Fadista João Braga acusado de racismo e homofobia após crítica aos Óscares

João Braga / Facebook

Fadista João Braga.

Fadista João Braga.

O fadista João Braga protagoniza a mais recente polémica nas redes sociais, depois de ter escrito no Facebook que, hoje em dia, “basta ser-se preto ou gay para ganhar Óscares”.

O desabafo do fadista de 71 anos, no seu perfil do Facebook, surgiu depois de “Moonlight” ter sido anunciado como o Melhor Filme do Ano nos Óscares 2017, após uma troca de envelopes num engano histórico na cerimónia da Academia de Hollywood.

O filme realizado por Barry Jenkins centra-se na história de um jovem negro que vive num bairro problemático dos EUA e que é homossexual.

Após ter sido consagrado como o Melhor Filme do Ano, João Braga deixou a sua crítica na rede social, despoletando um mar de críticas e de acusações de homofobia e racismo.

Apesar de terem surgido muitas pessoas a criticá-lo, embora também haja muito quem defenda as suas palavras, João Braga recusa pedir desculpas e argumenta, em declarações à revista Flash, que escreveu “aquilo em tom irónico, sem ofender ninguém”.

“Se tivesse algum problema com pretos ou com gays, já se teria dado conta ao longo de todos estes anos. Nunca fui racista ao longo da vida. E homofóbico ainda menos, pois tive amigos e amigas que são gays”, afirma o fadista, sublinhando que se tivesse problemas com a homossexualidade “se calhar, no mundo do espetáculo, corria o risco de ficar a cantar sozinho”.

No seu perfil do Facebook, João Braga atira-se ainda aos críticos, realçando que “os herdeiros de Estaline são mesmo avessos à liberdade de expressão”.

Na Flash, João Braga repete as críticas que fez à consagração de “Moonlight” e considera que “aquilo que se passou na madrugada dos Óscares foi uma coisa vergonhosa”.

“Já o ano passado, com aquela revolta do Spike Lee [realizador que reclamou por não haver negros entre os nomeados para os Óscares] é uma coisa incompreensível”, nota ainda o fadista na revista.

“Não é por um gajo ser preto, tibetano ou chinês que merece mais ou menos receber um Óscar”, acrescenta, considerando que o seu desabafo no Facebook tem a ver com “aquela cruzada imbecil anti-Trump que se está a fazer nos Estados Unidos, desde que ele ganhou as eleições”.

“Deixem o homem falar”, pede João Braga, explicando à Flash que não pretende responder àqueles que o criticam transformando o seu perfil do Facebook “numa peixaria ou numa Praça da Figueira”.

“Se houver insultos não responderei. Sei que as pessoas se sentem realizadas por insultar figuras conhecidas do público”, nota João Braga na revista, concluindo que é “uma atitude de fraqueza” e que, como não tem “telhados de vidro”, vai “ignorar”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

31 COMENTÁRIOS

  1. Senhor João Braga, não concordo consigo.
    A ser verdade o que diz, também seria legítimo concluir que para ser bom fadista (e o senhor é bom fadista), bastaria ser energúmeno, e também os há que não são!

  2. Dá-lhes, João Braga!
    A tribo que não pode ser criticada e os grupelhos e sociedades secretas que a protegem não admitem críticas.
    Os negros não passam de ferramentas (infelizmente) para essa tribo que sempre os exploraram e os gay são os novos idiotas úteis.
    Holywood é a fewrramenta do sionismo e elemento fundamental da subversão cultural da qual os povos do ocidente são vítimas.
    Como sempre, o SAPO – propriedade do Sr. Patrick Drahi (da tribo que não pode ser criticada) não perdoa vozes críticas.

      • O que é que tem o cú a ver com as calças?
        Vocês são uns cromos e pêras: Nobel ao Obama antes de o merecer e condenação do Trump também. Vocês não lidam bem com a realidade, pois não?
        O que me aborrece é que vocês criticam o Trump pelos motivos errados.
        Bando de hippies e bimbos…

    • Essa judia pencuda de nome (((Maya))) que opinou na tv, mais os seus camaradas de (((tribo))) que dominam a opinao e os media nacionais e internacionais, que vao la para Israel e que deixem de kryptoaizar/judaizar (se a palavra existe se nao existe passou agora a existir) com os seus discursos egalitárias (((marxistas))) e as suas tacticas kabalistico-talmudicas o povo portugues/europeu, que infelizmente ja se encontra quase totalmente judaizado via sangue (no caso nacional por ordens desse “grande” krypto judeu maçon de sobrenome (((Melo))) e que muitos conhecem como Marques de Pombal), (((Republica))) e (((25 de Abril))), olhem só para os descendentes varonis que enchem o parlamento portugues e os seus nomes krypto-marranos, ja dizia um historiador pouco conhecido mas bastante culto no inicio do século passado, que “entrar no parlamento portugues era o mesmo que entrar numa s(u)inagoga”… Fica ai uma pista a aprofundar em termos de História…

    • Jójó, procura saber o que é a NAACP.
      E procura saber quem lhes dá tempo de antena.
      E porquê. Faz o trabalhinho. Não esperes que o façam por ti.

  3. Não vou justificar, mas o sr. João Braga até tem razão. E isto não é nada, pessoal ou menos pessoal, contra os nossos irmãos pretos ou panascas, mas a verdade é que determinados sectores e interesses parecem proteger uns como se fossem animais raros, ou, talvez, por descarga de consciência, e promover outros afim de subverter a ordem e os conceitos sociais…

  4. Para este tipo de comentário, não faço comentários, excepto um: A idade e o prestígio não permite que se faça todo o tipo de comentários! E não é o primeiro… em que apenas prima a opinião de sua excelência!

  5. Neste caso, o João Braga tem razão. Já vi o Moonlight. É doloroso ver aquele filme até ao fim. Os pretos são pretos, mas nenhum de particular génio ou com talento especial, os homossexuais nem assumidos são e a realização é uma “trumpa” sem rumo com alguns planos fotográficos apenas razoáveis.

  6. O sucesso deste fadista vem do povo e o povo somos todos nós e não só alguns, como tal, com o sucesso vem o dever e a responsabilidade de ser um exemplo do meio social em que se integra. As pessoas que são realmente boas no que fazem sabem-no, quanto aos outros…Sim, devemos deixar o Sr. Trump colocar em “vigor” as suas ideias, especialmente aquela de aumentar o arsenal nuclear. Não nos esqueçamos que os outros países também têm o direito de ter mais bombas….

    • João Braga, têm direito á sua opinião pessoal. como qualquer outro, e deve ser respeitada a sua opinião, como qualquer uma outra… ou isto é uma ditadura!????
      boa João Braga….

  7. A empatia no seu melhor. O habito de aplaudir pode levar-nos a ter comportamentos errados, o seja, isso de nos colocarmo-nos na pele dos outros sem o minimo de esclarecimento leva-nos a ter-mos opinioes erradas. Ja ha muitos anos que existe controvérsias sobre os oscares, em tempos houve quem disse-se que bastava um assunto sobre os judeus para se ganhar um oscar, o que em parte nao deixou de ser verdade. A observaçao do fadista nada tem de racista o homofobica, essas pessoas com a epiderme sensivel deviam ler Paul Bloom agaist empathy, talvez com essa leitura os levem a ser mais sensatos e menos empaticos

  8. Caro Senhor João Braga,

    Como sabe, nem sequer nos conhecemos.

    O Senhor e eu, somos da geração em que fumar era bonito e levar no pacote era feio. Mudam-se os tempos e os valores invertem-se Por isso, nos dias de hoje, levar no pacote passou a ser bonito e fumar passou a ser feio.

    Olhe, continue impávido e sereno, como até aqui e continue a cantar bem, como sempre cantou.

    Homens com o seu perfil, fazem cada vez mais falta, entre nós.

    Parabéns e um abraço.

  9. Sempre que alguém competente expressa a sua opinião aparecem por aí umas quantas donzelas virgens no seu histerismo de esquerda e intocáveis na sua forma de viver e pensar reclamando o dever aos outros de estarem calados.

  10. Aparece já por aqui muita gente a apoiar o fadista. Também alguns a criticar, naturalmente. Se fosse aqui há uns anos eram só criticas. As coisas estão a mudar. E ainda bem

  11. Para evitar estas confusões e entrega de prémios por razões políticas, raciais ou outras, poderia haver várias cerimónias distintas dos Óscares, como por exemplo para: índios, negros, asiáticos, aliens, gays, lésbicas, bissexuais, anões, gordos, pobres, homens, mulheres, pessoas com óculos, velhos, adolescentes, crianças, animais, robots, fantasmas, dinossauros, políticos, paralíticos, atletas, cantores… e ainda, se houver folgo actores e realizadores. A inteligência vende-se em frascos é só diluir duas gotas em água e tomar antes de deitar.

  12. Este puto tem a mania que sabe…………..
    Um dia o feitiço volta-se contra o feiticeiro.
    Sou de Guimarães, ele tem boa memoria!

RESPONDER

Concorrência quer novas regras para fidelizações nas telecomunicações

A Autoridade da Concorrência (AdC) quer mudanças nas regras impostas pelas operadoras de telecomunicações nos contratos de fidelização. Segundo um relatório da AdC, ao qual o Jornal de Negócios teve acesso e que será esta segunda-feira …

Se Trump fosse julgado perante um júri, seria condenado "em três minutos"

Caso o processo de impeachment avance, e Trump seja apresentado perante um júri, Jerry Nadler acredita que o presidente norte-americano seria considerado culpado "em três minutos". O presidente da comissão de Justiça da Câmara dos Representantes, …

Sangue, lágrimas e crianças escoltadas na primeira despromoção da história do Cruzeiro

O Cruzeiro desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O último jogo do campeonato, que selou a despromoção, ficou marcado por episódios violentos entre adeptos e polícia. O cenário vivido no 'Mineirão', este domingo, …

Movimento "Convergência" prepara moção para convenção do Bloco (mas rejeita cisão)

Largas dezenas de elementos do Bloco de Esquerda (BE) estiveram reunidos para preparar uma moção para apresentar na próxima convenção do partido, mas rejeitam estar a criar uma nova tendência ou a preparar uma cisão. João …

Empresário lesou Fisco em 60 milhões, mas não tem de devolver nada

Um empresário do setor do ouro condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada não terá de devolver nenhuma parte dos 60 milhões de euros de prejuízo que deu ao Estado por não …

Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo …

Rússia banida dos Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi banida, esta segunda-feira, de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos, na sequência de uma decisão, tomada por unanimidade, do comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos. A Rússia foi excluída dos …

Governo chinês bane compras públicas de computadores e software estrangeiros

O Governo chinês ordenou que todos os escritórios governamentais e instituições públicas removam computadores e software estrangeiros, ao longo dos próximos três anos, depois da decisão de Washington de banir aquisição de equipamentos da Huawei. A …

Arbitragem, relvado e azar. Sérgio Conceição explica deslize com o Belenenses

Desde a arbitragem ao relvado e de o azar à falta de discernimento, Sérgio Conceição explicou o empate contra o emblema de Belém. A equipa de arbitragem foi a principal visada. O FC Porto não foi …

A nova primeira-ministra da Finlândia é a pessoa mais nova de sempre a ocupar o cargo

A ministra dos Transportes da Finlândia, de 34 anos, foi escolhida para ser a próxima primeira-ministra do país, o que fará dela a pessoa mais nova de sempre — e terceira mulher — a ocupar …