Facebook foi crucial no possível genocídio dos rohingya

Investigadores das Nações Unidas acusam o facebook de ter desempenhado um papel importante no possível genocídio em Myanmar ao disseminar o discurso de ódio.

O enviado especial das Nações Unidas para os direitos humanos na região considerou, no início do mês passado, que as operações violentas dos militares contra os muçulmanos de origem rohingya têm “características de  genocídio“.

O Facebook ainda não reagiu às críticas feitas esta segunda-feira. No passado, a rede social já procedeu à remoção de comentários que incentivavam ao ódio em Myanmar e proibiu os utilizadores da rede social de o espalhar.

Mais de 650 mil muçulmanos Rohingya fugiram do estado de Rakhine de Myanmar para Bangladesh, desde agosto passado. Muitos forneceram testemunhos angustiantes de assassinatos e violações cometidos pelas forças de segurança de Myanmar.

De acordo com o The Guardian, também o responsável máximo dos Direitos Humanos da ONU disse, na semana passada, que suspeitava fortemente da ocorrência de atos de genocídio. O assessor de segurança nacional de Myanmar exigiu “evidências claras“.

Marzuki Darusman, presidente da Missão Internacional Independente de Pesquisa de Fatos da ONU em Myanmar disse aos jornalistas que as redes sociais desempenhavam um “papel determinante” na região.

“O facebook contribuiu substancialmente para o nível de acrimónia e dissensão e conflito entre o público. O discurso de ódio é certamente uma parte disso”, afirmou Darusman.

O investigador da ONU, Yanghee Lee, disse ainda que o Facebook era uma grande parte da vida pública, civil e privada em Myanmar, e que o governo usou a rede social para divulgar informações. “Tudo é feito através do Facebook em Myanmar”, acrescentou Lee.

“Foi usado para transmitir mensagens públicas, mas sabemos que os budistas ultranacionalistas têm seus próprios Facebooks e estão realmente incitando muita violência e muito ódio contra os Rohingya e outras minorias étnicas”, disse.

“Tenho medo de que o Facebook se tenha transformado numa besta, e não naquilo que que pretendia ser originalmente”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bruno de Carvalho suspeito de tirar meio milhão de euros ao Sporting

Duas avultadas transferências de dinheiro, que saíram do Sporting a 24 de junho, estão sob suspeita. Estão em causa cerca de meio milhão de euros que terão sido pagos a duas construtoras. Não se sabe exatamente …

Voyager 2 da NASA já entrou no espaço interestelar

Pela segunda vez na história, um objeto feito pelo homem alcançou o espaço entre as estrelas. A sonda Voyager 2 da NASA saiu da heliosfera - a bolha protetora de partículas e campos magnéticos criada …

Bombeiros não informaram Proteção Civil de 50% das ocorrências

O corte de relações entre os bombeiros voluntários e a Proteção Civil está a fazer-se sentir. Os bombeiros não informaram a Proteção Civil de 50% das ocorrências no país. A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) …

Funcionários públicos que continuem no ativo depois dos 70 não vão perder dinheiro

Os trabalhadores da Função Pública com mais de 70 anos que queiram continuar a trabalhar e, que para isso tenham a autorização do Estado, vão passar a receber, além do salário a que têm direito, …

Viagens podem obrigar deputados a entregar novas declarações de rendimentos

Os deputados podem ter de alterar as declarações de rendimentos para incluírem o reembolso das despesas de transporte como “rendimentos do trabalho”. A notícia foi avançada esta manhã pelo Diário de Notícias e surge depois de, …

Portugal já não deve ao FMI. Pagamento antecipado poupa 100 milhões de euros

O ministro das Finanças, Mário Centeno, anunciou que Portugal concretiza esta segunda-feira o pagamento do total da dívida ao Fundo Monetário Internacional (FMI), com a liquidação de 4,7 mil milhões de euros. Numa conferência de imprensa …

37% dos portugueses rezam diariamente. Somos o 9º país mais religioso da Europa

Portugal é um dos países mais religiosos da Europa, ocupando a nona posição, à frente de Itália (13.º) e de Espanha (16.º), com 44% da população a afirmar a sua crença absoluta em Deus. Estes dados …

Rui Rio acusa Governo de discriminação salarial

O presidente do PSD, Rui Rio, disse esta segunda-feira não compreender a proposta do Governo, que determina um salário mínimo diferente para o público e para o privado, defendendo que não deve haver discriminações. "Não compreendo. …

China e EUA discutem calendário de negociações para acabar com guerra comercial

O breve comunicado de Pequim indica que foi discutido "o calendário das próximas consultas económicas e comerciais", sem precisar, no entanto, onde e quando terão lugar. Negociadores chineses e norte-americanos discutiram por telefone um calendário de …

Sindicatos voltam ao Ministério das Finanças para discutir aumentos salariais

Os aumentos salariais na função Pública são esta terça-feira de novo discutidos entre as estruturas sindicais do sector e a secretária de Estado da Administração Pública, Maria de Fátima Fonseca. A Frente Comum de Sindicatos da …