O Euro 2004 “foi a semente” para os bons resultados que Portugal alcançou

Rafael Ribeiro / CBF

O treinador brasileiro Luiz Felipe Scolari, ex-selecionador de Portugal

Luiz Felipe Scolari, o treinador brasileiro que levou Portugal à final do Euro 2004, a primeira da seleção portuguesa, considerou que esta prova foi a “semente” para os bons resultados que a equipa das quinas tem alcançado nos últimos anos.

Em entrevista ao Diário de Notícias esta quarta-feira divulgada, o técnico que agora representa o Palmeiras fala sobre as últimas conquistas de Portugal, bem como da caminhada do Euro 2004, que a seleção portuguesa acabou por perder frente à Grécia.

“[O Euro 2004] Foi uma semente que foi lançada para os bons resultados que Portugal atingiu. O público entendeu, as pessoas em Portugal entenderam… podemos dizer que o país entendeu. A seleção portuguesa continuou a trabalhar fortemente e de forma séria como nós o fizemos naquela altura, e conseguiram depois os resultados que atingiram nos anos seguintes. E que, aliás, estão a alcançar até hoje”, considerou.

Apesar de Portugal ter perdido a prova, Scolari entende que o trabalho da seleção foi reconhecido e serviu de impuslso: “Vi que não tinha mais o que fazer, porque perdemos. Perdemos a final, mas fomos reconhecidos e tivemos esse sentimento de termos dado o primeiro impulso à seleção portuguesa. Depois a sequência foi dada por outros, com grande qualidade, até aos dias de hoje”.

O treinador elegeu ainda o grupo e a equipa que se formou como uma das melhores decorações do Euro 2004. “A melhor recordação que eu guardo é a de que nós fizemos uma equipa. Juntamente com os jogadores, formávamos uma verdadeira equipa, um grupo, tínhamos um ideal juntos, trabalhámos em conjunto em 2003 e 2004 para chegarmos ao Campeonato da Europa naquelas condições e conseguimos chegar à final”.

“Claro que o objetivo inicial era ganharmos a prova. Mas não conseguimos, infelizmente perdemos aquela final com a Grécia”, lamentou, frisando o ambiente familiar vivido.

“Em determinados momentos, em algumas situações, um ou outro jogador sempre tomou as rédeas da situação, ou tomámos em conjunto decisões sobre o que nos poderia acontecer, assumindo compromissos. Tal e qual como numa família. E então, nós todos nos tratávamos dessa forma, uma família, e fomos assim até ao fim. Portanto, eu acho que podemos dizer que tínhamos uma família no Euro 2004. Eu posso dizer que sim”, reforçou.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Um em cada dez sites de compras online usa táticas maliciosas nos clientes

https://vimeo.com/373176205 Um em cada dez sites de compras online usa táticas maliciosas para enganar, iludir ou persuadir os clientes. A tendência é que o recurso a estas práticas aumente nos próximos anos. Um estudo apresentado na semana …

Eurovisão procura voluntários para trabalhar 18 dias seguidos sem vencimento

A procura de voluntários para o Festival Eurovisão de 2020 está a gerar polémica. A organização quer disponibilidade total durante 18 dias, não oferecendo qualquer vencimento, nem pagando despesas de viagem ou estadia. O Festival Eurovisão …

Portugal 6 vs 0 Lituânia | Ronaldo e Cia destroem lituanos

Portugal goleou a Lituânia esta quinta-feira no Estádio Algarve, por 6-0, e está a uma vitória de garantir o apuramento para o Euro 2020, decisão que está marcada para o próximo domingo, quando a seleção …

Um “caixão” nuclear da Guerra Fria pode estar prestes a colapsar

Durante a Guerra Fria, os EUA lançaram 67 bombas atómicas nas Ilhas Marshall, no oceano Pacífico. No fim nos anos 70, os detritos expostos à radiação nas seis ilhas foram transportados para um poço gigante …

App usada para ler dados biométricos de europeus no Reino Unido pode ser pirateada

A aplicação digital criada pelo governo britânico para recolher dados biométricos dos europeus candidatos ao estatuto de residente no Reino Unido, obrigatório depois do Brexit e pedido por 210 mil portugueses, pode ser pirateada, alertou …

Bruxelas abre processo de infração contra Reino Unido por não nomear comissário europeu

A Comissão Europeia anunciou esta quinta-feira a abertura de um procedimento de infração contra o Reino Unido por este Estado-membro, que está em processo de saída da União Europeia (UE), não ter nomeado um comissário. “Enquanto …

Urgência pediátrica do Garcia de Orta encerra à noite a partir de segunda-feira

O serviço de urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, vai fechar à noite a partir de segunda-feira, disse a ministra da Saúde, que prolongou o horário de duas unidades de saúde para …

Hipercarro elétrico da Aspark pulveriza recorde de aceleração

O novo hipercarro elétrico Aspark Owl vai começar a sua produção já no próximo ano e conta já com o recorde de aceleração. O carro vai dos 0 aos 100 km/h em 1,69 segundos. Depois de …

Pelé desafia Ronaldo a bater o seu recorde de 1.283 golos

O ex-futebolista internacional brasileiro Pelé desafiou esta quinta-feira o avançado português Cristiano Ronaldo a superar o seu recorde de 1.283 golos. “Espero que, com a quantidade de golos que já marcou, e foram muitos, tenha saúde …

A automatização pode acabar com 800 milhões de empregos em cerca de 15 anos

Uma análise do Bank of America Merrill Lynch revelou que cerca de 800 milhões de empregos podem desaparecer em todo o mundo até 2035. Esse resultado deve-se à diminuição do custo de automatização. Segundo noticiou o …