À procura do novo Mbemba, FC Porto prepara investida forte por João Victor

Rodrigo Coca / Ag. Corinthians

João Victor, jogador do Corinthians.

João Victor, jogador do Corinthians.

Com Mbemba de saída, o FC Porto procura um reforço para a defesa. João Victor, jovem de 23 anos do Corinthians, poderá ser a escolha dos ‘azuis e brancos’.

Chancel Mbemba não foi convidado a renovar contrato e vai sair do FC Porto no final desta temporada. A sua saída deixa uma falha por colmatar no cerno da defesa portista.

Pepe já tem 39 anos, pelo que não é uma opção a longo prazo e Iván Marcano esteve afastado praticamente a época inteira por lesão e não se sabe qual é o seu ponto de situação no clube.

De resto, a equipa tem ainda Rúben Semedo, que não ganhou a confiança de Sérgio Conceição para jogar regularmente e Fábio Cardoso, uma opção que poderá não se mostrar consistente o suficiente para uma época inteira.

Como tal, o FC Porto definitivamente atacará o mercado à procura de mais um central. O jornalista turco Ekrem Konur, que habitualmente relata novidades do mercado de transferências, escreve que os ‘dragões’ estão a preparar uma proposta de 10 milhões de euros por João Victor, defesa do Corinthians.

No ano passado, João Victor já tinha sido associado ao SL Benfica como alternativa para substituir Lucas Veríssimo, que se tinha acabado de lesionar com gravidade.

As ‘águias’ abordaram o empresário do jogador com o intuito de sondar o seu interesse. O Corinthians pedia entre 10 e 12 milhões de euros pelo central.

O brasileiro de 23 anos leva 24 jogos esta temporada ao serviço do Timão, depois de já no ano passado ter sido uma opção regular na Arena Corinthians.

João Victor é atualmente treinado por Vítor Pereira, o português que já passou pelo leme do FC Porto. O jogador tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2023.

O portal Transfermarkt avalia o jovem em 8 milhões de euros — uma evolução expansiva, tendo em consideração que há menos de um ano valia apenas 800 mil euros.

Citado pelo Record, o comentador brasileiro Bruno Camarão disse que João Victor é uma mistura de Lucas Veríssimo com Rodrigo Caio e é um dos melhores da sua geração.

“É um dos grandes pilares de uma linha defensiva recheada de jogadores experientes. Evoluiu muito, diante de um processo de dificuldades, numa equipa menor, mas teve um papel muito bom na época passada, nessa pelo Goianiense. E isso deu bagagem para que ele regressasse ao Corinthians e se afirmasse entre os titulares”, disse o comentador.

“É um jogador de grande potencial, tem uma boa impulsão vertical, uma boa leitura de jogo, é bom no um para um, tem um grande poder de recuperação para em velocidade recompor os espaços, tem muita qualidade no passe e é, inegavelmente, o melhor defesa do Corinthians jogando de trás para a frente, com passe rasteiro, vertical e rompendo linhas de marcação. Um jogador atento às disputas de um para um e também às coberturas, especialmente pelo lado direito”, acrescentou.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.