Exército dos EUA levanta restrições e já aceita transexuais

O Pentágono anunciou esta quinta-feira que os transexuais vão deixar de ser impedidos de servir o Exército dos Estados Unidos.

“A partir de agora, membros do serviço transexuais poderão servir abertamente o Exército e não poderão ser descartados ou separados dos militares apenas por serem transexuais”, afirmou o secretário da Defesa, Ashton Carter.

A medida, anunciada esta quinta-feira, prevê que as forças armadas norte-americanas vão pôr termo à discriminação relativamente aos transexuais e à identidade de género.

A mudança destas regras estavam a ser preparada há cerca de um ano. O Pentágono estava a discutir como lidar com questões como a habitação, uniformes e cuidados médicos para os recrutas em processo de transição para outro sexo.

A decisão vai envolver a mudança de inúmeros procedimentos e regras, especialmente em relação à prestação de cuidados médicos, disse Carter.

O Pentágono vai comparticipar despesas associadas à transsexualidade, incluindo cirurgias de mudança de sexo. Segundo o secretário, o aumento dos custos médicos não será significativo.

“É uma questão de princípio. Americanos que querem servir o país e que atendem aos nossos padrões devem ter a oportunidade de o fazer”, concluiu.

A nova política militar vai ser faseada durante o período de um ano e entra em vigor a partir desta setxa-feira.

ZAP / Sputnik News

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Reunião no Infarmed. Especialistas propõem plano de quatro níveis (e a máscara cai no nível 2)

A sede da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), em Lisboa, voltou a acolher mais uma reunião de peritos esta terça-feira. Foi apresentada uma proposta de alteração da matriz de risco, assente em quatro níveis. Portugal não …

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas registadas em Portugal

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas contra a covid-19 foram registadas em Portugal e houve 68 casos de morte comunicados em idosos, mas não está demonstrada a relação causa-efeito, segundo o Infarmed. De …

Incêndios "sem precedentes" devastam Sardenha

Condições climatéricas adversas e severas, como altas temperaturas e ventos fortes, estiveram na origem dos incêndios florestais que se registaram em vários países do sul do continente europeu, como Itália, Espanha, França ou Grécia. A ilha …

Gabriel foi afastado do plantel e pode ser reforço de Rui Vitória

Jorge Jesus não conta com Gabriel para a próxima temporada e já colocou o médio a treinar à parte do plantel, acompanhado por um preparador físico. O Benfica está a trabalhar com o representante do jogador …

Governo quer reduzir para três o número de testemunhas em processos civis

O Governo quer reduzir para três o número máximo de testemunhas por cada facto que se queira ver provado em tribunal no âmbito de um processo, visando aumentar a celeridade e estabelecer um critério de …

Myanmar. Junta militar anula resultados das eleições de 2020

Militares entendem que a votação não foi "livre e justa". Anúncio da anulação das eleições de 2020 não foi acompanhado de uma data para a realização de um novo ato eleitoral — tal como seria …

Contas públicas agravam-se face a 2020. Receita fiscal volta a crescer

Ministério de João Leão atribui incumprimento à terceira vaga da economia, que significou novas restrições à circulação e nos horários dos estabelecimentos. A receita fiscal e contributiva cresceu, um sinal animador para uma recuperação económica …

Ugarte está a caminho de Alvalade, mas Amorim quer mais três reforços

O Sporting já terá garantido a contratação de Manuel Ugarte, mas Rúben Amorim ainda quer trazer mais um avançado, um extremo e um defesa-central. Depois de várias rondas de negociações, o Sporting finalmente chegou a acordo …

Marcelo começou a receber partidos. "Recuperação socioeconómica" é preocupação comum

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, começou a receber os partidos políticos com assento parlamentar esta segunda-feira. À saída do encontro com Marcelo Rebelo de Sousa, João Cotrim de Figueiredo disse que levou até …

"Não consigo aceitar": português chora depois de perder nos Jogos Olímpicos

Anri Egutidze ficou claramente desiludido por ter perdido logo no seu primeiro combate no torneio masculino de judo: "Vim para ganhar, mesmo". Anri Egutidze chegou aos Jogos Olímpicos para lutar por uma medalha no judo, categoria …