Felgueiras. Alunos ameaçados de serem proibidos de entrar em igrejas se faltarem a aulas de Religião Moral

Marcos Santos / USP Imagens

Os encarregados de educação dos alunos do Centro Escolar de Torrados, em Felgueiras, foram avisados, na semana passada, pela escola, de que os educandos tinham de frequentar as aulas de Educação Moral Religiosa e Católica sob pena de as faltas serem comunicadas à Igreja Católica.

O Centro Escolar de Torrados, em Felgueiras, disse aos encarregados de educação que se os seus filhos faltarem às aulas de Educação Moral Religiosa e Católica ficam impedidos de frequentar a catequese, de ir à comunhão ou até de entrar na igreja, avança esta quarta-feira o Jornal de Notícias.

Foi através de uma circular enviada pelo coordenador deste Centro Escolar, Arménio Rodrigues, que surgiram as ameaças. No documento lia-se que a comunicação das faltas (à décima o aluno reprova) seria feita “mensalmente à base de dados da Igreja Católica Portuguesa”, e que isso poderia vir a trazer consequências como “o risco de lhes [alunos] ser barrado o acesso aos vários serviços da Igreja, como por exemplo a frequência da catequese, batizados, primeira comunhão e outras celebrações, bem como não poder entrar em qualquer igreja católica portuguesa”.

A notícia foi avançada pelo JN e a presença do tal documento foi confirmada pelo Observador junto de uma coordenadora da Escola Básica do 1.º Ciclo de Bouça, que faz parte do agrupamento de Torrados.

A mesma fonte confirmou ainda que “por volta das 19h00” desta quarta-feira vai realizar-se “uma reunião de esclarecimento” onde será explicado que “foi tudo um mal entendido” e “um problema de comunicação”.

Questionado pelo JN, o Ministério da Educação afirma que “desconhecia este comunicado, que não tem qualquer cabimento”. A diocese do Porto explicou também que só soube do sucedido através da Comunicação Social e garante que “o comunicado é da responsabilidade de quem o assina e não há nenhum cruzamento de dados entre a escola e a Igreja sobre a frequência desta disciplina”, garantiu o padre Jorge Duarte, diretor do gabinete de informação da diocese.

Nenhuma criança foi, é ou será impedida de frequentar a catequese ou entrar na Igreja por não ir a estas aulas”, sublinhou.

ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Ao que nós chegámos!
    Uma escola a ameaçar alunos e pais por causa de uma confissão religiosa… Um sinal preocupante de atraso mental e cívico, pior ainda tratando-se de professores.
    O 25 de Abril baniu os crucifixos das salas de aula mas manteve as aulas de EMRC, em vez de promover a Educação Cívica. Faltaram “tomates” ao Estado laico.

  2. Pelo que entendi eles mentiram e quiseram ser mais que o M.E. , é preciso ter muita lata…se bem que é uma escolha essa disciplina…podem escolher música… Tipo que música é algo satânico p terdeser feita uma escolha..

    • Quando usadas para o Bem da Humanidade, não haveria problema, mas bem sabemos que não são… É tudo uma questão de controlo e manipulação, para manterem as pessoas ignorantes sobre Verdades maiores, que poderiam libertar e engrandecer o Espírito e não o ego. Para a matrix de controlo deste mundo, isso não convém nada!…

  3. (a comunicação das faltas seria feita mensalmente à base de dados da Igreja Católica Portuguesa)
    Ai o RGPD, o que terá a dizer sobre isto a Comissão Nacional de Protecção de Dados????
    Então os dados das faltas e os nomes dos alunos são partilhados com a igreja católica?????
    Está bonito está…
    Enquanto não acabarem com a M3rda das religiões….

  4. Isto não é real, não pode ser real em 2019, alguém está a brincar ……se for real o estado deve acabar já com esse tipo de religião na escola, mesmo sendo facultativa

  5. Se de um lado os valores morais estão em crise, as crianças as mais visadas, obrigadas a comer de tudo o que é agenda LGBTQRSTUVWXYZ quase desde berço, a questionarem-se umas às outras se devem por o pipi no pipi ou pipi no coco, isto sem terem idade sequer para se sentar no banco da frente do carro, com uma péssima instrução familiar, já de si podre e fundamentada na infidelidade e sexualidade, a Igreja devia dar o exemplo, não de denegrir a mensagem de Cristo, como tem vindo a ser hábito pelo populismo católico, mas cimentando as leis Judaico-Cristãs familiares, em que a nossa sociedade ocidental se baseia, convidando a todos a ouvir essa mensagem.
    Isto é um tiro nos dois pés, sem qualquer fundamento religioso, que afasta ainda mais esta geração da mensagem Cristã, e não por reforço de qualquer valor moral ou espiritual, apenas por jogo de empurra de responsabilidade governativa.
    Mateus 23:13
    Ai de vós, doutores da Lei e fariseus, hipócritas! Porque fechais o reino dos céus diante dos homens. Porquanto vós mesmos não entrais, nem tampouco deixais entrar os que estão a caminho!

    • concordo a 100%.

      já não chega ter de aturar os camaradas da identidade de género, agora parece que tb se tem de aturar os camaradas da teologia da libertação.

      ambos a puxarem as pessoas para o abismo.

  6. Ao que chegou a Beatice…Bastou uma ou um Beato para querer impor as Aulas de Religião e Moral, que não tem cabimento nas Escolas de Portugal, como não teria cabimento num Pais Muçulmano, obrigarem as crianças a assistir às aulas sobre como colocar as bombas em volta do corpo para rebentarem com os católicos e Judeus .
    Quem quer catequese e aulas de Religião e Moral, deveria ser a igreja a dar essas aulas e nunca numa Escola Pública, onde na maioria são Padres e Freiras retrógradas que dão essas aulas e são pagos pelo Ministério da Educação e depois metem de parte os Alunos que não frequentam essas aulas.

  7. Neste caso só me resta perguntar se a religião é obrigatória nas escolas, o que não me parece ser o caso, mas caso seja opcional só o deverá ser para os alunos cujos pais estejam de acordo com tal medida.

  8. São estes professores que se desmarcam de responsabilidades por mais mesquinho que seja o assunto. Só que isto é muito sério. Por uma questão de ética devem ser os primeiros a condenar esta atitude. A inquisição já era. Se algum pároco ou padreco, impedice qualquer ato de liberdade religiosa a um filho meu ia parar debaixo das vestes do bispo, e literalmente a pontapé. Depois ia tratar da responsabilidade da direção escolar.

  9. Em 2019, a máfia da igreja continua a mostrar o “atraso” que sempre foi!!
    De aulas de Moral precisam urgentemente esse bando de carneiros alienados/apalermados!…

RESPONDER

Bloqueio dos coronabonds pela Holanda é "irresponsável"

Jean-Claude Juncker, antigo presidente da Comissão Europeia, considera que o bloqueio pela Holanda do uso do Mecanismo Europeu de Estabilidade é "irresponsável". O antigo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, considerou esta quinta-feira “irresponsável” o bloqueio …

Creche recusou receber filho de enfermeira por falta de funcionários. Meteram baixa

A creche e pré-escolar "Voar mais alto", em Setúbal, recusou receber uma criança de três anos, filha de uma enfermeira, por falta de funcionários. A notícia é avançada esta quinta-feira pelo Observador que adianta que as …

Subsídio por assistência a filhos vai ser pago 100% em toda a função pública

O subsídio por assistência a filho sobe de 65% para 100% do salário aos funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações. O Governo aprovou, esta quinta-feira, um diploma que aumenta o subsídio por assistência …

Espanha avança com novo prolongamento do estado de emergência. Contágios em Itália voltam a subir

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, avançou que dentro de quinze dias terá de voltar ao parlamento para prolongar o estado de emergência por mais duas semanas. Depois de afirmar que Espanha não terá ainda "posto fim …

Boris Johnson saiu dos cuidados intensivos

O primeiro-ministro britânico saiu dos cuidados intensivos, avançou Downing Street. De acordo com o comunicado, Boris Johnson está "muito bem-disposto". Boris Johnson saiu esta tarde dos cuidados intensivos, segundo um comunicado de Downing Street. O primeiro-ministro …

SEF instaurou inspeção interna à morte de ucraniano, mas não detetou suspeitas de crime

Esta quarta-feira, o ministro da Administração Interna prestou esclarecimentos sobre a morte de um cidadão ucraniano à guarda do SEF, no aeroporto de Lisboa, na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias. Eduardo Cabrita considerou …

Colocações no ensino superior adiadas para o final de setembro

Na sequência do adiamento nos calendários dos exames nacionais do ensino secundário, o acesso às licenciaturas é também atrasado. O calendário de acesso ao ensino superior vai ser atrasado em cerca de três semanas. Os resultados …

Rangel e outros 13 eurodeputados do PPE pedem expulsão de partido húngaro

O eurodeputado do PSD Paulo Rangel e outros 13 chefes de delegação do Partido Popular Europeu (PPE) pediram na terça-feira a expulsão do partido húngaro Fidesz, exigindo ao líder parlamentar daquela família política, Manfred Weber, …

Milhares pediram o cancelamento do TV Fest. Festival foi suspenso

O Ministério da Cultura criou um festival televisivo exclusivamente dedicado à música portuguesa em parceria com a RTP, mas o formato e os critérios estão a causar forte polémica no meio. Uma petição pública online …

Comércio internacional pode cair para níveis da Grande Depressão

A Organização Mundial do Comércio referiu na quarta-feira que o arrefecimento do comércio internacional provocado pela Covid-19 pode chegar aos níveis registados nos anos 30 devido à Grande Depressão. Segundo noticiou o Observador, na melhor das …