FC Porto empata no último minuto frente ao Shakthar Donetsk

d.r. fcporto.pt

-

Dois golos do colombiano Jackson Martinez, um dos quais no período de descontos, evitaram uma derrota anunciada e ajudaram ao empate (2-2) do FC Porto no terreno emprestado ao Shakhtar, na segunda jornada da Liga dos Campeões.

O avançado sul-americano, que até começou no banco de suplentes, soma três golos na prova (marcou um dos seis na goleada ao BATE Borisov, na primeira jornada) e “redimiu” duas péssimas ações defensivas de Óliver e Maicon, das quais resultaram os golos ucranianos, assim como um penálti falhado de Brahimi, ainda com o marcador a zeros.

Os “dragões”, que entraram no último minuto do encontro a perder por 2-0, fizeram em cinco minutos tudo o que não conseguiram antes, não evitando, ainda assim, que a equipa ucraniana mantivesse a invencibilidade em casa desde o início da fase de grupos da anterior edição da prova.

Um resultado que permite ao FC Porto, que jogou em Lviv por impedimento (conflito militar) do estádio de Donetsk, passar para a liderança isolada do Grupo H, com quatro pontos, mais um do que o BATE Borisov, que bateu o Athletic de Bilbau (um ponto) por 2-1, e mais dois mais que o adversário desta noite.

Com o central espanhol Iván Marcano no papel de médio defensivo, por ausência de Casemiro, a maior novidade no onze montado por Julen Lopetegui, no âmbito da sua estratégia de rotatividade, foi a substituição de Jackson Martinez pelo camaronês Aboubakar na posição de ponta de lança.

A primeira parte foi jogada em grande velocidade e os ucranianos foram os primeiros a criar perigo, aos 10 minutos, à custa de um remate do brasileiro Taison, a que Fabiano correspondeu com uma boa defesa.

Seguiu-se um período de maior ascendente da equipa portuguesa, durante o qual Danilo e Aboubakar conseguiram boas posições de remate, mas a bola passou ao lado da baliza de Pyatov.

Aos 35 minutos, Brahimi sofreu falta dentro da área, mas o argelino, encarregado da marcação do penálti, permitiu a defesa do guarda-redes.

A dois minutos do intervalo, e sempre com os “dragões” mais perigosos que a equipa da casa, Aboubakar, muito ativo na posição de pivot ofensivo, desmarcou Tello, que rematou cruzado, fazendo a bola passar, de novo, a centímetros do alvo.

Apesar do “ar mandão” dos portistas desde o reatamento, uma “prenda” do espanhol Óliver a Kuscher, após tentar controlar um lance dentro da área portista, permitiu ao ucraniano passar a bola a Alex Teixeira, que fez golo, aos 52 minutos.

Aos 65, Quintero e Jackson Martinez renderam Marcano e Aboubakar, mexida que valeu, de imediato, um remate perigoso do “criativo” colombiano, mas ao lado da baliza, o que repetiu cinco minutos depois, mas para defesa de Pyatov.

Com o Shakhtar completamente “fechado” atrás, pouco mais se viu além de um remate perigoso de Adrián, que entrara a render Brahimi, após ganhar posição dentro da área, a passe de Quintero.

A cinco minutos do fim, nova falha portista em zona proibida, desta vez de Maicon, que demorou a “aliviar” o lance, permitiu uma recuperação junto à área portista, com Bernard a aparecer na esquerda a cruzar para o segundo golo, marcado por Luís Adriano.

A um minuto do final, Rakitskiy cortou a bola com o braço dentro da área e Jackson Martinez reduziu para 2-1, da marca do penálti.

E, praticamente no último lance do encontro, já em período de descontos, o espanhol Tello ultrapassou um defesa ucraniano, cruzou e Jackson Martinez apareceu de rompante a desviar para o golo.

Futebol 365

PARTILHAR

RESPONDER

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …

Novo Banco tinha autorização de Bruxelas para financiar venda de imóveis

A DG Comp da Comissão Europeia autorizou o Novo Banco a conceder crédito aos compradores do imobiliário vendido pela instituição. Quando o Novo Banco foi constituído, o acordo assinado entre a Direção Geral da Concorrência europeia …

Quase cinco meses depois, a Champions está de volta

A Liga dos Campeões é retomada esta sexta-feira, quase cinco meses depois da suspensão devido à pandemia de covid-19. Suspensa logo depois do jogo Leipzig-Tottenham, disputado a 11 de março, a prova milionária está de regresso …

Segunda vaga de covid-19 pode levar o desemprego aos 17,6%

Caso haja uma segunda vaga da pandemia de covid-19 em Portugal, a consultora EY estima que a taxa de desemprego possa atingir os 17,6% no final do ano. De acordo com a quarta edição do "Caderno …

Juan Carlos estará num luxuoso hotel nos Emirados Árabes Unidos

O rei emérito espanhol, Juan Carlos I, que deixou no passado fim-de-semana o país sob suspeitas de corrupção, estará hospedado num luxuoso hotel nos Emirados Árabes Unidos, de acordo com o jornal espanhol ABC, que …

Diogo Leite a caminho do Valência. Acordo está quase fechado

O defesa-central do FC Porto está na porta de saída do clube azul e branco. O acordo com o Valência está quase fechado. De acordo com o jornal Record, que cita o jornal espanhol Super Deporte, …

Lar de Reguengos não cumpria orientações da DGS

O lar de Reguengos de Monsaraz, onde um surto de covid-19 provocou a morte de 18 pessoas, não cumpria as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS), concluiu uma auditoria da Ordem dos Médicos. O relatório da …