Exercício físico pode anular efeito nocivo da poluição do ar

Um estudo da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, sugere que os benefícios para saúde de atividades ao ar livre, como andar de bicicleta ou caminhar, são maiores do que os danos causados pela eventual exposição à poluição durante o exercício.

Todos os anos, mais de 5,5 milhões de pessoas morrem em todo o mundo de forma prematura devido à poluição do ar. Os dados foram reunidos como parte do projeto chamado Global Burden of Disease (“Peso Global das Doenças”).

Por outro lado, a prática regular de exercícios reduz o risco de doenças como diabetes, problemas cardíacos e vários tipos de cancro.

O estudo britânico, levado a cabo por investigadores do CEDAR – uma parceria entre as Universidades de Cambridge e East Anglia, ambas no Reino Unido, e o Conselho de Investigação Médica britânico -, mostrou que mesmo em cidades com altos níveis de poluição, o benefício dos exercícios ainda supera os riscos de se respirar o ar poluído.

Os investigadores usaram simulações por computador para comparar dados sobre diferentes tipos de atividade física e níveis de poluição do ar em diversos lugares pelo mundo, compilando estudos epidemiológicos e meta-análises..

Os cientistas descobriram que, para a média de concentração de poluição em áreas urbanas, o ponto de viragem – quando os riscos dos exercícios começam a superar os benefícios – acontece ao fim de sete horas de ciclismo ou 16 horas de caminhada por dia.

Viagem ativa

Uma forma de as pessoas integrarem a atividade física no seu dia a dia é através de “viagens ativas”: caminhar ou andar de bicicleta ao circular pela cidade.

Essas práticas também podem ajudar a reduzir as emissões de carros e outros meios de transporte – as principais fontes de poluição nas cidades.

O problema é que muitos dos “viajantes ativos” temem inalar poluentes durante a prática de exercício e prejudicar sua saúde – e é precisamente isso que está a ser estudado pela pesquisa de Cambridge.

Já se sabia que as vantagens superam os malefícios em áreas de baixa poluição do ar, mas o cenário ainda é relativo em cidades extremamente poluídas.

“O nosso modelo indica que em Londres os benefícios para saúde da viagem ativa superam sempre os riscos da poluição. Mesmo em Nova Deli, na Índia, uma das cidades mais poluídas do mundo – com níveis de poluição dez vezes maiores que os de Londres -, as pessoas precisariam andar de bicicleta mais de cinco horas por semana até os riscos da poluição superarem os benefícios para a saúde”, disse Marko Tanio, da Unidade de Epidemiologia da Universidade de Cambridge.

Combate à poluição

Apenas 1% das cidades que estão no banco de dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre poluição atmosférica tinham níveis de poluição altos o bastante para começar a anular os benefícios das atividades físicas depois de meia hora de bicicleta por dia, todo dia.

De acordo com a OMS, a média do nível de poluição para cidades no mundo inteiro é de 22 microgramas por metro cúbico.

“Devemo-nos lembrar que uma pequena minoria de trabalhadores nas cidades mais poluídas, como entregadores que usam bicicletas, podem estar expostos a níveis de poluição do ar altos o bastante para anular os benefícios à saúde da atividade física”, acrescentou Marko Tanio.

“Ainda que esta pesquisa demonstre os benefícios da atividade física apesar da qualidade do ar, isso não pode justificar a inação no combate à poluição”, ressaltou James Woodcock, membro do CEDAR e participante da pesquisa.

Para o investigador, a pesquisa reforça a necessidade de “investimento em infraestrutura para tirar as pessoas de dentro de seus carros e colocá-las a caminhar ou andar de bicicleta – o que já pode reduzir os níveis de poluição e, ao mesmo tempo, dar apoio à atividade física”.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu Rogério "Pipi", histórico jogador do Benfica

O ex-futebolista internacional português, que se evidenciou ao serviço do Benfica nas décadas de 40 e 50 do século passado, morreu este domingo, um dia depois de completar 97 anos. "Foi com profunda tristeza e pesar …

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

A polícia de Hong Kong deteve, este domingo, onze pessoas e apreendeu várias armas, incluindo uma pistola, pouco antes do início de uma manifestação convocada para a cidade, para a qual se espera uma forte …

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …