40 anos depois, cientistas identificam falha fundamental na eficiência dos painéis solares

Os painéis solares são uma das invenções mais impressionantes, mas é emergente descobrir como torná-los ainda mais eficientes. Recentemente, uma equipa de cientistas resolveu um mistério de 40 anos em torno de um dos principais obstáculos ao aumento da eficiência desta tecnologia.

Um defeito de material no silício usado para produzir células solares pode ser o responsável pela queda de eficiência de 2% que estas podem sofrer nas primeiras horas de uso, um fenómeno conhecido como Degradação Induzida pela Luz (LID).

Apesar de o valor parecer insignificante, se o multiplicarmos pelo número cada vez mais crescente de painéis solares, a queda equivale a um custo muito significativo em gigawatts. Aliás, os investigadores estimam que a perda estimada de eficiência energética em todo o mundo a partir da LID equivalha à energia produzida pelos 15 centrais nucleares que existem no Reino Unido.

No entanto, a nova descoberta pode ajudar os cientistas a compensar parte desse défice. Pelo menos, é no que acredita Tony Peaker, investigador da Universidade de Manchester, no Reino Unido.

Para descobrir a falha, que permaneceu um mistério durante cerca de 40 anos, a investigação da universidade britânica usou uma técnica elétrica e ótica, chamada espectroscopia transitória de nível profundo (DLTS), para encontrar pontos fracos no silício.

De acordo com os cientistas, à medida que a carga eletrónica nas células solares é transformada pela luz solar, o fluxo de eletrões fica “preso”, o que reduz o nível de energia elétrica que pode ser produzida. Esse defeito permanece inativo até que o painel solar aqueça.

No artigo científico, publicado no Journal of Applied Physics, os cientistas referem também a descoberta de que o silício de maior qualidade tem portadores de carga (eletrões que transportam a energia do fotão) com uma “vida útil” mais longa, o que confirma a ideia de que estas “armadilhas” estão ligadas à degradação da eficiência.

Agora que o mistério da Degradação Induzida pela Luz foi resolvido, o trabalho para aumentar as taxas de eficiência dos painéis solares continua.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Arqueólogos revelam condições horríveis de campo de concentração nazi no Reino Unido

Uma equipa de arqueólogos revelou as condições horríveis de um campo de concentração nazi em Alderney, a ilha britânica mais setentrional do Canal da Mancha, onde estavam prisioneiros políticos e trabalhadores forçados durante a Segunda …

Governo quer reabrir ensino secundário a 4 de maio. Telescola deve arrancar depois da Páscoa

O Governo está a preparar a reabertura das escolas apenas para o ensino secundário para 4 de maio. Ainda falta ouvir a Direção-geral da Saúde, os especialistas, o Conselho Nacional de Educação e o Conselho …

“Não há razão para alarme”. Governo quer perdoar penas até dois anos e antecipar liberdade condicional

A proposta de lei do Governo que estabelece um regime excecional para as prisões, no âmbito da pandemia covid-19, já deu entrada na Assembleia da República, podendo ser consultada na página oficial do Parlamento. No diploma, …

O nosso cérebro evoluiu para acumular mantimentos (e julgar os outros por fazer o mesmo)

O nosso cérebro evoluiu de uma forma que, em situações de stress, acumulamos mantimentos e julgamos os outros por fazer exatamente o mesmo. Os media estão repletos de histórias – e a condenação – de pessoas que …

Autarca de Vieira do Minho denuncia: testes estão a ser desviados para Lisboa

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Gerês/Cabreira, Vieira do Minho, detetou 77 infetados pelo novo coronavírus, com os autarcas da área a reclamarem contra a demora na distribuição de testes, disse esta sexta-feira à …

Trump recomenda uso de máscaras (mas recusa-se a usá-las)

Esta sexta-feira, os Estados Unidos tiveram, pelo quarto dia consecutivo, o maior número de mortes em 24 horas, num total de 1.094, e contam com quase 30 mil novos casos. No seu briefing diário, de acordo …

A Antártida já foi uma floresta tropical

A Antártida pode ter sido o lar de ecossistemas quentes e pantanosos cercados por fetos e árvores coníferas há 90 milhões de anos, altura marcada pelo auge dos dinossauros. Uma análise do solo antigo extraído da …

Algumas estrelas têm "veneno" dentro de si (e é por isso que explodem)

Algumas estrelas têm um "veneno" dentro de si: o elemento néon no núcleo das estrelas pode desencadear uma reação química que leva a uma morte definitiva e explosiva. Estrelas menos massivas, como o nosso Sol, expandem-se …

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …

Desaparecimentos, mistérios e lendas. O Triângulo do Alasca pode ser mais perigoso do que o das Bermudas

Milhares de pessoas desaparecem todos os anos no estado norte-americano do Alasca, fazendo lembrar as histórias do Triângulo das Bermudas, onde aviões e navios desapareceram sem deixar rastro. De acordo com a revista The Atlantic, três …