Família britânica arrisca pena de prisão por fingir intoxicação alimentar

Uma família britânica que reclamou uma indemnização, alegando que tinha sofrido uma intoxicação alimentar durante as férias em Maiorca (Espanha), acabou acusada de fraude e arrisca uma pena de prisão que pode ir até seis anos.

Segundo o jornal britânico The Daily Mail, a família pediu uma compensação de 52 mil libras (mais de 58 mil euros) à agência turística Thomas Cook, alegando que tinha sido vítima de uma intoxicação alimentar durante as férias na ilha espanhola de Maiorca.

Mas o tribunal considerou que a alegação era falsa e acusou a família de pretender concretizar “uma fraude sofisticada com um valor relativamente alto de dinheiro reclamado”, conforme cita o referido jornal.

Este é mais um caso de intoxicações falsas entre turistas britânicos, uma tendência crescente entre os que visitam Portugal e Espanha e que está a preocupar o Governo britânico.

Recentemente, a Justiça do país rejeitou uma queixa de uma outra família que tinha reclamado uma indemnização à mesma Thomas Cook, igualmente devido a uma suposta intoxicação nas Canárias, também em Espanha, em 2013. Esta família foi condenada a uma multa de pouco mais de 4 mil euros por um Tribunal de Liverpool.

Mas este novo caso vai ser o primeiro a chegar à barra dos tribunais penais, sob acusação de reclamação falsa. Se forem condenados por fraude, os envolvidos arriscam uma pena de prisão entre 18 meses e seis anos.

O The Daily Mail refere que uma das filhas da família acusada apresentou também uma queixa semelhante, denunciando uma suposta intoxicação alimentar durante as férias em Maiorca, em 2016.

(dr) Matthew Pover / Daily Mail

Os acusados: Paul Roberts e Deborah Briton, ao centro, à saída do tribunal, com a filha, Charlene

Fraude organizada

Estas queixas têm estado aparentemente a ser impulsionadas por redes de advogados, que ensinam os turistas a apresentar queixas falsas , nomeadamente no Algarve.

Segundo a organização, os turistas estão a ser encorajados a fazer queixas falsas por empresas especializadas em fazer participações às companhias de seguros para receberem indemnizações.

Há alguns anos, surgiam apenas casos isolados, mas os advogados dedicados a esta fraude aumentaram, contando muito com a publicidade gratuita das redes sociais, e montaram um esquema que leva os seus profissionais às ilhas mais procuradas por turistas, com o intuito de convencer falsas vítimas.

A suspeita de serem falsas muitas das reclamações por intoxicações alimentares apresentadas por turistas britânicos levou o Foreign Office a atualizar os conselhos para quem viaja para Portugal.

Muitas vezes oferecem em troca um serviço gratuito em troca de uma percentagem do valor obtido ou da compensação das custas judiciais. A legislação britânica prevê que estas queixas por danos pessoais sejam feitas contra os operadores turísticos, que, por sua vez, passam os custos para os hotéis.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Isto só pode ser fruto de leis mal paridas. Mas cabe na cabeça de alguém poder apresentar uma queixa deste tipo semanans meses depois do acontecimento. A denúncia tinha que ser logo na hora, é com algum tipo de documento de um hospital ou centro de saúde onde tenham sido atendidos a comprovar tal facto. E depois tinham que reclamar do restaurante ou de onde comeram e não de uma agência que nada tem a ver com o assunto.

  2. Só agora descobriram isto?!!!!!! Há quantos anos os ingleses levam a enganar seguradoras, unidades hoteleiras e outras…. São especialistas nestas matérias…. há largas dezenas de anos….

RESPONDER

"Pontos quentes de radiação" detetados perto da zona olímpica de Fukushima

A Greenpeace disse esta quarta-feira que detetou "pontos quentes" de radiação perto do local partida do próximo lançamento da chama olímpica pelo Japão, escreve o jornal britânico The Guardian. A organização ambientalista diz que detetou …

Tubarões reúnem-se todos os anos em Israel (e não se sabe porquê)

Um grupo de investigadores iniciou a quinta temporada de um estudo de um fenómeno incomum: uma concentração de tubarões num lugar na costa mediterrânea de Israel. Os funcionários da Estação de Investigação Mrina Morris Kahn, da …

Casa Pia 0-3 FC Porto | Jogo desbloqueado na segunda parte

O FC Porto venceu hoje o Casa Pia por 3-0, na segunda jornada do Grupo D da Taça da Liga, mas precisou de 50 minutos para fazer o primeiro golo ao penúltimo classificado da II …

Quanto vale a vida do seu cão (e a importância que isso tem)

Quanto vale a vida do seu cão? A resposta a esta pergunta pode ser mais importante do que aquilo que pensa e pode mudar drasticamente o preço que pagamos pela sua saúde e bem-estar. Os norte-americanos …

Asteróide passará esta sexta-feira pela Terra a 27.000 km/hora

Um asteróide de grandes dimensões passará pela Terra, atingindo o seu ponto mais próximo do nosso planeta esta sexta-feira, dia 6 de dezembro. O corpo celeste, importa frisar, não representa qualquer perigo para o Homem. …

Banco de França vai testar moeda digital em 2020

O governador do Banco de França anunciou na quarta-feira o lançamento de testes no próximo ano para uma moeda digital, que pode servir de precedente para uma iniciativa do mesmo tipo à escala da zona …

Atlético de Madrid na corrida por Gabigol

O Atlético de Madrid entrou na corrida pela contratação de Gabigol, o artilheiro que está ao serviço do Flamengo por empréstimo do Inter de Milão. A notícia é avançada pelo jornal italiano Gazzetta Dello Sport, …

Australiana condenada a prisão por ter mentido no currículo

Uma australiana de 45 anos foi condenada a um ano de prisão efetiva por ter mentido no seu currículo para conseguir uma vaga no Governo regional, conta esta quinta-feira a ABC Australia. Veronica Hilda Theriault foi …

Homem da comunicação de Rui Rio pertence à maçonaria

João Tocha, o homem que o líder do PSD escolheu para fazer parte da sua comunicação, é maçon, avança a revista Visão esta quinta-feira. Em declarações à Visão, João Tocha, iniciado no Grande Oriente Lusitano …

Marco Silva despedido do Everton

O treinador português Marco Silva foi hoje despedido pelo Everton, clube da Primeira Liga inglesa de futebol, um dia depois do desaire por 5-2 no reduto do rival da cidade, o campeão europeu Liverpool. “O Everton …