Autoridades dos Estados Unidos pedem às pessoas para deixarem de usar cigarros eletrónicos

As autoridades de saúde norte-americanas estão a pedir às pessoas para deixarem de usar cigarros eletrónicos, depois de ter sido esta sexta-feira anunciada a terceira morte suspeita de estar associada a esta prática.

Nos últimos meses, as autoridades de saúde identificaram 450 pessoas com doenças que podem estar ligadas ao uso de cigarros eletrónicos em 33 estados dos Estados Unidos.

Apesar de nenhum dispositivo de vaporização, líquido ou ingrediente dos cigarros eletrónicos estar comprovadamente ligado às doenças, os médicos suspeitam de alguma relação entre a prática do uso de cigarros eletrónicos e os casos clínicos registados.

Esta sexta-feira, as autoridades de saúde dos Estados Unidos anunciaram a morte de uma terceira pessoa, no Estado do Indiana, repetindo o apelo para que os cidadãos abandonem o uso de cigarros eletrónicos.

“Embora não saibamos quais as substâncias prejudiciais, é importante que as pessoas saibam que, ao usar estes produtos, não sabem tudo sobre o que estão a inalar e os danos que isso pode provocar”, disse Kris Box, responsável pelo Departamento de Saúde do Indiana, comentando a morte de mais uma pessoa.

As outras duas mortes associadas aos cigarros eletrónicos aconteceram no Illinois e no Oregon durante este verão.

A governadora do Estado do Michigan, Gretchen Whitmer, decretou esta semana a proibição de venda de cigarros eletrónicos com sabores, acusando as empresas de publicidade enganosa, “para viciar crianças com a nicotina”.

A governadora, do Partido Democrata, ordenou que o Departamento de Saúde do Michigan emitisse regras de emergência que proíbam a venda de produtos com vapores de nicotina aromatizados.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Apesar de a notícia se referir a “cigarros eletrónicos”, a imagem é de um vaporizador. Suponho que por “cigarros eletrónicos” se deva entender tabaco aquecido, “heets”. Estas coisas deixam as pessoas baralhadas e tendem a produzir o efeito contrário ao pretendido, isto é, desinformam.

  2. Procurando-se esta e outras notícias, na internet, verifica-se que as imagens são sempre de “vaping”. Verifica-se, também, que nada está comprovado mas, como se lê neste artigo, tudo não passa ainda de suspeitas. Aparentemente, estas suspeitas recaem, não sobre o uso de vaporizadores em geral, mas apenas sobre aqueles que utilizam aromas, o que quer dizer que serão substâncias utilizadas em certos aromas as suspeitas de causar dano. Além da fornecida pela Philip Morris, pouca informação existe sobre o tabaco de aquecimento. Continuo sem entender porque se chama “cigarros eletrónicos” a vaporizadores, visto que estes nem sequer têm tabaco. São inaladores ou algo assim. Também não sei se se pode dizer “fumar heets”, já que estes não produzem fumo pela simples razão de inexistência de combustão. Confuso, não?

Astrónomos localizaram com precisão o centro do Sistema Solar

Pela primeira vez, uma equipa internacional de cientistas foi capaz de localizar com precisão o centro de gravidade do Sistema Solar. De acordo com o portal Science Alert, que recorda que o baricentro (centro gravidade) …

Misteriosa cruz de mármore com 1.200 anos encontrada no Paquistão

Uma cruz de mármore foi recentemente descoberta no cimo das montanhas do Baltistão, no Paquistão. Os investigadores acreditam que tem cerca de 1.200 anos e que pode ser um sinal da presença de uma antiga …

Nona Sinfonia de Beethoven revela novos detalhes sobre o cérebro humano

A Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, 250 anos após a sua criação, ajudou a demonstrar a existência de células conceituais no cérebro. Quase 200 anos depois da morte de Beethoven, a maior obra do músico …

Governo vai suspender devolução dos manuais escolares

O ministro da Educação informou hoje que o Governo vai suspender a devolução de manuais escolares, em curso desde 26 de junho, cumprindo a decisão do parlamento, que aprovou uma proposta nesse sentido. O plenário da …

Cuba prestes a abrir portas ao turismo (exceto aos cubano-americanos)

Depois de fechar as suas fronteiras para os turistas no final de março por causa da pandemia da covid-19, Cuba prepara-se agora para reabrir várias das suas baías ao turismo - mas há algumas exceções. …

Cidade do México enterrou os rios para prevenir doenças, mas a covid-19 resiste e prospera

Na tentativa de evitar a disseminação de doenças como a malária e a cólera, a Cidade do México enterrou os seus rios. Agora, como consequência, criou inadvertidamente as condições necessárias para a covid-19 prosperar. A Cidade …

Descoberto sistema de túneis da I Guerra onde estarão enterrados dezenas de soldados

A Agência do Património da Bélgica anunciou esta semana a descoberta de um sistema de túneis alemão da I Guerra Mundial, onde estarão, muito provavelmente, dezenas de soldados enterrados. Em comunicado, citado pela Russia Today, …

Cinco funcionários da Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia

Cinco funcionários da produtora automóvel Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia, avança o The Washington Post. De acordo com o jornal norte-americano, foram cinco os colaboradores dispensados da …

"Qual o lugar mais seguro?". Costa compara infetados no Reino Unido e Algarve

O primeiro-ministro apresentou hoje uma tabela que mostra o Reino Unido muito acima do Algarve em número de infetados com covid-19 por cem mil habitantes e pergunta qual o lugar mais seguro para umas férias …

Azul anuncia venda de 6% da TAP ao Estado por 10 milhões de euros

A companhia aérea brasileira Azul, de David Neeleman, anunciou hoje a venda de 6% da TAP, no âmbito do acordo anunciado esta quinta-feira entre o Estado e os acionistas privados, que “garante a continuação” da …