/

Famílias carenciadas vão ter cartão para comprar alimentos

11

As famílias mais carenciadas vão, ainda este ano, ter acesso a um cartão eletrónico que permite a compra de alimentos em estabelecimentos comerciais.

Já foi publicada a portaria do Governo que vai facultar as famílias mais carenciadas com um cartão eletrónico que permite a compra de alimentos em estabelecimentos comerciais aderentes.

O projeto-piloto, patrocinado pelos fundos europeus, vai abranger cerca de 30 mil beneficiários no quarto trimestre deste ano, escreve o Expresso.

O projeto deverá durar cerca de um ano e “coexistirá com a distribuição direta de cabazes que é feita atualmente”, sublinha fonte do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

A ideia é que funcione em todo o território nacional uma “distribuição indireta de apoio alimentar e/ou de bens de primeira necessidade”, seja através de vales ou cartões.

Está ainda prevista para os próximo dias a portaria para criar e regular o Programa dos Cartões Sociais em Portugal Continental. O objetivo é lançar o procedimento para a aquisição de serviços de emissão, gestão, carregamento e reporte financeiro dos cartões eletrónicos, explica o semanário.

O Instituto da Segurança Social lançará ainda, este ano, outro procedimento para selecionar as entidades coordenadoras e entidades mediadoras.

As famílias mais carenciadas poderão utilizar estes cartões em qualquer rede de estabelecimentos que venha a aderir ao projeto.

  ZAP //

11 Comments

  1. Esta situação, infeliz de muitas famílias, é culpa dos maus sucessivos governos. Cuba e Venezuela culpam os EUA. Nós aqui Portugal só podemos culpar os maus políticos que temos tido a governar.

  2. Lá vão os desgraçados que não têm onde cair mortos como o Salgado, o Vara, o Rendeiro, o 44, o Luís Filipe Vieira, o Berardo… fazerem compras à pala. Afinal, não têm nada em seu nome. É tudo de familiares, amigos, gajos das aves, …

    • Mais do mesmo !!! o RSI nem sempre é solução bem pelo contrário muitas vezes esse dinheiro é canalizado para adições ou vícios e não para o mínimo aceitável que é evitar que um ser humano ou uma familia passe fome.

  3. Esta é a última novidade para dar mais “achas” ao CHEGA.
    Depois de tudo o que já existe para apoiar “as familias mais carenciadas”, que seria importante saber quantos milhões de euros estas ajudas já comeram á Segurança Social desde a sua criação, no Governo de Guterres, vêm agora os ” cartões sociais” para os carenciados poderem ir diretamente aos supermercados e não terem de passar a “vergonha” de ir levantar os cabazes das compras aos armazéns do Banco Alimentar.
    E quem serão “alguns” destes novos carenciados?
    O Salgado, o macaco, o Berardo, e tantos outros que não têm rendimentos.

  4. Mais do mesmo…e la vão eles levantar o cheque na segurança social nos seus BMW e de seguida ao supermercado com as compras com seu cartao social….e eu como Portugues,tenho de trabalhar no duro para esta cambada…estamos arrombados…

  5. Agora é que vai ser… Votem em mim, diz António Costa. Não tive tempo para implementar o que quero agora dar para vos enganar. Foi a baixa de preços nos combustíveis, é a baixa de impostos, é o ivaucher (eu fiquei mais rico 5€), era o médico de família para todos os portugueses, é a escola baratinha para todos, é … o que tu quiseres; é só dizeres… Nós, PS e camaradas de outros tempos, para distribuir somos bons e para prometermos ainda melhores. Quem vier atrás que feche a porta!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE