Dezasseis ex-governantes estão em administrações das maiores empresas da bolsa

Tiago Petinga / Lusa

O presidente da EDP, António Mexia

Das 18 empresas cotadas do principal índice bolsista português (PSI 20), metade conta com antigos governantes em administrações, cargos executivos ou não executivos, adianta o Dinheiro Vivo este sábado. 

De acordo com o jornal de economia, são dezasseis os antigos governantes a integrar estas empresas, sendo que a remuneração média é de 88,7 mil euros para participar e preparar reuniões das empresas.

A maioria dos ex-governantes assume funções não executivas, havendo outros que ocupam cargos em mais do que uma empresa – é no grupo EDP e na Mota-Engil que se encontram mais ex-políticos. O levantamento feito pelo DV não contou com o ex-secretário de Estado do Ambiente Adolfo Mesquita Nunes, que vai assumir um cargo na Galp.

No que respeita a funções executivas, estão três antigos governantes nas 18 cotadas do PSI 20: António Mexia (EDP), Luís Palha da Silva (Pharol) e Carlos Costa Pina (Galp).

Mexia, CEO da EDP, foi ministro das Obras Públicas e Transportes no governo de Santana Lopes. Antes disso, foi presidente executivo da Galp. Em 2018, ganhou 2,2 milhões de euros brutos. Luís Palha da Silva foi secretário de Estado do Comércio no início da década de 1990. Em 2018 teve um vencimento de 343 mil euros. Por sua vez, Carlos Costa Pina, antigo secretário de Estado do Tesouro e das Finanças do governo de José Sócrates, é administrador executivo da Galp, sendo que auferiu 705 mil euros em 2018.

Quanto aos administradores não executivos – aqueles que têm de trabalhar a tempo inteiro e em exclusividade nessas empresas – o trabalho passa por estarem presentes em algumas reuniões, explica o jornal.

No caso da EDP, por exemplo, o Conselho Geral e de Supervisão, onde está o antigo Ministro dos Negócios Estrangeiros Luís Amado, teve 11 reuniões em 2018. Os ex-governantes com assento nesse órgão ganharam entre 64 mil euros e 405 mil euros.

 

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Uma vergonha !
    Um esgoto !
    A corrupção no seu esplendor.
    Governantes preparam a legislação e os subsídios, para depois entrarem nas empresas que “ajudaram”.
    Diz o Jerónimo que basta a ética destes governantes para isto nunca acontecer.
    Como se vê o Jerónimo só deve saber mesmo de canalizações…

      • Comentário: Ex-governantes são enviados para esses cargos para receberem quantias que nunca receberiam em parte alguma. Por outro lado, essas empresas que, naturalmente, trouxeram benefícios aos acionistas, não trouxeram quaisquer vantagens para o Povo que paga os valores dos serviços fornecidos por essas empresas, em muitos casos mal geridas, por valores superiores aos praticados na UE. AAlves

    • Se calhar melhor é os xuxas que só mamam do Estado com suas famiGlias por serem uns incompetentes e ninguém do privado os quer. Quem produz riqueza, é o Estado ou os privados?

  2. E depois certos políticos ainda têm a desfaçatez de achar que os funcionários do Estado, que trabalham duro e em regime de exclusividade, não podem auferir uma remuneração superior – mas atenção, só no final das suas difíceis carreiras! – à dos políticos de topo. Estes, talvez ao cabo de uns poucos anos recheados de besesses e mordomias, saem dos seus cargos políticos, talvez para entidades especiais, onde vão talvez, coitados, ganhar milhares ou milhões. Haja vergonha!

  3. O melhor de Portugal está aqui! Tachos e mais tachos pagos a peso de ouro. Se eles não prestavam como governantes, prestam como administradores? Alguma vez seremos uma país a sério? Não, enquanto tivermos esta tralha de políticos. E o povo sereno, come e cala.

  4. Temos agora 3 vezes a possibilidade de tentar corrigir isto, nas próximas eleições mostrar aos políticos que o povo não esta contente. o pior é que falamos e ninguém faz nada. algum governante se vai reformar aos 69 anos? se não fosse isto até nos podíamos reformar todos aos 60 que a segurança social tinha fundo de maneio.

  5. andam estes dinossauros a comer á mais de 50 anos o nosso dinheiro, nunca se vê pessoas diferentes estou farto quero novos politicos e estes compadrios fora, sempre os mesmos.

Trump invoca lei de guerra para conseguir mais ventiladores

Donald Trump invocou uma lei de guerra para obrigar a General Motors a fabricar ventiladores. Os Estados Unidos são o país com o maior número de infetados em todo o mundo. Os Estados Unidos tornaram-se nesta …

Jackson Martínez recorda penálti falhado: "Adeptos do Benfica pensam que me vendi"

Os adeptos do Benfica não esquecem o penálti falhado por Jackson Martínez frente ao FC Porto, esta temporada. O golo teria colocado o Portimonense na frente do marcador. Em entrevista ao jornal Record, o avançado do …

"Solidariedade não é dar dinheiro." Holanda finca o pé e até critica Itália por "internar os mais velhos"

Há um novo braço-de-ferro na União Europeia (UE) entre os países do Norte e do Sul. Tudo por causa dos famigerados "coronabonds", instrumentos de dívida comum que países como Portugal, Espanha e Itália defendem para …

Vaga de doentes graves nas urgências poderá deixar SNS "inacessível"

Uma vaga de doentes graves às urgências, a juntar a cirurgias e consultas reagendadas, pode vir a deixar o SNS "inacessível" no futuro, alerta o presidente da Associação de Administradores Hospitalares. As idas à urgência nas …

CDS quer cheque de emergência para empresas encerradas

Uma das medidas, apresentadas por Francisco Rodrigues dos Santos, é a atribuição, às pequenas e médias empresas “encerradas ou com a actividade suspensa, um cheque de emergência no valor máximo de 15 mil euros”. O CDS …

Espanha regista 832 mortos nas últimas 24 horas. É o dia mais mortífero no país

A Espanha registou, nas últimas 24 horas, 832 mortos com o novo coronavírus, o maior número de vítimas mortais num só dia, elevando o balanço total para 5.690, de acordo com a última atualização das …

"O Brasil não pode parar". Bolsonaro compra campanha contra o isolamento social

Jair Bolsonaro gastou cerca de 800 mil euros numa campanha contra o isolamento social com o mote "O Brasil Não Pode Parar". O presidente brasileiro tem desvalorizado a pandemia de covid-19. Face à pandemia de covid-19, …

Crise leva Costa a reforçar intenções de voto. Ventura chega ao quarto lugar

Na mais recente sondagem às intenções de voto, os portugueses mostram estar de confiança reforçada em António Costa. O Chega ganha força e chega ao quarto lugar. Numa sondagem que apenas capta os primeiros dias do …

Descoberta criatura que pode ser o antepassado de quase todos os animais

Cientistas podem ter descoberto um dos primeiros ancestrais da árvore genealógica: uma criatura semelhante a um verme chamado Ikaria wariootia. Segundo a revista Newsweek, a minúscula criatura, parecida com um verme, é o exemplar mais antigo …

Bombardeamento israelita em Gaza em plena crise do novo coronavírus

O exército israelita bombardeou hoje postos do movimento radical Hamas em Gaza, em represália contra o disparo de um míssil, no primeiro confronto registado no enclave palestiniano em pleno surto do novo coronavírus, noticiou a …