Antártida pode ter sido o lar de ecossistemas quentes e pantanosos cercados por fetos e árvores coníferas há 90 milhões de anos, altura marcada pelo auge dos dinossauros. Uma análise do solo antigo extraído da …

Algumas estrelas têm "veneno" dentro de si (e é por isso que explodem)

Algumas estrelas têm um "veneno" dentro de si: o elemento néon no núcleo das estrelas pode desencadear uma reação química que leva a uma morte definitiva e explosiva. Estrelas menos massivas, como o nosso Sol, expandem-se …

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …

Desaparecimentos, mistérios e lendas. O Triângulo do Alasca pode ser mais perigoso do que o das Bermudas

Milhares de pessoas desaparecem todos os anos no estado norte-americano do Alasca, fazendo lembrar as histórias do Triângulo das Bermudas, onde aviões e navios desapareceram sem deixar rastro. De acordo com a revista The Atlantic, três …