Europeus modernos descendem de três grupos ancestrais

Foto: Tom/Flickr

-

A origem genética dos europeus modernos poderá ser mais complexa do que se imagina, pois descendem de pelo menos três grupos humanos ancestrais, segundo um estudo divulgado esta quinta-feira pela revista científica Nature.

A história remonta há cerca de 7.500 anos. Os primeiros agricultores chegam do Médio Oriente e entram em contacto com os caçadores-coletores que viviam na Europa há dezenas de milhares de anos.

Os trabalhos de pesquisa em genética e arqueologia dos últimos 10 anos revelam que todos os europeus modernos descendem da mistura destas duas populações. Mas a história não termina neste ponto.

Uma equipa internacional de mais de uma centena de investigadores, liderado por David Reich (da Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard, Estados Unidos) e Johannes Krause (Universidade de Tübingen, Alemanha), colocou em evidência, “sem equívoco”, uma terceira contribuição ancestral, do norte da Eurásia, de uma região que ocupa grande parte da atual Rússia até o norte da Ásia.

Estes antigos eurasianos do norte chegaram à Europa pouco tempo depois da introdução da agricultura.

Os investigadores sequenciaram o ADN de mais de 2.300 pessoas através do mundo e nove esqueletos antigos, oito caçadores-coletores (que viveram há cerca de 8.000 anos) e um agricultor, que viveu por volta de 7.000 anos atrás.

Foram igualmente investigados dados genéticos de outros homens antigos do mesmo período.

A influência relativa de cada um dos três grupos ancestral varia de acordo com as populações europeias. A contribuição dos ancestrais da Eurásia do Norte é a menor, nunca ultrapassando 20% do total.

David Reich pensa que outros grupos ancestrais podem ter contribuído para o perfil genético dos europeus modernos, assim a investigação irá continuar.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Olá Felicidade, este tipo de investigações, apesar de aparentarem não ter qualquer influência positiva na nossa vida, são extremamente importantes para que no futuro, e dando apenas um exemplo, as doenças que continuam a assombrar a nossa espécie possam ser curadas/controladas. O estudo da genética e a compreensão da nossa evolução, trazem consigo avanços tecnológicos que em outras épocas seriam impensáveis e impossíveis, tais como, revelar a identidade de um assassino que mate o seu pai/mãe/irmão/filho etc através de amostras de tecidos 😉

RESPONDER

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …